Artigo diagnostico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3180 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Diagnóstico endodôntico: comparação entre aspectos clínicos e histológicos

ORIGINAL | ORIGINAL
Endodontic diagnosis: evaluation between clinical and histological findings
Lílian Dantas de Góes SILVA1
Sílvio ALBERGARIA1
Paloma Souza GONÇALVES1
Jean Nunes dos SANTOS2
1 Universidade Federal da Bahia, Faculdade de Odontologia. Salvador, BA, Brasil.
2 Universidade Federal da Bahia, Faculdadede Odontologia. Av. Araujo Pinho, 62, Canela, 40110-150, Salvador, BA, Brasil. Correspondência para /
Correspondence to: JN SANTOS (jeanunes@ufba.br).

INTRODUÇÃO

Um plano de tratamento endodôntico bem sucedido depende de um diagnóstico correto. Nas alterações da polpa dentária humana, os informes necessários para o estabelecimento das suas condições patológicas ficam restritos à anamnese,exame clínico, testes de sensibilidade pulpar e avaliação radiográfica. Isto ocorre pelo fato da polpa se encontrar envolvida por paredes de dentina, fato que impede sua visualização direta pelo profissional durante o
atendimento clínico. Seltzer et al.1 propuseram uma classificação clínica
para as alterações pulpares baseada na aquisição de sintomas subjetivos e objetivos, obtidos através daanamnese. Tal classificação deveria habilitar o clínico a considerar os estados patológicos pulpares em: tratáveis e não-tratáveis, referindo-se a escolha de tratamento conservador da polpa ou sua extirpação. Contudo, é notório que o real estado inflamatório da polpa dentária apenas pode ser determinado através da coleta de material ou biópsia e a avaliação histológica da mesma, o queimpossibilitaria um tratamento
pulpar conservador.
Rotineiramente, procedimentos radicais de tratamento endodôntico são realizados como forma de solucionar as odontalgias relacionadas à polpa, quando suas características clínicas levam a dúvidas quanto à reversibilidade
da lesão. Entretanto, é visto na literatura que muitos sinais e sintomas tradicionalmente associados com a evolução das doenças pulparesocorrem mais significantemente, porém não exclusivamente, nas polpas inflamadas2.
Tendo em vista a correlação entre inflamação pulpar e sintomas clínicos ser ainda incerta3, nos propomos a analisar as alterações histológicas das polpas dentárias de pacientes com indicação de tratamento endodôntico, correlacionandoas com os achados clínicos com a finalidade de verificar a
concordância entre odiagnóstico clínico e histopatológico da polpa dentária humana e contribuir para o conhecimento sobre o diagnóstico endodôntico.

MÉTODOS
Para realização desse trabalho foram utilizadas polpas dentárias humanas obtidas de pacientes que procuraram os serviços odontológicos da disciplina de Endodontia Clínica da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Salvador, Bahia. Aamostragem foi composta de trinta polpas de dentes unirradiculares, cujo tratamento indicado foi a pulpectomia após exame clínico-anamnésico e radiográfico.
Na obtenção do diagnóstico clínico empregouse a semiologia subjetiva e objetiva, sistemática utilizada por Oliveira4. A semiologia subjetiva foi constituída de um conjunto de perguntas ao paciente visando obter respostas
relativas à dor quandopresente ou ausente. A semiologia objetiva foi realizada utilizando-se métodos clássicos para obtenção de sinais e sintomas clínicos através dos testes diagnósticos. O exame clínico abrangeu inspeção, palpação,
percussão, mobilidade e análise radiográfica. A comprovação de vitalidade pulpar foi complementada em alguns casos com testes térmicos. As análises radiográficas foram realizadas com uso delupa comum e negatoscópio, para avaliar o estado periodontal e periapical das unidades dentárias.
Todas as informações foram registradas nas fichas de atendimento clínico que também forneciam dados sobre as condições de saúde geral dos pacientes. De acordo com as informações obtidas através da semiologia utilizada, as
condições pulpares foram classificadas clinicamente como: polpa normal,...
tracking img