Banco de dados e seus atributos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2430 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3
2 DESENVOLVIMENTO 4
2.1 DOCUMENTAÇÃO CASO DE USO 4
2.2 TÉCNICA DE MODELAGEM ENTIDADE RELACIONAMENTO 5
2.2.1 ENTIDADE E TABELAS 5
2.2.2 RELACIONAMENTOS E CARDINALIDADE 5
2.2.2.1 RELACIONAMENTO 5
2.2.2.2 CARDINALIDADE 5
2.2.3 TIPOS E ATRIBUTOS 6
2.2.3.1 DETERMINANTE 6
2.2.3.2 DERIVADO 6
2.2.3.3 MULTIVALORAVEL 6
2.2.3.4 COMPOSTO 6
2.2.4 ADMINISTRADOR DEDADOS 6
2.2.5 MODELO CONCEITUAL DE DADOS 6
2.2.6 MODELO LÓGICO DE DADOS 7
2.2.7 MODELO FÍSICO DE DADOS 7
3 DESENVOLVIMENTO C# 8
4 MODELOS ÁGEIS E EVOLUCIONARIOS 9
4.1 MODELOS ÁGEIS 9
4.1.1 XP 9
4.1.2 SCRUM 9
4.1.3 MSF AGILE 10
4.1.4 A MSF AGILE SOFTWARE DEVELOPMENT 4.0 10
4.1.5 FDD - FEATURE DRIVEN DEVELOPMENT 10
4.2 MODELOS EVOLUCIONARIOS 11
4.2.1 ESPIRAL 11
4.2.2 INCREMENTAL 124.2.3 DESENVOLVIMENTO BASEADO EM COMPONENTES 12
4.2.4 SWEBOK 12
INTRODUÇÃO



Neste trabalho irei comentar sobre como documentar um caso de uso, quais informações são necessárias e sua ordem.
.





DESENVOLVIMENTO


1 Documentação caso de uso

Para documentar um caso de uso, as informações básicas são:
a) Número e nome do caso de uso;Serve para identificar o caso de uso. Ex: CU 01 – Controlar usuário.
b) Descrição do caso de uso;
Descreve a função e o resultado final de um caso de uso. Ex: Este caso de uso serve para cadastrar um novo usuário.
c) Atores Envolvidos;
O ator é quem interage com o sistema, iniciando o caso de uso. Ex: Atendente Biblioteca.
d) Pré-Condição;Condições que precisam ser verdadeiras no início do caso de uso, uma pré-condição não atendida impede o uso do caso de uso. Ex: O usuário deverá estar logado no sistema.
e) Pós-Condição;
Condições que precisam ser verdadeiras no final do caso de uso, podendo ser outro caso de uso. Ex: Após o fim do caso de uso, o sistema deverá exibir o aviso “Cadastro efetuado comsucesso”.
d) Fluxo de Tarefas;
Descreve a sequência em que as ações devem ser executadas, podendo haver fluxo de tarefa principal, alternativo e exceção. Ex:
1 - O usuário clica no botão “Novo Cadastro”.
2 - O sistema mostra a ficha de cadastro.
3 - O usuário preenche com os dados.
4 - O usuário clica no botão “Cadastrar”.
5 - Ocaso de uso é finalizado.
6 - A mensagem “Cadastro efetuado com sucesso” é exibida.







2 TÉCNICA DE MODELAGEM ENTIDADE RELACIONAMENTO


1 ENTIDADE E TABELAS

A entidade é um objeto básico, que pode ser de existência física como eu ou um conceito como este trabalho, cada entidade tem seu atributo, que são propriedade que cada entidade tem que a difereuma da outra, exemplo uma entidade carro tem seus atributos placa, cor, chassi, combustível, e capacidade de passageiros, numero de eixos etc.

2 RELACIONAMENTOS E CARDINALIDADE


1 RELACIONAMENTO

Relacionamento é um conjunto de associações entre entidades que tem relevância quando relacionados entre si, toda entidade deve ser relacionada com outra, senão significa que algoestá errado.
Um exemplo de relacionamento no mundo real, cliente compra produto, onde o verbo conjugado indica o relacionamento exemplo: pessoa se relaciona com produto.

2 CARDINALIDADE



Cardinalidade é a quantidade de eventos que as entidades podem estar associadas a uma ocorrência de entidades que se quer avaliar. Cardinalidade é a “regra de negócio” entre as entidades envolvidasno relacionamento. Exemplo:
Uma pessoa pode comprar vários produtos (1,n), só que por exemplo uma caixa e sabão em pó só pode ser vendida para uma pessoa (1,1) mas varias caixas de sabão em pó podem ser vendias para varias pessoas (n,n).



3 TIPOS E ATRIBUTOS


1 DETERMINANTE

É o atributo que separa e diferencia uma ocorrência de outra ocorrência da entidade....
tracking img