Economia brasileira - plano cruzado e plano collor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1816 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Plano cruzado tinha tendências de evolução econômica, mas não tinha nada programado a longo prazo.
Plano Collor – vence a eleição fazendo um discurso simplista e confortável, porque criticava o estado, dizendo que era ineficiente, corrupto e isso caia muito bem naquele momento porque tudo era assim mesmo, o estado estava sucateado. Além disso ele criticava que a indústria brasileira tinhamficado excessivamente protegida e tinham se tornado ineficientes pois elas não investiam, não valia a penas investir na produção e em tecnologia no Brasil. Quando precisavam melhorar a margem de lucro elas aumentavam o preço, não precisavam investir. Em 1990, a indústria tinha ficado pra trás em relação a 80. Collor queria abrir a economia para forçar a concorrência na prática.
Além disso, Collorprezava pelo combate a inflação. Mas ele não tinha um plano ortodoxo. O plano dele de combate a inflação foi o mais heterodoxo já visto no Brasil.
Heterodoxo – políticas economia que enxergam a necessidade do estado e da sociedade intervir no funcionamento da economia pois acredita que a economia funciona de forma natural e tem a ver com a vontade das pessoas. São métodos não rigorosos, nãorestritos. Existe a intervenção do estado.
Ortodoxo (liberal) – acreditam que a economia se auto regula sem a intervenção do estado.
Collor se dizia heterodoxo e após a posse ele foi ortodoxo, pois ele reduziu a influencia do estado na economia.
Collor – tirou subsídios e impostos para empresas (se dizia heterodoxo, tinha um plano ortodoxo)
Indexação – governo militar 1975 – naquele momento era umamedida razoável para que os preços de contratos e salários não ficassem para trás. Indexação levou ao início da inflação inercial (inflação causada pela indexação)
Plano COLLOR - principais medidas:
1. Fim do cruzado novo e volta do cruzeiro;
2. Congelamento geral de preços e salários – Por que? Para tentar sessar a inflação inercial (era uma das poucas maneiras de tentar acabar com ainflação inercial)
3. Reajustes futuros apenas com autorização do governo com base nas projeções de inflação futura – tentativa de acabar com a correção monetária. Governo estima inflação futura e autoriza um setor a regular seus preços – era inverter, tira a indexação e passa a ter base a inflação futura.
4. Confisco por 18 meses de 80% dos saldos de depósitos bancários das cadernetas depoupança. Era uma poupança forçada. A estratégia era enxugar a liquidez da economia e promover uma queda de demanda. O aumento de preços era causado pela inflação inercial e a liquidez fomentava a inflação.
a. Dois objetivos:
i. contração da demanda e redução da liquidez;
ii. governo usou esse dinheiro para saldar sua dívida. Confiscou dinheiro da população para saldar suasdívidas internas, geradas ao comprar dólares para saldar a dívida externa (os dólares eram comprados de exportadores, que vendiam suas mercadorias em dólares). Desse modo, o Collor conseguiu um dinheiro muito barato (6%) desse empréstimo forçado para saldar a dívida interna.
5. Eliminação de incentivos fiscais e subsídios (medida ortodoxa) para que os preços fossem os mais próximos dos preços deequilíbrio.
6. Redução de impostos sobre produtos importados – abrir o mercado brasileiro para produtos importados, para aumentar a concorrência e forçar investimentos da indústria interna, impedindo que ela apenas elevasse os preços, controlando a inflação inercial. (foi indiscriminada e radical, pegou as empresas no susto, pois elas não tiveram tempo de se adequar)
7. Reajuste de preçospúblicos – ideia de que os preços públicos tinham que ser regulados pelo mercado (gasolina, água, telefonia, etc.) não poderia ter uma tentativa do governo de controla-los. Para que as empresas públicas trabalhassem com a lógica das empresas privadas, para não trabalharem com preços mais baixos que seus custos, gerando um subsídio mascarado.
b. Queria que as empresas pública tenham...
tracking img