Alca

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4441 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

O ambiente econômico mundial oferece grandes oportunidades de integração, mas cada país tem que aproveitá-las. Uma participação crescente na economia internacional possibilita inúmeros benefícios: ela permite uma melhor alocação de recursos em direção aos setores em que o país tenha vantagens competitivas, aumenta a eficiência por meio da concorrência entre as empresas e favorece adifusão tecnológica e do conhecimento.

Esse trabalho tem por objetivo falar sobre a ALCA (Área de Livre Comércio das Américas) abordando o tema de uma forma simples e clara. Enfatizando sua situação perante o Brasil e suas possibilidades de contribuir com a globalização.

























ALCA – Área de Livre Comércio das Américas



Sobre a ALCA

A ALCAfoi apresentada inicialmente em dezembro de 1994, no Congresso inaugural das Américas realizado em Miami. Em abril de 1998, os lideres dos 34 países democráticos das Américas, na segunda reunião realizada em Santiago (Chile) lançou as negociações para uma zona de livre comércio hemisférica.

Essa proposta é uma parte integrante da maior cimeira das Américas. A ALCA fortalece os objetivos daCúpula que dentre eles se destacam o fortalecimento da democracia, promoção de direitos humanos, encontrar uma forma de lidar sabiamente com questões econômicas e sociais através da cooperação hemisférica. A terceira reunião realizada sobre o tema quem sediou foi o Canadá em abril de 2001 que continua a desempenhar um papel significativo no processo mais amplo da cúpula,

Com o objetivo de negociarem áreas essências o acesso ao mercado, investimentos, agricultura, direitos de produção, direitos compensatórios e da concorrência política, foram estabelecidos nove grupos de negociação da ALCA em 1998. Foram criados também para complementar as pesquisas um grupo consultivo e duas comissões para tratar de questões relacionadas com as negociações, dentre essas questões podemos citar como exemploas economias menores, sociedade civil e comércio eletrônico. Logo após foi criada outra comissão para tratar de questões gerais e institucionais. São realizadas reuniões anuais com os Ministros de Comércio da ALCA, isso se faz necessário para avaliar o progresso e tomar decisões detalhadas para os negociadores. No dia 20 de novembro de 2003 em Miami, foi realizada a oitava reunião desse tipo.Pontos positivos e Benefícios da ALCA

Essas negociações têm o potencial para criar no mundo a maior zona de livre comércio, envolvendo mais de 845 milhões de pessoas e um produto interno. Além da liberação de comércio de bens a ALCA tem o potencial de obter compromissos de mercados melhorados de acesso no setor dos serviços e assim estabelecer medidas mais rigorosas deproteção dos investimentos.

De acordo com a declaração de Política Internacional (IPS) reafirma o Canadá, que a ALCA é o melhor caminho para garantir os benefícios mais amplos para as empresas canadenses. Segundo essa declaração a ALCA é uma grande oportunidade para gerar crescimento das exportações adicionais com a retirada dos obstáculos que impedem os exportadores e investidores canadenses denegociação em toda a região.

Como base o Canadá terá laços de livre comércio com os Estados Unidos, México, Chile e Costa Rica, isso permitirá que o Canadá tire o máximo proveito de mercados emergentes do hemisfério. Além disso a ALCA vai coexistir com acordos pré-existentes, como exemplo o Acordo de Livre Comércio Norte Americano (NAFTA), ou seja, o Canadá com os Estados Unidos e o Méxicocontinuarão sendo regidos pelo NAFTA, isso significa que o ALCA só poderá interferir com a autorização desses três países.



Situação da ALCA

Em reunião de Ministros realizada em novembro de 2003, eles concordaram com um quadro de compromissos mais flexível a negociação para a fase final das negociações da ALCA. Os 34 países estão negociando um conjunto de direitos e obrigações integradas...
tracking img