Adenomegalia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1470 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ADENOMEGALIA


ADENOMEGALIA

Na maioria das vezes significa resposta normal a um estímulo
imunológico.

ADENOMEGALIA
Aguda

Infecção viral ou
bacteriana

Crônica

Neoplasia ou inflamação granulomatosa
( tb, infecção fúngica, sarcoidose)

ADENOMEGALIA
Idade de aparecimento
Sintomas constitucionais associados
( perda de peso, fadiga, febre, sudorese noturna) ADENOMEGALIA

Dados epidemiológicos ( contatos)
Associação com sintomas de outros órgãos ( alteração cutânea)
Medicamentos ( fenitoína)

ADENOMEGALIA NA INFÂNCIA

CONGÊNITAS

MASSAS CERVICAIS

cisto tireoglosso
cisto dermóide
laringocele
cistos branquiais

INFLAMATÓRIAS

NEOPLÁSICAS
Tu de tireóide
Linfoma

Angina de Ludwig
Mononucleose
Actinomicose
Abcesso bacteriano
ToxoplasmoseSialoadenites (parótidas, submandibular)
Tuberculose
Blastomicose
Linfoadenites virais

MASSAS CERVICAIS
Cisto do ducto tireoglosso
•Restos embrionários relacionados à
glândula tireóide
•Apresentam-se na linha média do pescoço
•Podem sofrer distensão e esvaziamento
•Com ou sem inflamação
•Móveis com a deglutição
•Tratado por cirurgia

MASSAS CERVICAIS
Cisto Dermóide•Apresentam-se na linha média do pescoço

•Crescimento lento
•Indolores

•Podem apresentar inflamação
•Tratado por cirurgia

MASSAS CERVICAIS
Cisto branquial
•Arredondados, lisos elásticos
•situadados na região lateral do pescoço
•Podem aumentar de tamanho durante infecção
de garganta
•Podem se acompanhar de dor e ruptura para
pele causando uma fístula
•Tratados cirurgicamente ADENOMEGALIAS

CONCEITO
- aumento (alargamento) dos gânglios
linfáticos superficiais/profundos (> 1 cm)
- achado de anamnese e/ou exame físico

ADENOMEGALIAS
Aumento do volume ganglionar

Resposta inflamatória e hiperplasia do tec. linfóide
Infeccioso, alérgico, auto-imune, neoplásico
Proliferação intrínseca de linfócitos
Migração e infiltração

ADENOMEGALIAS
Localizada
Aumento delinfonodos em cadeias contíguas
Infecção localizada

Generalizada
> 2 cadeias não-contíguas
Infecção sistêmica, doenças auto-imunes
Doenças de depósito, reação a drogas, neoplasia

ADENOMEGALIAS
Queixa da anamnese
Achado de exame físico
Curso benigno
Doenças comuns da infância

ADENOMEGALIAS
Processos reativos localizados e antigos
Sinal precoce de doenças malignas ou graves
Prevalênciae localização varia com a faixa etária

ADENOMEGALIAS
Crianças nos primeiros anos de vida
Reatividade aumentada dos tecidos linfóides
Resistência específica menor
Experimentar doenças (infecciosas)

ADENOMEGALIAS
Aumento da idade
Mecanismos de resistência mais específicos
Reatividade ganglionar tende a ser localizada

ADENOMEGALIAS
Quantidade de tecido linfóide
500 linfonodos1-2 cm, movéis, indolores, consistência firme e elástica
Neonatal – nenhum gânglio deve ser palpável
Período pré-puberal – massa = 2 x adulto
Período de involução

ADENOMEGALIAS
ADENOMEGALIA GENERALIZADA
acometimento de linfonodos de
duas ou mais regiões não contíguas

ADENOMEGALIAS

Sítios de
linfadenopatia

Knight PJ, Pediatrics, 1982

CADEIAS
GANGLIONARES
CERVICAIS ADENOMEGALIAS
Até 12 anos de idade
3,0- 5,0 mm de diâmetro:
• occipital
• auricular
• submandibular
• axilar
• epitroclear

1,0 cm de diâmetro:
• cervical
• inguinal

Tecido Linfóide

Crescimento do tecido
linfóide no organismo,
conforme a idade
(Harris)

TECIDO LINFÓIDE
Adenóides e amígdalas

• maior tamanho entre 2-4
anos
• involução até os 6-8 anos

Linfonodos TGI

•importante até os 2
anos
• praticamente
desaparecem aos 5-6
anos

TECIDO LINFÓIDE
Sombra do timo

• visível aos Raios X de
tórax nos 1os meses
de vida
• imagem pode
persistir até 3 anos

TECIDO LINFÓIDE
Palpação do baço

• ponta de baço (sem associação com
doenças)
14% RN
7% até 10 anos de idade
• 40% dos casos: doenças graves

ADENOMEGALIAS
Cadeias ganglionares...
tracking img