Anestesiologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3291 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Anestesiologia

M.V. Marcelo de Souza Muccillo
Setor de Anestesiologia e Controle da Dor do HCV-UFRGS

Anestesia em Pequenos animais

Conceitos

- Anestesiologia é o estudo da anestesia   
   - Analgesia
- Anestesia local, regional  (bloqueio reversível)  
   - Tranqüilização x sedação (hipnose)
- Anestesia dissociativa (catalepsia, sem perda de reflexos)
  - Hipnose: sonoartificial induzido
- Narcose: estupor ou sedação induzidos por fármaco em que o paciente é indiferente à dor

Anestesia em Pequenos animais
Anestesia em Pequenos animais

Exame Pré-Anestésico
Avaliação do paciente:

•- Anamnese e sinais clínicos (mucosas, temperatura)
   - Espécie, raça, temperamento
   - S. respiratório
- - Auscultação ( cardíaca e respiratória )
   - SNC
   -Medicação
 


Anestesia em Pequenos animais

Exame Pré-Anestésico
Avaliação do paciente:

•     - Estado nutricional
- Temperamento
- Doenças pré existentes
- Convulsão, epilepsia
- Anemia
- Etc



Anestesia em Pequenos animais

Exame físico
–Peso
–TR: cão 37,5-39,2, gato 37,8-39,2
–F. Cardíaca: cão 70-160, toys até 180, filhotes até 220; gato 120-240
–F.respiratória: cão 10-30, gato 20-40
- tempo de perfusão capilar (TPC)

Anestesia em Pequenos animais
Vídeo TRC (TPC)
Anestesia em Pequenos animais

CATEGORIA DE RISCO

- ASA I
  - ASA II
   - ASA III
    - ASA IV
    - ASA V
   - E – emergência (acrescentar no estado físico do paciente)


Anestesia em Pequenos animais

ASA I – Aparentemente hígido

-Procedimentos eletivoscomo OSH
-Caudectomia ou conchectomia eletivas
      
       

Anestesia em Pequenos animais

ASA II – Doença sistêmica leve

- Neonatos
- Idosos
- Obesos
- Gestantes
- Cardiopatas compensados

      
       

Anestesia em Pequenos animais

ASA III – Doença sistêmica moderada

- Anemia
- Anorexia
-Desidratação moderada
-Hipovolemia
- Caquexia
- hérnia diafragmática


      
       

Anestesia em Pequenos animais

ASA IV – Doença sistêmica grave

- Choque
- Uremia
-Anemia grave
- Hipovolemia
- Doenças descompensadas
- Hérnia diafragmática


      
       

Anestesia em Pequenos animais

ASA V – Moribundos

- Choque
- Falência múltipla de órgãos
-Morte em 24 horas, com ou sem cirurgia


      
       

Anestesia em Pequenos animais

EXAMES LABORATORIAIS

-  Hemograma completo
  - Proteínas totais: todos os anestésicos IV estão ligados a proteínas plasmáticas
  - Urinálise
  - Função renal
  - Função hepática
- Glicemia




      
       

Anestesia em Pequenos animais

Exames Complementares

•     -Radiografias
•     - Ultra-sonografia
•     - Eletrocardiografia




      
       

Anestesia em Pequenos animais

Quando adiar? (Se Possível)

•     - Ht < 20%
•   - Albumina < 2,0 (2,5-3,9g/dL gato)
•     - Pneumotórax
- Oligúria ou anúria
-Insuficiência cardíaca congestiva



      
       

Anestesia em Pequenos animais

Jejum

•   -Alimentar (8-12h)*
•   - Hídrico (2-3h)*


* Filhotes (ATENÇÃO)
      
       

Anestesia em Pequenos animais

Avaliação do paciente

-Via de acesso IV (principalmente em pacientes de alto risco) com solução aquecida

      
       

Anestesia em Pequenos animais

Cloreto de sódio a 0,9%

- Correção de hiponatremia
- Não deve ser utilizado em pacientes com falênciacardíaca congestiva
- Indicado em pacientes com cetoacidose diabética
      
       

Anestesia em Pequenos animais

Solução de Ringer-lactato

- Alcalinização do plasma (Lactato)
- Indicado em casos de choque
- Não deve ser utilizado em pacientes com hepatopatia crônica
      
       

Anestesia em Pequenos animais

Solução de Glicose a 5%

- Indicado para...
tracking img