Arte moderna

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4472 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Teoria da Contabilidade – Niyama e Tibúrcio Silva – Livro do Mestre

Capítulo 1

1)

Nessa discussão, podem-se usar os conhecimentos adquiridos no capítulo,

em especial das páginas 9 a 12. O dilema reputação x custo deve ser considerado
2)

a) A CVM regula as empresas com ações negociadas em bolsa. O Ibracon é

uma entidade que congrega auditores independentes (ou seja, auditoresexternos); b) O
usuário pode enviar sugestão para a entidade que está promovendo a padronização. A
audiência pública refere-se ao processo em que o órgão normatizador recebe sugestões.
Minuta é o rascunho da futura legislação, geralmente elaborado por um grupo de
especialistas
3)

a) Seria um exemplo de padronização, não somente de normas contábeis.

Para que um país adote é necessário oapóio do banco central. Nesse caso, o regulador
seria, para o Brasil, o Banco Central; b) O banco está lançando ações para investidores
estrangeiros. Esses investidores seriam mais propensos a investir quando o banco estiver
adotando essas normas. Uma outra situação é um banco estrangeiro que atue no Brasil,
cuja matriz está localizada num país que exige as normas; c) Isso é uma desvantagem.Nessa alternativa é possível apresentar o conceito de risco sistêmico, da teoria de
finanças. A homogeneização aumenta o risco sistêmico; d) Esta é uma opinião pessoal.
Existem vantagens e desvantagens e provavelmente não temos como apresentar uma
solução correta; e) O Banco Central deveria se preocupar com esta questão.
4)

Os resultados mostram que os relatórios contábeis possuem baixalegibilidade em relação a outros textos. Não seria o caso da contabilidade preocupar-se
com isso?
5)

Esta é uma opinião pessoal. Existem vantagens e desvantagens e

provavelmente não temos como apresentar uma solução correta. Mas o professor pode
destacar a importância da informação contábil estar voltada para o usuário.
6)

Para um usuário (Anefac e Fipecafi) a imagem era boa. Paraoutro, o TCU,

não. O professor pode destacar aqui que os usuários possuem objetivos diferentes (e não
existiria o lado "certo" versus o lado "errado"
7)

A lista pode incluir: captação de recursos, acesso facilitado ao mercado de

1

Teoria da Contabilidade – Niyama e Tibúrcio Silva – Livro do Mestre

crédito, maior transparência nas informações, melhor governança corporativa, entreoutros aspectos
8)

A justificativa para padronização foi o fato de cada empresa estava

calculando o Ebitda da sua forma, o que impedia a comparação. O professor pode
discutir se este é um caso que efetivamente demanda a intervenção da CVM. Isto
também poderia ser feito para outros índices. Mas seria necessário?
9)

a) Eis uma situação interessante para aplicar os conhecimentos docapítulo.

Use os conhecimentos da página 17 a 22 para discutir este caso. b) O usuário final seria
o TSE.

2

Teoria da Contabilidade – Niyama e Tibúrcio Silva – Livro do Mestre

Capítulo 2

1)

Refere-se às diferenças existentes entre as normas contábeis brasileiras e as

normas internacionais
2)

Fundação Iasc Curadores

3)

Use o conteúdo das páginas 43 a 51 para a resposta

4)Esta questão pode ser discutida usando os conhecimentos do capítulo 1 (p.

17 a 22)
5)

Esta é uma opinião pessoal. Uma possibilidade que se pode discutir é a

questão da soberania. A adoção das normas contábeis de outro país pode representar
uma redução na independência política e econômica. Isso, para o Canadá, pode ser
crítico pois o país faz fronteira com os Estados Unidos.
6)Se capitalizar esse resultado irá aparecer na Demonstração do Resultado na

proporção de $20 milhões nos próximos cinco anos. Caso adote uma atitude mais
conservadora, os $100 milhões serão levados a resultado no próprio exercício. Alguns
desses pontos serão discutidos também no capítulo 8
7)

Antes do lançamento = eram considerados no resultado no momento do

desembolso; Depois do...
tracking img