Arabe

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5565 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
Primavera Árabe corresponde ao conjunto de manifestações contra os regimes ditatórios e autoritários dos países do Norte da África e Oriente Médio. Egito, líbia, Bahrein, Tunísia etc..
Onde a população vem sofrendo desde muitas décadas ,violência ,falta de liberdade leitoral , sem direito a voto, inclusive com o poder sucessivos de uma única família . Em 2011, com a utilização dainternet, pelas redes sociais a população vem buscando mudar essa tradicional situação, em busca do liberalismo e dos direitos humanos, em alguns desses países, já ocorreu a queda dos presidentes.
No momento em que o mundo passar por um processo de avanços sociais, econômicos e políticos, com o advento da globalização, o mundo árabe também busca abandonar o tradicionalismo das ditaduras, no campopolítico e religioso, buscando exemplo do mundo ocidental e mundo oriental, no caso aqui, o mundo árabe, vamos observar algumas diferenças abismáticas, como por exemplo: o direito a educação, os movimentos sociais e sobretudo direito a democracia, com liberdade de imprensa e com liberalismo feminino.

Líbia
Antigo assentamento de fenícios, Romanos e Turcos, a Líbia permaneceu como colôniaromana. Até 455, vindo depois a ser dominada pelos Árabes a partir de 643. Em 1551 a religião foi incorporada ao Império otomando, se fixado o poder central na atual capital, Trípoli. Entre 1911 e 1945, esteve sob dominação italiana, período em que houve grandes avanços na infraestrutura do país. Após a II guerra mundial, foi controlada pelo Reino Unido e pela França. Obteve sua independência em1952, através de uma resolução da ONU.
Assume o poder o líder religioso, estabelecendo uma monarquia de cunho autoritário e destituída de representatividade popular. A partir desse momento, A líbia de aproxima dos EUA e da Inglaterra, permitindo a construção de bases militares em seus territórios. Estabelece boas relações também com os países árabes, sendo admitida em Liga Árabe.
Em 1961, sãodescobertas as grandes jazidas de petróleo, e o governo líbio exigiu a retirada das forças estrangeiras, surgindo, sérios conflitos políticos com as duas potencias e com o Egito.
No final dos anos 1960, movimento liberado por militares islâmicos derrubam a monarquia e implantam a República Árabe popular e socialista da Líbia, mulçumana militarizada e de essência socialista. A partir de 1970, ogoverno decreta a expulsão dos efetivos militares estrangeiros, a nacionalização das empresas decreta a expulsão dos efetivos militares estrangeiros, a nacionalização das empresas, dos bancos e dos recursos petrolíferos. Essas medidas tomadas para desenvolvimento social, econômico e cultural do pais causou conflitos comm os EUA e países Árabes moderados.
A crescente poder econômico permitiu àLíbia aumenta seu poderio militar. Assim como o Egito, participou da guerra do Yom kippur contra Israel. Aprofundou o conflito diplomático com os EUA, ao criar embargo à venda de petróleo para países que apoiam Israel. aliou-se à Síria, dando apoio à organização para a libertação da palestina (OLP).
Durante a década de 1980, se aproximou da URSS e o embargo norte-americano ao petróleo líbiocontribuiu para seu isolamento diplomático. Na década seguinte, melhora nas relações internacionais, principalmente com países árabe vizinho.
Durante a década de 1980, se aproximou da URSS e o embargo norte-americano ao petróleo líbio contribuiu para seu isolamento diplomático. Na década seguinte, melhorar nas relações internacionais, principalmente com países árabes vizinhos. Adota uma posição moderadaem conflitos. O que não impede a criação, em 1992, da zona de exclusão aérea, por resolução do conselho de segurança das Nações Unidas, e sofrido pelos embargos ao comércio líbio.
Em 1993 a Líbia rompeu relações com Irã, reagindo contra o crescimento do fundamentalismo islâmico. As relações com os palestinos se deterioraram, à medida que estes se mostraram dispostos a negociar uma paz com...
tracking img