Analise metalografica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 31 (7559 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Carlos Alb. Vieira RA: 1041973572
David S.R. de Sousa RA: 1034979884
Elisângela S. Muniz RA: 1001759513
Joceli Vieira RA: 1041973675
Richard D. Soares RA: 1061107601

DIREITO E LEGISLAÇÃO


Relatório final das atividades da disciplina Direito e Legislação, desenvolvido em cumprimento à exigência curricular do curso de Engenharia da FaculdadeAnhanguera de Piracicaba, sob orientação do Professor Roberto Silva Ferreira.












Piracicaba – SP, Abril 2011

Introdução
Esse relatório foi desenvolvido pelos discentes do 3º (terceiro) semestre dos Cursos de Graduação em Engenharia de Produção e Engenharia Elétrica, com a finalidade de promover o pensamento crítico e ampliar o conhecimento dosalunos sobre os principais problemas que atinge a sociedade, onde o tema escolhido foi Agressividade no Trânsito.
Vale ressaltar que foi realizada a leitura da Parte 2 Direito Civil do capítulo 4 PLT - Programa Livro Texto que complementa a grade curricular da disciplina.
As informações contidas aqui são um composto entre os conhecimentos adquiridos após a leitura dos textos, vivências e pesquisas.CIDADANIA AGRESSIVIDADE NO TRÂNSITO

Piracicaba, 2011

Tema escolhido pelo grupo: AGRESSIVIDADE NO TRÂNSITO
Porque escolhemos esse tema?
A agressividade no trânsito é um problema que atinge toda a sociedade brasileira nos dias atuais. É um problema que nos atinge direta ou indiretamente. É difícil não conhecer alguém que já foi vítima ou fez vítima no trânsito. O Governo brasileiro fazpropagandas nacionais, muda as leis do CNT (Código Nacional de Trânsito), impõem multas e penalidades altíssimas nos infratores, para tentar amenizar o problema, e mesmo assim, o Brasil é campeão mundial em mortes no trânsito. Para termos uma idéia da situação, morrem anualmente no Brasil mais pessoas no trânsito, do que em algumas guerras civis que acontecem pelo mundo atualmente. Devemosconscientizar as pessoas que o trânsito deve ser um benefício para o cidadão e não uma máquina de matar.

Tópicos abordados:

A Educação no Trânsito1
Motoristas desatentos1
Fúria no Trânsito1
A Educação no Trânsito1
Mortes no Trânsito1
Estresse1
Prevenção1
Lei Seca1
Punições1
Multas1
Estradas e Rodovias1
Menores ao volante1
Imprudências no volante1
Má sinalização do trânsito1Mau uso do cinto de segurança1
Reeducação1


A EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO
As pessoas muitas vezes acham que devemos usar o cinto de segurança apenas quando vamos viajar porque andamos em pista, isso faz com que as pessoas não tenham hábito de usá-lo com freqüência, esquecemos que estamos expostos a isso, pois, nunca sabemos quando podemos nos envolver em um acidente.
O uso do cinto desegurança protege a vida e diminui as conseqüências dos acidentes de trânsito sob o corpo humano, impede também que soframos impactos com partes internas do veículo e também não somos arremessados para fora dele.

Tipos de cintos de segurança:
* Cinto de Três Pontos: Oferece maior proteção porque a força do impacto é distribuída e absorvida por ele em toda área de contato com o corpo, trabalhandocom a estrutura esquelética humana adulta. Para usá-lo corretamente devemos sentar com a coluna ereta fazendo um ângulo de noventa graus com as pernas, daí o cinto diagonal passa pelo meio do ombro e se estende pela coluna vertebral até o engate nos quadris e o cinto sub-abdominal ou pélvico deve ser colocado na articulação dos quadris e não na barriga.
* Cinto Diagonal: Preso atrás do ombroe ao lado do quadril impede que a pessoa seja lançada para frente, mas o corpo pode passar por baixo do cinto, causando lesões no pescoço e até mesmo estrangulamento, isto é chamado efeito submarino.
* Cinto de Dois Pontos, Sub-Abdominal ou Pélvico: colocado na articulação dos quadris, não impede que o corpo se dobre e seja arremessado para frente, causando lesões no tórax, pescoço e cabeça....
tracking img