Abordagem centrada na pessoa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2643 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A abordagem centrada na pessoa

Desenvolvimento

A denominação Abordagem Centrada na Pessoa (ACP) foi proposta por Rogers na década de 1970, passando, desde então, a ser utilizada. Designa as contribuições teóricas e metodológicas ao campo da psicologia e das ciências afins, originadas e identificadas com a linha de pensamento e as propostas de atuação desenvolvidas por ele, seuscolaboradores e seguidores ao longo de mais de cinco décadas de trabalho, pesquisa e elaboração. Essa designação substitui com vantagens de maior adequação a proposta teórica característica e de maior abrangência inclusiva dos campos de aplicação, as anteriores denominações identificadoras do pensamento rogeriano, tais como orientação não diretiva e terapia centrada no cliente. Essas, entretanto, são aindalargamente empregadas.
Como escola de psicologia teórica e aplicada, a ACP é marcada por um desenvolvimento dinâmico, flexível e não dogmático, com constantes reformulações conceituais e ampliações do campo de interesses e de atuação. Por outro lado, tem mantido consistente coerência em torno de alguns princípios fundamentais e propostas características, mormente a crença na predominância, nanatureza humana, de potenciais positivos e processualmente orientados para o crescimento e a auto-realização, assim como a ênfase no estudo e exercício das condições relacionais que favorecem a plena expressão e desenvolvimento desse potencial intrínseco.
A terapia centrada no cliente, que não possui métodos e técnicas instantâneas, que se apoiam na evocação das forças do cliente, que fluide acordo com o tempo do cliente, parece bastante ingênua e ineficiente. Ela não se adapta a uma cultura do tipo padronizado.
Neste capítulo, espero ajudar a compreender a teoria centrada no cliente. Quero “mostrar” a experiência que é a teoria centrada no cliente. Tentarei descrever algumas de minhas lutas para chegar às conclusões especulativas que compõem a presente teoria. Espero que oleitor seja encorajado a construir sua própria abordagem de terapia, a partir de suas próprias experiências - do mesmo modo como esta teoria foi construída. Espero, também, que este capítulo o ajude a responder tal pergunta: “O que tem a ver comigo a terapia centrada no cliente – em todo o oceano de teorias – quando me defronto com um cliente ou um amigo perturbado?”.
Características
A teoriacentrada no cliente ainda está se desenvolvendo, não como uma “escola” ou dogma, mas como um conjunto de princípios hipotéticos. De fato, creio que, a medida que se expande nosso conhecimento dos processos da terapia, as chamadas escolas de terapia serão englobadas numa abordagem unificada de tratamento.
Algumas características que atualmente fazem uma distinção entre a abordagem centrada nocliente e outros pontos de vista, são:
1. A contínua crença nas responsabilidades do cliente e na sua capacidade de prever que passos o levarão a um confronto mais decisivo com a sua realidade. O cliente é o único que tem a potencialidade de saber a totalidade da dinâmica de seu comportamento e das suas percepções da realidade e, dessa forma, de descobrir comportamentos mais apropriados para si.Não é o objetivo dessa terapia ajudar a pessoa a ajustar-se a sociedade. De fato um estagiário de aconselhamento terapêutico me disse, recentemente, que essa terapia nem mesmo funciona nesse aspecto. “Quando era interno num centro de reabilitação no interior”, ele disse, “usei a abordagem centrada no cliente, e meus clientes não se modificaram: aí mudei para a modificação do comportamento e elescomeçaram a se ajustar as expectativas da organização”. A terapia centrada no cliente, com sua ênfase no trabalho voltado para os objetivos do cliente, estava, nesse caso, agindo contrariamente as necessidades da organização, que havia enviado esses clientes para a terapia e especificado seu comportamento-fim desejado.
2. Uma contínua atenção ao mundo dos fenômenos do cliente – o terapeuta...
tracking img