Aluguel, informalidade e pobreza: o acesso à moradia em florianópolis

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 217 (54091 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA P R O G R A MA D E P Ó S - G R A D U A Ç Ã O E M U R B A N I S MO , H I S T Ó R I A E A R Q UI T ET U R A D A C I D A DE

ALUGUEL, INFORMALIDADE E POBREZA: O acesso à moradia em Florianópolis

FERNANDA MARIA LONARDONI

Orientadora: Prof. Dra. Maria Inês Sugai

Florianópolis, Outubro de 2007.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA P R O G R A MAD E P Ó S - G R A D U A Ç Ã O E M U R B A N I S MO , H I S T Ó R I A E A R Q UI T ET U R A D A C I D A DE

ALUGUEL, INFORMALIDADE E POBREZA: O acesso à moradia em Florianópolis

FERNANDA MARIA LONARDONI

Dissertação de mestrado submetida ao programa de Pós-graduação em Urbanismo, História e Arquitetura da Cidade, da Universidade Federal de Santa Catarina, como parte dos requisitos para aobtenção do grau de mestre em Urbanismo, História e Arquitetura da Cidade. Área de pesquisa: Habitação e Cidade.

Orientadora: Prof. Dra. Maria Inês Sugai

Florianópolis, Outubro de 2007.

ALUGUEL, INFORMALIDADE E POBREZA: O acesso à moradia em Florianópolis

FERNANDA MARIA LONARDONI

ESTA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO FOI JULGADA ADEQUADA E APROVADA EM SUA FORMA FINAL______________________________________ Prof. Dra. Maria Inês Sugai Orientadora

_______________________________________ Prof. Dra. Gilcéia P. A. e Silva Coordenadora do PGAU - cidade

BANCA EXAMINADORA

__________________________________ Prof. Dr. Pedro Abramo – IPPUR/UFRJ

__________________________________ Prof. Dra. Lígia Helena. H. Lüchmann – PPGSP/UFSC

__________________________________ Prof. Dr. LinoFernando. B. Peres – PGAU/UFSC

AGRADECIMENTOS Depois de dois anos de estudo e de aprendizado há muito pelo que agradecer. Muitas pessoas participaram deste processo tornando-o menos difícil e mais prazeroso. Ao Eduardo Weingärtner. Edu, a distância não impediu que você participasse de tudo, e que tivesse parte importante nessa conquista. Obrigada pelas leituras, correções, sugestões, peloesforço de tentar compreender meus pensamentos e por colocar as vírgulas nos lugares certos. Seu apoio “técnico” foi fundamental e eu não poderia deixar de agradecer por ele. Os estilos de formatação e as referências cruzadas fizeram toda a diferença! À minha orientadora, amiga, Prof. Dra. Maria Inês Sugai, sempre atenciosa e dedicada. Seus ensinamentos foram além das orientações acadêmicas e memostraram que aprender é uma tarefa que demanda esforço, mas que é muito gratificante e vale a pena. Querida Maria Inês, as palavras, agora, significam muito mais. Muito obrigada por tudo. Agradeço ao Programa de pós-graduação Urbanismo, História e Arquitetura da Cidade pelo apoio recebido. À coordenação do curso, pelo auxílio à participação em seminários e congressos, que foram uma oportunidade valiosade troca de experiências e de aprendizados. Estes agradecimentos se estendem aos funcionários, professores e colegas. À CAPES, pelo financiamento durante os dois anos de estudo. Reconheço o valor deste benefício, sem o qual não seria possível realizar o trabalho com a dedicação prestada. Aos Professores Pedro Abramo, Lígia Lüchmann e Lino Peres, pelas correções e sugestões realizadas na banca dedefesa, que contribuíram sobremaneira para o aprimoramento deste trabalho, assim como para minhas reflexões e análises sobre o tema. Gostaria de agradecer de forma especial ao grupo INFOSOLO/UFSC, do qual fiz parte ao longo dos dois últimos anos. Aos companheiros de pesquisa Prof. Dra. Maria Inês, Prof. Dr. Lino e à Daniela Reche com quem tive a oportunidade de aprender muito. Ainda, a todos osbolsistas, pelo importante e belo trabalho que realizaram em campo, em especial, pela contribuição que tiveram em alguns dos levantamentos elaborados para o presente trabalho. Agradeço imensamente à Clara, que “abriu as portas” da Serrinha e me mostrou os melhores caminhos dentro da comunidade. A sua história de vida e sua luta materializam muitas das questões que tentei debater neste estudo e me...
tracking img