Adamsmith

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 43 (10589 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TEXTO PARA DISCUSSÃO N( 142

TRABALHO E TROCA: ADAM SMITH E O SURGIMENTO DO
DISCURSO ECONÔMICO

Hugo E. A. da Gama Cerqueira

Agosto de 2000

































Ficha catalográfica

| | |
|330.8 |Cerqueira, Hugo EduardoAraújo da Gama. |
|C416t |Trabalho e troca : Adam Smith e o surgimento do discurso econômico / por Hugo Eduardo |
|2000 |Araújo da Gama Cerqueira. Belo Horizonte: UFMG/Cedeplar, 2000. |
| |25p. (Texto para discussão ; 142) |
| ||
| |1. Smith, Adam, 1723-1790. 2.Economia - História. 3. Economia - Metodologia. I. |
| |Universidade Federal de Minas Gerais. Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional.|
| |II. Título. III. Série. |UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS
FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS
CENTRO DE DESENVOLVIMENTO E PLANEJAMENTO REGIONAL













TRABALHO E TROCA:
ADAM SMITH E O SURGIMENTO DO DISCURSO ECONÔMICO*


Hugo E. A. da Gama Cerqueira

CEDEPLAR/UFMG e da FAFICH/UFMG (E-mail: hugo@cedeplar.ufmg.br )






SUMÁRIO


O PLANO DIVINO E A FILOSOFIA MORAL DESMITH ................................................................... 8

O TRABALHO E AS TROCAS ............................................................................................................. 13

O PARADOXO DA RIQUEZA E A DIVISÃO DO TRABALHO ........................................................ 15

ÉTICA E ECONOMIA............................................................................................................................ 20

NOTAS CONCLUSIVAS ....................................................................................................................... 21

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS .................................................................................................... 23
Palavras-chave: ética e economia; história dopensamento econômico; Adam Smith.
JEL codes / Códigos JEL: B12; B30; B40


Resumo: Este artigo discute as razões que tornaram a obra de Smith um ponto de inflexão na história do pensamento econômico. A constituição de um discurso econômico e a delimitação de um domínio da economia são atribuídos: i) à natureza específica da filosofia moral de Smith; ii) à sua maneira de conceber as ações econômicascompondo um domínio ontológico articulado em torno de dois pólos: o do trabalho e o das trocas. O texto discute ainda os nexos entre a filosofia moral e as concepções econômicas de Smith, e sugere que as leituras convencionais subestimam sua variedade e complexidade.

Abstract: This article explores why Smith's work is a turning point in the history of economic thought. The constitution of aneconomic discourse and the delimitation of the economy sphere are attributed to: i) the specific nature of Smith’s moral philosophy; ii) his way of conceiving economic action as composing an ontological domain structured upon two axis: labor and exchange. The text indicates the connections between Smith's moral philosophy and his economic thought, suggesting that the conventional interpretationsunderestimate their variety and complexity.


.
Há, hoje em dia, uma longa e bastante imponente linhagem de economistas, de Adam Smith até o presente, que têm procurado mostrar que uma economia descentralizada e motivada pelo auto-interesse (...) seria compatível com uma disposição coerente dos recursos econômicos que pode ser considerada, num sentido bem definido, como superior a uma...
tracking img