As pessoas, o transito por uma gestão humanizada.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5922 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIFACS – UNIVERSIDADE SALVADOR

MOZART SANTOS ESTRELA

AS PESSOAS, AS ORGANIZAÇÕES E O TRÂNSITO DA CIDADE: POR UMA RELAÇÃO HUMANIZADA

SALVADOR
2012

MOZART SANTOS ESTRELA

O PAPEL DA SOCIEDADE CIVIL NA MELHORIA DO TRÂNSITO

Artigo apresentado no curso de especialização em Planejamento urbano e gestão de cidades da Universidade Salvador como pré-requisito para obtenção da aprovaçãona disciplina organização e gestão do sistema de transporte ministrada pelo prof. Armando Branco.

SALVADOR
2011

TITULAÇÃO ACADÊMICA DOS COMPONETES DA EQUIPE

MOZART SANTOS ESTRELA
Bacharel em Administração de Empresas pela UCSAL- Universidade Católica do Salvador.
Especialização em Educação Ambiental e Mobilização Social – Instituto EADSENAR – cursos 24 horas.
Pós Graduando emEspecialização em Planejamento Urbano e Gestão de Cidades UNIFACS – Universidade Salvador

FOLHA DE AVALIAÇÃO

FOLHA DE APRESENTAÇÃO

O presente trabalho corresponde à avaliação obrigatória para aprovação na disciplina Organização e Gestão do Sistema de Transporte Urbano do curso de Especialização em Planejamento Urbano e Gestão de Cidades – 2011. O tema aqui trabalhado são as iniciativas dasociedade civil para humanização do transito e foi escolhido pela equipe por ser um assunto de interesse comum entre os seus membros. Ressalta-se ainda, que o referido tema juntamente com os demais dá conta do conteúdo programático discutido nas aulas.



SUMÁRIO

Introdução -7

Aporte Conceitual - 9Exposição do Tema - 21

Conclusões - 34

Referência

Anexos

INTRODUÇÃO

O estimulo cada vez maior ao uso de meios de transportes terrestres particulares, sobretudo em países em desenvolvimento, tem provocado sistematicamente um desequilíbrio entre a capacidade de propor soluções e a saturação das vias de tráfego, com reflexos diretos na diminuição da qualidade de vida das populaçõesafetadas. Os malefícios oriundos desse fenômeno não se restringem apenas a atividade de transporte, espraiando-se por áreas não relacionadas diretamente com o deslocamento de pessoas e cargas.
Dentro desse contexto, problemas ambientais, econômicos e de saúde pública representam apenas uma fração dos reflexos negativos provocados pela orientação de governos que enxergam na expansão da indústriaautomobilística um caminho legítimo para fomentar o crescimento econômico, desconsiderando os efeitos negativos resultantes desse processo. Frente a esse enorme desafio a sociedade civil tem organizado em todo o mundo mobilizações que visam reverter o atual curso de degradação através da proposição de ações que se apresentam como alternativas viáveis para a minimização do problema.
No Brasil, temcrescido de forma continuada o número de instituições civis comprometidas com essa causa, são ONGs, associações, sindicatos, conselhos, etc, que tem envidado esforços para trazer a discussão à pauta nacional através de mobilizações que tem contado com ampla aceitação da população. Dentro dessa perspectiva, o curso de Planejamento Urbano e Gestão de Cidades, através da matéria de Organização e Gestão doSistema de Transporte visam a formação de técnicos capazes de identificar problemas e propor soluções referentes ao trânsito e a mobilidade nas cidades.
Objetivo Geral: Identificar o papel e o atual estágio das iniciativas da sociedade civil para melhoria da mobilidade urbana e humanização do transito no Brasil.
Metodologia: Estruturação do trabalho a partir de uma abordagem histórica,utilizando fontes primaria e secundaria de pesquisa, dentre elas a revisão bibliográfica, sites da Web e observações em campo.
Facilidades e Dificuldades Encontradas: A principal facilidade foi o fácil acesso aos materiais produzidos pelas organizações estudadas através dos seus endereços eletrônicos, já as maiores dificuldades se deram pela falta de estudos especializados sobre a atuação dessas...
tracking img