Angelogia - teologia em foco

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6780 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Angelogia

INTRODUÇÃO

Muito se tem escrito no mundo secular e religioso acerca dos anjos, explorando a credulidade de pessoas espiritualmente carentes e supersticiosas, induzindo-as à conceitos errados e falsos sobre o mundo espiritual. Nestas lições, procuraremos esclarecer a verdade e a realidade do assunto segundo a revelação feita pela Bíblia Sagrada.
As Escrituras ensinamque há uma ordem de seres celestiais distinto da humanidade e da divindade. Quando consideramos os anjos, como em outras divisões da teologia sistemática, existe um vastíssimo campo para uso da razão, porque desde que o universo foi ordenado, esses seres entram em foco e continuarão presente pela eternidade.
Os Anjos não são humanamente visíveis, cremos na veracidade da sua existência ecremos em tudo quanto a Bíblia afirma a seu respeito. Há um processo ordenado na história da criação que apresenta-se em três fases distintas como segue:


l. A criação das coisas espirituais.
Jó 38:1 - 7 Deus ao responder para Jó, que, quando os anjos foram criados nem o mundo material havia sido criado.

2. A criação das coisas materiais.
A criação material abrange todo o universo onde suaextensão nos dá uma visão da grandeza de Deus.

3. A criação da vida sobre a terra.
Deus formou o homem com uma vida material em combinação com o imaterial. Os anjos são apenas seres espirituais e os homens são seres espirituais e materiais.

DEFINIÇÕES

O vocábulo "ANJO" tal qual aparece nas versões correntes, vem de um termo hebraico "MAL' AKH" (malaque), no grego foi traduzido como"ANGELLOS"
Em ambos os testamentos o termo " ANGELLOS" tem o significado de MENSAGEIROS DE DEUS.

ANGELOLOGIA = ANGELLOS + LOGIA
ANGELLOS = ANJOS
LOGIA = ESTUDO
Portanto, ANGELOLOGIA significa " Doutrina dos anjos "





I. NOMES APLICADOS AOS ANJOS

O termo anjo aplica-se a todas as ordens dos espíritos criados por Deus (Hb 1.14). Existem muitas outras citações similarescom outros apelativos que expressam o mesmo significado.
O termo Anjo expressa todo ser celestial criado por Deus.

Gênesis 3:24 - Querubim
Gênesis 18:2 - Varão
Josué 5:13 - 15 - Príncipes
Isaías 6:2 - Serafim
Jó 1: 6 - Filhos de Deus
Salmos 104:4 - Ministros
Efésios 1: 20-21 - Principados Potestades Domínios
Hebreus 1:14 - Espíritos Ministradores
Judas 9 - Arcanjo

II. ACRIAÇÃO DOS ANJOS

Os anjos são reais.
Eles exercem atividades importantes no mundo espiritual, mas não são independente nessas atividades, pois as fazem dentro dos limites a que foram criados.
A Bíblia fala da manifestação dos anjos na obra da criação do mundo físico (Jó 38.6,7). Eles estavam presentes quando Moisés recebeu de Deus as tábuas da Lei (Hb.2.2);
No nascimento de Jesus(Lc 2.13); Na ressurreição de Cristo (Mt 28.2; Lc 24.4,5); na ascensão de Cristo (At l.10). Quando foram servir ao Senhor Jesus no deserto da tentação (Mt 4.11).
Sua manifestação é incorpórea; eles são seres espirituais e morais. A realidade dos anjos se comprova mediante os atributos de personalidade que eles demonstram falando, pensando, sentindo e decidindo.
Entretanto, osdemônios, que são anjos caídos da graça de Deus, tomam para se incorporarem corpos de pessoas vivas ou de animais, e por essas possessões materiais, se manifestam. Os anjos de Deus não tomam outros corpos para se manifestarem, mas tomam formas de pessoas humanas visíveis para se fazerem manifestos. (I Cor. 15:40 - 44)
Anjos não são meros espíritos sem corpos. Como podemos saber através dadeclaração do Nosso Senhor de que os filhos da ressurreição serão iguais aos Anjos.
São revestidos de corpos espirituais tais como os que nos são prometidos se formos havidos por dignos de alcançar a ressurreição (Fil. 3:21). O corpo espiritual corresponde ás necessidades da vida espiritual. No arrebatamento o nosso corpo não será o mesmo corpo terreno e corrupto mas espiritual que participará da...
tracking img