Alcoolismo na adolescencia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5531 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO MÉDIO CAVALHEIRO ARISTIDES GERMANI
1ª SÉRIE ENSINO MÉDIO

PROJETO PESQUISA CIENTÍFICA
ALCOOLISMO

Projeto nº:
Grupo de pesquisa: Cassiane ; N°____; Turma 104
:Lucas Colombo; N°____; Turma 104
: Savio Raimundo Machado; N°____; Turma 104Caxias do sul, 16 de abril de 2012.

Sumario:

INTRODUÇÃOO alcoolismo é um sério problema de saúde pública. O seu tratamento é complexo e a inclusão da família é necessária. O objetivo deste trabalho é identificar a estrutura, as relações, a rede de suporte e a vivência de famílias diante deste problema.Como qualquer outra droga, o álcool provoca alterações no sistema nervoso,modificandocomportamentos, produzindo prazer momentâneo e tornando o usuário dependente. O consumo de drogas lícitas no cotidiano cultural das pessoas tem permeado o cenário de nosso convívio.Neste cenário, encontram-se os adolescentes participando deste consumo sem dar-se conta que o álcool é uma das drogas lícitas mais potentes consumida entre os jovens. JUSTIFICATIVAInteressante salientar que o indivíduo,nesse caso o adolescente, necessita ser e alertado para as consequências que o álcool provoca no organismo, se ingerido em excesso, pois, além dos acidentes de carro, espancamentos e outros, o álcool também provoca doenças. Nesse sentido, intervenções educativas se fazem necessárias de forma precoce, visando minimizar ou interromper esse processo de autodestruição.Sabe-se que a escola não ésuprema, porém tem o papel de informar, instigar, provocar e não se omitir, orientando os adolescentes por meio de dinâmicas de grupo e histórias em quadrinhos, como conviver com drogas lícitas, buscando envolver os pais destes e, identificar riscos à saúde provocados pelo consumo doálcool e os motivos que levam os adolescentes a ingerir bebidas alcoólicas.1. INTRODUÇÃOOs adolescentes bebem por inúmerasrazões eo beber pode levar, por vezes, ao abuso e à dependênciade álcool.O consumo excessivo de álcool nos jovens, àsemelhança do que acontece com as populaçõesadultas, é responsável por diversos problemas,não só ao nível da saúde, como também ao nívelsocio-cultural (por exemplo, do rendimento escolare da adaptação social).O consumo de álcool, para além de poder influenciarde forma directa, amédio e a longoprazos, a saúde física e mental, pode relacionar--se, a curto prazo, com a diminuição do rendimentoescolar e com comportamentos de riscopara a saúde (nomeadamente no âmbito de comportamentossexuais de risco e de comportamentosde risco na condução de veículos motorizados).O domínio dos estudos sobre o álcool não éuma área nova da investigação psicológica. Nosúltimos 50 anos tem sidoelaborada uma vastaliteratura sobre o alcoolismo. Todavia, só maisrecentemente é que se tem manifestado um interessecrescente pelo consumo excessivo de álcoolna adolescência. Este interesse não se podedissociar do facto de, no nosso país, tal comoacontece em muitos outros, professores e educadoresreferirem que os adolescentes consomemálcool com cada vez maior frequência. Sendoassim, parece-nos ser detoda a importância odebruçar sobre este tema, incluído num dos variadostemas das acções de educação para a saúdeque, no âmbito de Saúde Escolar, foram desenvolvidosno Centro de Saúde da Parede, emcolaboração com o ISPA, no ano lectivo de1995/96, e cujo fim último é a intervenção e aprevenção. Tendo em conta que para a prevençãoser eficaz é essencial conhecer-se a população aque se pretende dirigir,o estudo que apresentamosnão é mais que uma primeira fase de umtrabalho mais vasto que actualmente aindadecorre no Centro de Saúde da Parede.Uma vez que uma parte significativa dos trabalhosque se debruçaram sobre este tema destacamo papel que certos factores da personalidade591Adolescentes e álcoolEstudo do comportamento de consumo de álcool naadolescênciaISABEL TRINDADE (*)RITA CORREIA...
tracking img