Abelardo e heloise

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1521 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O filme conta a história do amor proibido ocorrido entre Abelardo e Heloisa.
Abelardo era um dos professores mais populares da Escola de Notre-Dame, a primeira Universidade Livre da França. Conforme os costumes da época, não poderia casar-se.
Heloisa, sobrinha do conego Fulbert, foi criada e educada em um convento. Era muito inteligente e instruída. Seu tio pretendia arranjar-lhe um esposorico.
Abelardo tornou-se seu tutor. Os dois acabaram apaixonando-se e encontravam-se as escondidas, até Fulbert descobrir e, furioso, trancar Heloisa em casa.
Neste meio tempo Heloisa descobre estar grávida e temendo pela reação do tio escreve a Abelardo contando sobre o filho que iria ter. Os dois combinam como fugir de Paris e Abelardo a leva para casa de sua irmã, onde a deixa para retornar aEscola de Notre-Dame.
Após o nascimento de Astrolábio, Abelardo retorna a casa da irmã e casa-se escondido com Heloisa. Os dois deixam seu filho aos cuidados da irmã de Abelardo e retornaram a Paris. Abelardo deixa Heloisa em um convento até convencer as pessoas que um professor pode sim casar-se e continuar lecionando. No entanto Fulbert planeja sua vingança. Manda castrar Abelardo.
Apósrecuperar-se do castigo, Abelardo entra para um ordem, tornando-se Padre e instiga Heloisa a fazer o mesmo.  E os dois passam o resto de suas vidas em conventos.

O filme mostra uma história de amor á primeira vista que se desdobra em paixão entre Abelardo professor de teologia com votos de castidade e uma mulher erudita da aristocracia do século XII Heloísa. Inicio do filme: Heloisa saiu para passearcom a sua criada Sibyle, numa tarde de sereno entardecer quando o vento arranca velozmente o seu chapéu arrastando - o até um grupo de estudantes reunidos em torno de alguém, aos pés de quem o chapéu se foi postar. Heloísa aproximou para recolher o chapéu, e eles cumprimentaram, dos estudantes logo partiram risos, perante o modo como olharam em descoberta mútua.
Perturbada, Heloisa colocou ochapéu, fez uma reverência ao mestre Abelardo e retirou-se Passou algum tempo, do tio e tutor, o cônego Fulbert logo Abelardo fez amigo precioso e desde então por ele foi aceito como professor de Heloísa, passando nessa condição a morar mais perto do coração e do corpo da jovem Heloísa, num quarto da casa de seu tio, dura tentação que passaram a ser as noites do casal. A confiança do cônego depressalevou a que o casal ficassem sós, eclipsando-se também para os seus aposentos, discreta e cúmplice, sobre os olhos da fiel criada, ás noites discutiam acaloradamente a sua tese mais querida, a dialética. Com o tempo o casal já completamente apaixonado, certa noite entregaram completamente a nudez plena, fecharam em muda dialética de corpos que se recusavam, dando-se, e se entregavam negando-se firme econtinuamente, tarde da noite, até à embriaguez da madrugada. Desde essa noite nunca mais procuraram a razão os seus passos, eram apenas na irracionalidade dos corpos cumpriam o ritual de todos os dias. Dois apaixonados, homem e mulher que se escolheram e dessa união recolhem o mais doce sabor.
Foram noites e noites de paixão intensa a coberto da confiança inabalável do tutor cônego, a despeitode alguns olhares maldosos que lhes espreitavam já, em contemplação pouco cúmplice, prenúncio talvez de tragédia impendente, que não souberam ver a tempo. Daí a começar Abelardo a descurar os seus deveres, foi o sopro de uma idéia a cruzar a mente. O amor do casal começou a esbarrar com os conceitos daquele tempo, que prediziam o primado do intelecto sobre os instintos, sexual, ou outros, umasociedade onde não havia abertamente lugar para o desejo. Quando adoeceu Sibyle, a criada cúmplice, eis que outra de severo porte os entrega, indiferente, às garras poderosas do tio Cônego. Trágico desenlace...! tresloucada Heloísa adormece seu tio com chá de ervas, para se render no porão a encontros com o seu amado. Aí reinventaram o amor em noites de frio silêncio e muda entrega. Porém, a inveja...
tracking img