Arte de argumentar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2905 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Referência:
DEMO, Pedro. Saber pensar. São Paulo: Cortez, 2000. 159 p.

O escritor catarinense Pedro Demo tem formação básica em teologia, filosofia e doutorado em sociologia pela Universidade de Saarbrucken, na Alemanha. Professor titular da Universidade de Brasília tem atuação acadêmica destacada na política social e na metodologia científica brasileira. Atualmente, dedica-seprincipalmente, a educação contemplada sob a ótica do desenvolvimento pessoal. É reconhecido conferencista educacional e publicou mais de trinta livros, dentre eles, pela Editora Vozes, Conhecimento Moderno, 1997; Petropólis, RJ: Desafios Modernos da Educação, 6ª ed., 1997; A obra “Saber Pensar” se divide em duas partes:
A primeira parte do estudo está voltada para os componentes do Saber Pensar, com uma sériede sete tópicos distintos e relatados até a página 81;
A segunda parte, com o título “Reconstruir Ciência”, aborda diferentes tópicos e termina na página 143.
O prefácio escrito por Paulo Roberto Padilha apresenta um texto deixando bem claro que Pedro Demo propõe aos leitores caminhos a trilhar capaz de superar a arrogância perante um falso conhecimento e o despreparo para tratarmos não sócom a informação, mas com a formação e o próprio conhecimento (p. 13). Ele informa que o autor “é contra o fato de estarmos sempre servindo ‘café requentado' na educação” (p. 15).
Na introdução deparamos com o conceito de “saber pensar” que não se resume ao singelo pensamento, mas também como mecanismo de a tudo intervir. Trata-se de “teoria e a prática, e vice-versa”, não se limita a fazer porfazer, mas busca compreender o motivo e o como fazer (p. 17). Com a consciente alerta de que “discutir o saber pensar inclui contradição inerente”, pois tem como ponto de partida a autonomia do pensar, incompatível com a tentativa de querer ensinar. “O saber pensar precisa de orientação” (p.18). “O autor também ressalta que o conhecimento tem limites e o ser humano não é capaz de ter conhecimento detudo, pois não há biblioteca ambulante na cabeça dos indivíduos” (p. 19).
Nesta primeira parte o autor aborda de forma explicativa os componentes do Saber Pensar, pelo qual resumimos a seguir:
1- Pensar é o primeiro dos Componentes do Saber Pensar. O autor passa a “ideia da compreensão” da fala e do agir. “Compreender é questão de lógica”, mas, desta, o que mais interessa não é o expresso esim o que está nas entrelinhas, pois “para compreender é necessário também sacar o que não se diz no silêncio, a entonação e o meneio” (p. 23). É preciso ocorrer entre professor e aluno a construção social da autonomia.
O autor Pedro Demo que se compreende melhor o que está mais bem ordenado, mas sob a nossa lógica própria, arrumado do nosso jeito. A lógica que normalmente é vista pelo lado dadedução, a imposição da conclusão face à premissa geral; mas que também se orienta p-;elo caminho inverso, o da probabilidade da regra geral face à constatação das particularidades, ou seja, a indução. E adverte que se o problema da dedução é a certeza ou não da premissa maior, na indução os fatos representam o problema, dado que nem sempre tudo é óbvio ou leva à regra geral verdadeira (página 24 a25).
Não obstante, a lógica tem sua função, como eliminação de contradição e a sistematicidade do fluido do raciocínio, ela não é tudo, “quer dizer, a relação humana também conta, por vezes mais que a lógica”, dado que esta é procedimento, “é forma, não conteúdo”, e no mundo real, regra geral, mais vale o consenso que a lógica (p. 29). Viver precisa de “bom senso”, traduz que não conta só a lógica,mas também a experiência, a vivência e a sensibilidade do indivíduo (página 30).
Depois desta abordagem eu (Vilson Arruda) acredito que o pensar está relacionado à compreensão do que se diz e se faz na prática. Devemos saber pensar!!! Chamamos de indução o raciocínio de fatos particulares que se tira uma conclusão genérica. A lógica é método que permite distinguir raciocínios válidos de...
tracking img