Alexis toqueville

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1592 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
GUIA DE LEITURA
QUIRINO, Célia Galvão. Tocqueville: sobre a liberdade e a igualdade. In: WEFFORT, Francisco (Org.). Os Clássicos da Política II. São Paulo: Ática, 1995. p. 149-188.

“Abordar, portanto, a questão da liberdade e da igualdade, em Tocqueville, é necessariamente falar da democracia. Em primeiro lugar porque Tocqueville identifica, esclarecendo, igualdade com democracia. Em segundolugar porque ao não trabalhar apenas com indagações abstratas procura entender a questão da liberdade e da igualdade, onde, acredita, elas não foram contraditórias.” ( p. 152)

“Acho que os povos democráticos têm um gosto natural pela liberdade; entregues a si mesmos, eles a buscam, a amam e sempre julgam doloroso serem dela privados. Mas eles têm uma paixão ardente, insaciável, eterna einvencível pela igualdade; desejam a igualdade na liberdade e, se não podem obtê-la, desejam-na ainda na escravidão. Tolerarão a pobreza, a escravidão, a barbárie, mas não tolerarão a aristocracia." (p. 175)

“O grande drama tocquevilliano é, portanto, buscar a solução sobre a questão da preservação da liberdade na igualdade. Pois, por um lado, o processo igualitário é inevitável e apresenta perigosconstantes de ameaça à liberdade, por outro, a liberdade, mesmo a que já tenha sido conquistada, é frágil e a qualquer momento pode ser destruída. Considerando-se ainda que, para ele, a igualdade sem liberdade é insuportável, suas obras, tanto quanto suas atividades políticas, são uma luta constante para que a democracia, sobretudo a francesa, fosse construída preservando-se a liberdade.” ( p.157-158)

“O desenvolvimento gradual da igualdade é um fato providencial e tem deste as seguintes características principais: é universal, durável, escapa dia a dia ao controle humano, e todos os acontecimentos, bem como todos os homens, favorecem o seu desenvolvimento.” (p. 161)

“Se observações demoradas e meditações sinceras levassem homens de hoje a reconhecer que o desenvolvimento gradual eprogressivo da igualdade é, ao mesmo tempo, o passado e o futuro de sua história, esta descoberta, por si só, daria a esse desenvolvimento o caráter sagrado da vontade do monarca soberano. Desejar deter a democracia seria então como lutar contra o próprio Deus, e não restaria às nações senão conformarem-se à condição social que a Providência lhes impõe.” (p. 163)

Para Alexis de Tocqueville asociedade democrática é igualitária. A igualdade é tornar um povo mais homogêneo no processo democrático, em que não há desigualdade econômica, de raças e culturas.
É evidente que para Tocqueville cada indivíduo tem o direito de ser livre. Ele diz que liberdade e igualdade têm que andar sempre juntas, pois uma depende da outra. Nas citações acima, é notório que o ser humano tem que preservar ecultivar a liberdade para que jamais seja destruída, para que a democracia também não seja enfraquecida.
Ele atribui à democracia um significado sagrado, “deter a democracia é como lutar contra Deus”.

“Democracia não seria um fenômeno que apenas surgiu e se desenvolveu nos Estados Unidos. Embora as condições nesse país tenham sido excepcionais para o seu desenvolvimento, o processo democrático, queele define como um constante aumento da igualdade de condições diz respeito a toda humanidade. [...] A existência de seu processo igualitário, como se fosse uma lei necessária para se compreender a história da humanidade.” (p. 154)

“Ensinar a democracia, revigorar se possível suas crenças, purificar seus costumes, regrar seus movimentos, substituir gradativamente a sua inexperiência pelaciência dos afazeres, os seus cegos instintos pelos seus verdadeiros interesses; adaptar seu governo às épocas e aos lugares; modifica-lo de acordo com as circunstâncias e os homens: tal é o primeiro dos deveres que atualmente se impõe àqueles que dirigem a sociedade.” (p. 163-164)

“Concebo então uma sociedade onde todos, encarando a lei como obra sua, a amariam e a ela se submeteriam sem...
tracking img