Antidepressivos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2423 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO




O homem desde sua historia, por quaisquer terras que habitasse e qualquer que fosse seu grau ou gênero de cultura, utilizou substancias, geralmente princípios ativos de plantas, que lhe propiciassem prazer e sensação de bem-estar, muitas vezes intensos, a eles deixando se costumar. Os tempos evoluíram, multiplicaram-se as drogas que tem a propriedade de modificar o psiquismo.Várias delas tornaram-se importantes na medicina, porque podiam, muitas vezes, corrigir estados patológicos mentais.
Em cada sociedade, porém um número de indivíduos tende a usar tais drogas de modo abusivo, fugindo, portanto aos padrões médicos e sociais aceitos. Para chegarmos aos resultados deste estudo, percorremos o seguinte caminho: 1) pesquisa bibliográfica farmacológica “Penildon Silva oitavaedição 2)Pesquisa virtual queroviverbem.com”. Br/matérias 3)Pesquisa de campo, entrevistando balconista de farmácia, médico psiquiatra, e usuários de psicotrópicos, antidepressivos, com suas histórias.






Palavra chave: O uso abusivo dos psicotrópicos, antidepressivos.




2010





SUMÁRIOIntrodução.....................................................................................
1- Antidepressivos.......................................................................
1.1 Diagnóstico da Depressão....................................................
1.2 Sintomas de Depressão...........................................................
1.3 Hipóteses Biológicas para depressão.....................................
1.4 Classificação dosAntidepressivos...........................................
1.5 Utilização Clínica dos Antidepressivos...................................
2- Trabalho de campo-entrevistas............................................
2.1-Primeira entrevista, feita pela equipe de acadêmicos........
2.2-Segundo caso entrevista feita pela equipe acadêmica.......
2.3-Terceiro entrevistado médicopsiquiatra...............................
2.4 - Quarta entrevista-farmacêutico..........................................
3 – Conclusão.............................................................................


















INTRODUÇÃO


O conceito de abuso é relativo e varia com a ocasião, época história e religião considerada. Assim a morfina administrada para aliviar a dor não é abuso, mas o é o uso paracausar euforia.
Fumar ópio no oriente antigo era socialmente aceito, e não um abuso. Nos planaltos andinos a maioria da população usa folhas de coca sem restrição pelas sociedades locais.
O abuso de uma droga pode ser ocasional, e, passada a experiência, o individuo sente pouco ou nenhum interesse em continuar a usá-la. O abuso pode, contudo, repetir-se com freqüência variável, até atingir oestágio de abuso compulsivo, em que o indivíduo busca a droga com avidez, associando seus efeitos a um estado de bem-estar que considera ideal.
Privado da droga desequilibra-se, e procura obter por quaisquer meios.
Esse comportamento caracteriza-se a dependência psíquica, fator determinante do vício.

















1 - Antidepressivos
Os antidepressivos ou timoanalípticossão drogas capazes de elevar o humor. O humor ou tímea era definido por Delay (1946), como “o conjunto de disposições afetivas e instintivas que determinam a tonalidade fundamental da atividade psíquica, capaz de oscilar entre os dois pólos, compreendido entre a euforia expansiva e a depressão dolorosa”. (Silva Penildon,1921)
Antidepressivo é uma substância considerada eficaz na remissão dossintomas característicos da síndrome depressiva, em pelo menos um grupo de pacientes com transtorno depressivo. Algumas substâncias com atividade antidepressiva podem ser eficazes também em transtornos psicóticos. (Ângela Masisa de Aquino Miranda Scippa, e Irismar Reis de Oliveira) APA, publicado em 2000.



1.1-Diagnóstico da Depressão
Depressão é uma palavra freqüentemente usada para...
tracking img