Artigo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1548 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
PONTIFÍCIAUNIVERSIDADE DO PARANÁ
ESCOLA DE EDUCAÇÃO E HUMANIDADES
LICENCIATURA EM HISTÓRIA
AMAURY DE OLIVEIRA

CINEMA COMO FONTE HISTÓRICA

CURITIBA
2013
Amaury de Oliveira

CINEMA COMO FONTE HISTÓRICA
Trabalho acadêmico apresentado como requisito para obtenção de nota parcial no Programa de Aprendizagem de Prática Profissional III Gestão de Documentação e Arquivo do 3º. período no2º. ano do curso de Licenciatura em História, da Escola de Educação e Humanidades da Pontifícia Universidade Católica do Paraná.

Professor: Daniela Rocha Saucedo

CURITIBA

2013
CINEMA COMO FONTE HISTÓRICA

1- Como o filme “Maria Antonieta” pode ser uma fonte histórica com o fim:
A escola dos Annales (1929), liderado por Marc Bloch e Lucien Febre, trouxeram novas propostas e novoscomponentes de estudos, novas fontes e novas interpretações para a historiografia tradicional. Com as novas leituras o cinema passa a ser visto como um instrumento adepto da história ou até mesmo como um registro da própria história. Compactua deste mesmo olhar Marc Ferro (historiador), que considera a cinematográficas um colaborador como documento histórico:

O historiador escolheu esse ou aqueleconjunto de fontes (...) de acordo com a natureza de sua missão, de sua época, trocando-os como um combatente que troca de arma ou tática quando aquelas que utilizava perdem a eficácia ( FERRO, 1992, p. 80-1).

Assim, o material produzido pela cinematografia enriquece o material do historiador e do professor de história. Entretanto, ao usar o filme como documento este pode se classificar como fonteprimária ou secundária. De qualquer forma os filmes desempenham um papel expressivo na divulgação do conhecimento histórico.
Tomamos como referência o filme “Marie Antoinette”, dirigido por Sofia Coppola em 2006, A obra reproduz a história da rainha francesa Maria Antonieta, cujo trono durou de 1774 até a revolução francesa, quando toda a família real foi retirada do palácio de Versalhes. Adiretora apresenta neste filme a trajetória de vida de uma menina até seu amadurecimento, Coppola abrange as raízes da personagem valorizando quem ela foi e não o que ela fez. Proporcionando uma belíssima fotografia, bem como seu cenário, o filme nos transfere e envolve em uma realidade como intrusos e observadores, com um figurino e maquiagem impecáveis, e com canções atuais que não destoam, mas secompõe a trajetória do filme.
Com a nova leitura da diretora Sofia Coppola, é possível percebermos que a história de hoje não se faz somente com o passado distante, como os documentos oficiais e sobre os grandes heróis nacionais, mas também com e/sobre o passado recente, dos avanços tecnológicos, das novas fontes e interpretações, dos novos sujeitos trazidos à luz da consciência pela novahistoriografia, não se pode negar a legitimidade das produções cinematográficas como fontes históricas e seu valor para estudos atuais.

2- Fontes para o protocolo - Comportamento da corte francesa do século XVIII:
O Rei era o centro desta instância social, pois simbolizava o poder máximo, nobres competiam por seus favores e preferências, almejavam nomeações lucrativas ou por um lugar de honra no leitoreal. A Corte da França encontrou seu ápice no Palácio de Versalhes, viver no Palácio significava viver com luxo, requinte e prestígio, o que naturalmente todos desejavam. Versalhes, foi referência para todo o mundo monárquico, com sua noção de costumes, comportamento e cultura. Luís XVI queria que seus nobres morassem no Palácio, assim, Versalhes abrigou em 1774 cerca de 10.000 pessoas incluindoos criados acomodados no castelo.
É no Reinado de Luís XVI, que o protocolo atinge seu auge indicando o comportamento adequado para a nobreza, as roupas, o uso da linguagem, as boas maneiras de tratamento entre si.
A etiqueta passa a conduzir a vida da nobreza francesa que começa a se preocupar em refinar seus costumes tanto na mesa, como na forma de se comportar frente a outros, assoar o...
tracking img