Apostila fisiologia oculta

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2184 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Fisiologia Oculta

Programa de L.V.X.

Última alteração feita em 6 de julho de 2011 e.v.

ÍNDICE

1 Introdução.................................................................................................. 3 2 Chakras ...................................................................................................... 3 2.1 Afinal, quantos Chakrasexistem?..................................................... 4 2.2 Conhecendo cada Chakra .................................................................. 4 2.2.1 Muladhara Chakra ....................................................................... 4 2.2.2 Svadhistana Chakra ..................................................................... 4 2.2.3 Manipura Chakra........................................................................ 5 2.2.4 Anahata Chakra ........................................................................... 5 2.2.5 Vishuddha Chakra ....................................................................... 5 2.2.6 Ajna Chakra ................................................................................ 5 2.2.7 Sahasrara Chakra........................................................................ 5 2.3 Os Chakras e a Cabala ...................................................................... 6 2.4 Alguns comentários possíveis ........................................................... 8 3 Tabela de Propriedades ............................................................................. 9 4Bibliografia.............................................................................................. 11

3

FISIOLOGIA OCULTA

1

INTRODUÇÃO

Os sistemas esotéricos que trabalham com o corpo têm diferentes palavras para descrever sua energia sutil. Prana, Chi, Orgônio, Força Ódica, ou o que quer que queiram chamar, designa uma força energética diretamente prática que permeia o corpo sutil Yetzirático. Imaginária em essência, mesmo assim está atrelada ao corpo físico,e deste modo várias técnicas físicas podem ser usadas para manipulá-la. Devido a sua qualidade psicofísica, não pode ser medida, assim como os pensamentos também não. Um impulso elétrico no cérebro não é a mesma coisa que um pensamento, mas os dois podem ser inteiramente relacionados. Do mesmo modo, certos fenômenos eletroquímicos e de outros tipos que podem ser medidos no corpo podem serrelacionados àquela energia sutil, mas não são e nem estão naquela energia. Trabalhar com essa energia é uma matéria experiencial, que pode trazer muito trabalho prático antes que sua presença possa ser sentida. Além disso, dada a sua característica Yetzirática, um dos melhores métodos é o de imaginar ou visualizar a energia, tendo a função dupla de efetivamente criá-la e modelá-la, assim como responderaos seus movimentos independentes. Alguns métodos de trabalho vão tão longe que dizem que o corpo sutil não existe até que tenha sido construído por trabalho interno. No entanto, esse não é o caso da Medicina Tradicional Chinesa, que trabalha objetivamente com um corpo sutil dinâmico, o paciente tendo consciência disso ou não. Hatha Yoga, artes marciais, Chi Gong, Tai Chi e muitas outras práticasmanipulam e harmonizam a energia sutil. Neste trabalho daremos ênfase em apenas um método, que trabalha sete focos ou pontos de energia no corpo, os assim chamados “chakras”.

2

CHAKRAS

Chakras ou centros de força, segundo a denominação sânscrita, significa “roda” ou disco, “disco giratório”. Segundo o Major Arthur E. Powell: “os chakras estão situados na superfície do corpo etérico, acerca de seis milímetros da superfície do corpo físico. Ao olhar clarividente aparecem como depressões em forma de pires, constituindo vórtices” Todos os indivíduos possuem esses centros, embora varie bastante, cada qual tem seu próprio grau de desenvolvimento. O grau de

COLLEGIUM AD LUX ET NOX

4

desenvolvimento pode ser aferido pela intensidade de seu brilho ou vibração. O primeiro é...
tracking img