Atividade de autodesenvolvimento 2 e 3

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1305 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Administração

Desenvolvimento Econômico
Atividade de Autodesenvolvimento 2 e 3

LIMEIRA
2012
SUMÁRIO
Introdução 01
CEPAL 02
Desenvolvimento da China 04
Bibliografia 06



INTRODUÇÃO
Desenvolvimento econômico é um processo pelo qual diversas nações passam durante um longo período de tempo, onde verifica-se o real avanço da economia dospaíses através do Produto Nacional Bruto (PNB) per capita, que envolve o Produto Interno Bruto (PIB) e as receitas líquidas recebidas e enviadas ao exterior, e a melhoria da qualidade de vida da população.
Esse desenvolvimento está diretamente ligado a medidas e reformas que alavanquem o processo, contribuindo para a melhoria da economia e contribua para o bem-estar social. Essesaperfeiçoamentos na economia são feitos nos âmbitos institucionais, jurídicos e fiscais através de investimentos, inovações, apoio e incentivo ao empreendedorismo para o aumento da produção, circulação e distribuição de bens e serviços de forma eficaz. Quanto ao bem-estar social, são observados fatores diferenciais como a redução dos níveis de pobreza, desemprego e desigualdades e a melhoria das condições desaúde, educação, moradia.
Atualmente, quatro países se destacam no cenário mundial, são eles Brasil, Rússia, Índia e China conhecidos como BRIC cujas economias são consideradas em desenvolvimento. Recentemente, a essa sigla, foi adicionado um S, que representa a África do Sul, incluída recentemente ao grupo de países emergentes e que apresenta as mesmas características de desenvolvimento dosoutros países citados anteriormente.
A sigla remete ao termo em inglês “brick” que em tradução livre significa “tijolo”. Este termo foi selecionado com o objetivo de fazer uma analogia a uma economia em construção, ou seja, em desenvolvimento.
CEPAL

Fundada em 1948, a CEPAL, Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe, é uma das cinco comissões econômicas regionais criadaspela ONU para acompanhar e fornecer meios para viabilizar o desenvolvimento econômico, social e sustentável de seus países membros.
Formada atualmente por 44 membros e 8 associados, envolvendo países da América Latina, Caribe e mais algumas nações mais desenvolvidas da América do Norte e Europa, a CEPAL, através de seus governos membros, atualizou sua missão, focando na formulação,segmentação e avaliação de políticas públicas, prestação de serviços de informação, assessoramento, capacitação e apoio à cooperação e coordenação regional e internacional.
A cada dois anos, são convocados representantes dos Estados-membros para debater temas relacionados com o desenvolvimento econômico e social da região, verificar o que foi feito no último biênio e determinar prioridades e metaspara os próximos dois anos. Entre os temas discutidos, destacam-se o desenvolvimento do sistema educacional, os investimentos em inovação de tecnologia e a melhoria do fornecimento de serviços públicos de saúde.
No Brasil, entre os tópicos debatidos, destacam-se:
• Tecnologia: a questão da inovação tecnológica, com baixos investimentos no planejamento e desenvolvimento de processos eprodutos, não havendo interesse de empresas e um grande déficit de comunicação entre pesquisadores, prejudicando resultados;
• Saúde – SUS: a deficiência de financiamento no setor de saúde, especificamente no SUS, Sistema Único de Saúde, apresentando métodos obsoletos que não atendem aos novos quadros epidemiológicos, necessitando urgentemente de regulação setorial, provisão de serviçose inovação dos meios, e, principalmente, maior participação do Estado no acompanhamento efetivo e transparente da aplicação dos recursos públicos para o SUS.
• Educação: deficiência de cursos técnicos e tecnológicos, ausência do Estado e omissão do setor privado, não havendo interesse deste no desenvolvimento educacional do país, resultando na questão da baixa qualificação da...
tracking img