America latina

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1138 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
América Latina: Contexto Histórico


 

  

Colônias de exploração ( latifúndios, mercado externo privilegiado e frágil mercado interno, mão-de-obra escrava). Populações índias e negras marginalizadas. Estruturas políticas autoritárias (colonialismo, patriarcalismo, populismo e ditaduras). Desigualdades sociais acentuadas. Democratização recente - aprendizagem. Identidade (móvel emestiça), integração e história em construção.

Identidade LatinoAmericana






Identidade nos problemas e nas situações enfrentadas na História. Culturas diversas e hibridismo. Somos mestiços, somos índios, somos negros, somos brancos, somos amarelos, mas, sobretudo, somos latinos e americanos.



Foi desindianizando o índio, desafricanizando o negro, deseuropeizando o europeu efundindo suas heranças culturais que nós nos fizemos. Somos, em conseqüência, um povo síntese, mestiço na carne e na alma, orgulhoso de si mesmo (Darcy Ribeiro).

Estados-Nação


A ideia de Nação na AL encontra-se em formação. Avançou muito, mas continua a articular-se e rearticular-se. Muitos países contam com várias constituições em sua história. Tiveram que recomeçar muita coisa. Osgolpes, os surtos de autoritarismo, as ditaduras povoam a história. A democracia floresce e fenece. O povo continua a formarse, se compreendemos que povo é uma coletividade de cidadãos.

Integração Cultural


Se o grande dilema que devemos resolver é a busca de uma nova ordem internacional, necessária para a paz e a harmônica integração de todos os povos, ele não será solucionado através daimposição de uma forma cultural qualquer. Estamos em uma etapa de agitações e conflitos, de reivindicações das diversidades, de busca de fórmulas renovadoras, de saudável relação entre as especificidades interiores das raízes de cada povo.

Equívocos em relação à História dos Índios






Imaginar ela começando com a chegada dos europeus, como se não houvesse uma história das populaçõeslocais antes da suposta descoberta. Considerar que para os índios, a história dos contatos se reduz necessariamente a uma história de perdas, tornando sua versão da história uma visão de vencidos. Pensar que existe apenas uma ‘política indigenista', a nossa política (dos brancos civilizados), sem considerar que existe também uma política dos índios, ou 'política indígena', pela qual elesconstroem seu relacionamento com a sociedade nacional.

Interculturalidade


Pensar a interculturalidade não como um projeto exclusivo para populações indígenas ou grupos étnicos minoritários em seu processo de "integração à nação", mas como uma política de educação nacional com vistas à promoção do diálogo interétnico, interregional e internacional sobre e com os povos indígenas e culturalmentedistintos da cultura hegemônica, criando condições de igualdade de participação.

Ser negro no Brasil


O fato de que o trabalho do negro tenha sido essencial à manutenção do bem-estar das classes dominantes deu-lhe um papel central na gestação e perpetuação de uma ética conservadora e desigualitária. Os interesses cristalizados produziram convicções escravocratas arraigadas e mantêmestereótipos que ultrapassam os limites do simbólico e têm incidência sobre os demais aspectos das relações sociais.

Racismo à brasileira


Pode-se dizer, como fazem os que se deliciam com jogos de palavras, que aqui não há racismo (à moda sulafricana ou americana) ou preconceito ou discriminação, mas não se pode esconder que há diferenças sociais e econômicas estruturais e seculares, para as quaisnão se buscam remédios.

Verdadeira Cidadania


Com a verdadeira cidadania, cada qual é o igual de todos os outros e a força do indivíduo, seja ele quem for, iguala-se à força do Estado ou de outra qualquer forma de poder. Porém, é preciso buscar a igualdade de condições na esfera política e social para todos os cidadãos!

Multiplicidade de Corpos


Corpos negros, brancos,...
tracking img