Alcoolismo entre idosos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2236 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]






















































































SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO. 3

2 APRESENTAÇÃO DA INSTITUIÇÃO......................................................................4

3JUSTIFICATIVA........................................................................................................7

4 OJETIVOS.................................................................................................................7
4.1 OBJETIVO GERAL................................................................................................7
4.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS..................................................................................7

5METAS......................................................................................................................8

6 METODOLOGIA.......................................................................................................8

7 RECURSOS..............................................................................................................8

8 MONITORAMENTO EAVALIAÇÃO........................................................................9

9 CRONOGRAMAS.....................................................................................................8

10 CONCLUSÃO.........................................................................................................9REFERÊNCIAS..........................................................................................................10




INTRUDUÇÃO:

Verifica-se que desde os tempos passados o uso do álcool, constitui-se um hábito bastante comum entre os seres humanos; visto que no decorrer dos séculos o consumo nocivo desta substância passou a ser conceituado como uma condição clínica por alguns estudiosos.
“A produção do álcool a que o homem estavaacostumado até o século XVIII era artesanal e predominavam, portanto, as bebidas fermentadas (vinhos e alguns tipos de cerveja). Com a Revolução Industrial, passou-se a produzi-las em uma grande quantidade, o que diminuiu o seu custo.” (Laranjeira, pag.31. 2004)
Ainda na concepção desse autor, nesse período registrou-se um aumento tanto na oferta quanto no consumo das substânciasalcoólicas, em suas formas fermentadas e também destiladas, contribuindo assim consequentemente para um aumento de usuários que passaram a apresentar algum tipo de problema devido ao uso excessivo do álcool.
Segundo a CEBRID (centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas), os determinantes os quais levam a uma pessoa desenvolver a Síndrome da Dependência Alcoólica são variadospodendo ser de origem biológica, psicológica e sociocultural, ou até mesmo tendo a contribuição resultante de todos estes fatores. No Brasil a dependência do álcool é uma condição frequente, chegando a atingir cerca de 5 a 10% da população adulta brasileira. Diante dessas informações, acredita-se que o consumo inadequado do álcool é um problema de saúde pública a qual merece destaque, pois nassociedades este hábito pode acarretar altos custos sociais os quais envolvem questões médicas, psicológicas, profissionais e familiares.
De acordo com Silva (2008) a fase de envelhecimento do homem corresponde a um processo gradual e natural do ciclo da vida, que atende uma cadeia de fatores, os quais se destacam os fatores biopsicossociais e ambientais, que por estarem diretamenteligados são capazes de antecipar ou adiar o referido processo. A autora menciona que o envelhecimento provoca diversas alterações em todo o corpo, e no cérebro, como a perda significativa da massa dendrítica das células nervosas (neurônios), causando em consequência dessa ação o retardamento na maioria das habilidades desempenhadas pelo indivíduo, como danos a audição, o olfato e a gustação, e...
tracking img