Afetividade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1243 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Aluna: Ludimila Reis RA: 2010992
Curso: Licenciatura em pedagogia Semestre: 1°
Núcleo de estudos integradores (Nei)

Atividades articuladas à disciplina “ Introdução à Psicologia”

Resumo do artigo: A relevância da afetividade na educação infantil.

Segundo Magrit Froehlich Krueger, para que a criançadesperte para a vida da curiosidade e do aprendizado é necessário que ela se sinta amada, aceita, acolhida e ouvida. O professor deve ter percepção e sensibilidade aos interesses da criança, e ele é quem vai preparar e organizar esse micro-universo da busca e do interesse das crianças.
Para melhor compreender a afetividade na educação, é necessário que antes analisemos um pouco da psicologia dodesenvolvimento infantil. A infância é um etapa biologicamente útil, que se caracteriza como sendo o período de adaptação progressiva ao meio físico e social.
Para o psicólogo Jean Piaget (1985), “Educar é adaptar o indivíduo ao meio social ambiente”. Piaget foi um dos grandes estudiosos da psicologia do desenvolvimento. Dedicou-se exclusivamente ao desenvolvimento cognitivo, concluiu pela existênciade quatro estágios do desenvolvimento da inteligência..
Em cada estágio há um estilo característico através do qual a criança constrói seu conhecimento. Vejamos:
* Primeiro estágio - Sensório motor (ou prático) 0 – 2 anos: trabalho mental: estabelecer relações entre as ações e as modificações que elas provocam no ambiente físico; exercício dos reflexos; manipulação do mundo por meio daação. Ao final, constância/permanência do objeto
.
* Segundo estágio - Pré-operatório (ou intuitivo) 2 – 6 anos: desenvolvimento da capacidade simbólica (símbolos mentais: imagens e palavras que representam objetos ausentes); explosão lingüística; características do pensamento (egocentrismo, intuição, variância); pensamento dependente das ações externas.

* Terceiro estágio -Operatório-concreto – 7 – 11 anos: capacidade de ação interna: operação. Características da operação: reversibilidade/invariância – conservação (quantidade, constância, peso, volume); descentração/capacidade de seriação/capacidade de classificação.


* Quarto estágio - Operacional-formal (abstrato) – 11 anos... A operação se realiza através da linguagem (conceitos). O raciocínio é hipotético-dedutivo(levantamento de hipóteses; realização de deduções). Essa capacidade de sair-se bem com as palavras e essa independência em relação ao recurso concreto permite: ganho de tempo; aprofundamento do conhecimento; domínio da ciência da filosofia.

Quanto à afetividade, o psicanalista Sigmund Freud afirmava que os dados fornecidos pela psicanálise têm conseqüências importantes para a compreensão dasrelações inter-humanas, principalmente ao mostrar que o objeto de relação é um objeto individual construído pelo mundo interno fantástico (de fantasia) variando com nossos investimentos e em função de nossa história e de nossos estados afetivos.
Pode-se ainda destacar os estudos realizados por Henry Wallon, o qual não separou o aspecto cognitivo do afetivo. Seus trabalhos dedicam um grande espaço àsemoções como formação intermediária entre o corpo, sua fisiologia, seus reflexos e as condutas psíquicas de adaptação.
A afetividade exerce um papel fundamental nas correlações psicossomáticas básicas, além de influenciar decisivamente a percepção, a memória, o pensamento, a vontade e as ações, e ser, assim, um componente essencial da harmonia e do equilíbrio da personalidade humana.
Na teoria deJean Piaget, o desenvolvimento intelectual é considerando como tendo dois componentes: o cognitivo e o afetivo. Paralelo ao desenvolvimento cognitivo está o desenvolvimento afetivo. Afeto inclui sentimentos, interesses, desejos, tendências, valores e emoções em geral.
Já Vygotsky, propôs a construção de uma nova psicologia, fundamentada no materialismo histórico e dialético. Ele explica...
tracking img