Analise de leite

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1155 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Relatório de Aulas Práticas

Thiago Cichocki







Colorado do Oeste/RO
2012

Thiago Cichocki


Relatório de Aulas Práticas

Trabalho apresentada ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia - Campus de Colorado do Oeste, no Curso Superior de Tecnologia em Laticínios, como parte dos requisitos para aprovação na disciplina de Analise de Leite eDerivados.
Prof: Nélio Ranieli Ferreira de Paula.

Colorado do Oeste/RO
2012
Introdução
O leite é considerado um dos alimentos mais completos, devido ao seu alto teor de proteínas e sais minerais, além de outras características. Por sua composição físico-química e microbiológica, o leite é considerado um produto perecível.
O leite deve apresentar as seguintes características para serum leite saudável Acidez: 15 a 18 ºDornic; pH de 6,6 a 6,8; Densidade: à temperatura de 15ºC estar na faixa de 1028 a 1032 gramas por litro de leite.Porem quando não possui essas características muitos produtores fraudam adicionando conservador como formol e água oxigenada;pode adicionar também alguns redutores como soda cáustica, bicarbonato de sódio, As técnicas utilizadas para as confirmações decoliformes são chamadas de Teste Presuntivo. O Teste Presuntivo consiste na semeadura de volumes determinados da amostra em tubos de caldo lactado ou com caldo Lawril Sulfato Triptose.
A ocorrência de coliformes indica claramente a inobservância das boas práticas de manipulação constituem um alerta para possível presença de outros tipos de microrganismos, podendo estes possuir uma maiorpatogenicidade ou, serem mais difíceis de encontrar, configurando assim uma situação desfavorável para a saúde dos receptores do alimento.

Objetivo
Este trabalho teve como objetivo fazer uma analise do leite e verificar se este está ou não contaminado por coliformes totais, analisando se o mesmo está ou não apropriado para consumo humano.

Materiais e Métodos
Material necessário:Caldo Lauril, águaPepitonada 9 ml, 36 tubos de ensaio e 36 tubo Duran, Agar para a contagem de MO, Placas de Petri, geladeira, caneta para marcar os tubos de ensaio e as placas de petri, estante, microondas, capela, micro-pipeta, pêra, ponteiras.
Procedimentos:1° fizemos o calculo para sabermos quantas gramas iremos precisar de Caldo Lauril e Agar para nossa amostra.
Calculo do Caldo Lauril:Calculo do Agar
35,6g---------1000ml 23,5g-------------100ml
x-------------300ml x---------------200ml
x= 10,68g x= 4,7g
Pegamos trinta e seis tubos de ensaio e trinta e seis tubos de Duran, e água peptonada 2,2g para 180 ml de Agar para a contagem demicro-organismos em placas.
Depois distribuímos 9 ml da água Peptonada em cada tubos de ensaio, foi utilizado doze tubos, após este procedimentos levamos para a autoclave os caldos para serem esterilizados.Apos esterilizados foram colocados na geladeira.
Em outra aula, pegamos o Agar da geladeira e colocamos no microondas para derreter.
Pegamos oito placas de petri já esterilizadas e colocamos nacapela. Após, colocamos o Agar dentro de cada placa, deixando cada placa um pouco aberta. Saímos todos da sala e ligamos a luz UV por dez minutos para esterilizar. Apos os dez minutos desligamos a luz UV e tampamos a placa.
Pegamos os tubos de ensaio na geladeira e colocamos na estante dento da capela. Foram dezoito tubos de ensaio com caldo Lauril dentro, e também estavam dentro de cada tubo deensaio os tubos de Duram. Depois marcamos com a caneta as placas de petri com (amostra A) A-1, A-2, A-3 e A-4. A oliquota nas placas foram 0,1ml e a oliquota nos tubos foram 1 ml.
Depois pegamos outra estante e colocamos seis tubos de ensaio com água peptonada e marcamos com a caneta A-1, A-2, A-3, A-4, A-5 e A-6.
Após este procedimento iremos fazer a diluição seriada e depois a repicagem dos...
tracking img