Abdomen agudo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1248 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Propedêutica do Abdome Agudo
• Abdome agudo é uma rotina diária na emergência.
• Complicação diagnóstica: erros são frequentes,
mesmo com o arsenal diagnóstico disponível.
• Conceitos de Abdome Agudo:
– Aquele que requer uma decisão aguda;
– Afecção aguda intra-abdominal que necessita de cirurgia
imediata;
– É toda condição dolorosa de início súbito;
– Síndrome caracterizada por dorabdominal difusa
ocorrendo subitamente ou como complicação de uma
doença pré-existente, conhecida ou não, com indicação
cirúrgica de urgência.Introdução
• Nem todos os casos necessitam de cirurgia imediata.
• Abdome agudo é uma síndrome dolorosa aguda de
intensidade variável que requer tratamento de
emergência (clínico ou cirúrgico).
• Caso não seja tratado o desfecho será trágico.
•Manifestação súbita não relacionada a trauma.
• Doenças que simulam abdome agudo:
– Processos pleuro-pulmonares.
– Doenças hematológicas.
– Intoxicações (saturnismo).
– Infecção urinária.
– Doenças metabólicas.
– Outras.Introdução
• Essas situações que mimetizam abdome agudo não
apresentam irritação peritoneal e melhoram com
analgésicos.
• Peritonite pode ser química (úlcera perfurada,coleperitônio) ou infecciosa (bacteriana).
– Primária: não há fator causal intracavitário (ex:
peritonite bacteriana espontânea, observada nos
cirróticos/imunodeprimidos).
– Secundária: decorrente de alguma doença abdominal.
– Terciária: persistência ou recorrência do foco infeccioso
na evolução ou tratamento da peritonite secundária.Causas Mais Comuns de Abdome Agudo
• ApendiciteAguda
• Pancreatite Aguda
• Colecistite Aguda
• Diverticulite de Sigmóide
• DIP: Doença Inflamatória Pélvica
Inflamatório / Infeccioso
• Bridas e Aderências
• Hérnia de Parede Abdominal / Hérnia Interna
• Tumor
• Fecaloma
Obstrutivo
• Úlcera Perfurada e Trauma
• Doença Inflamatória Intestinal e Corpo Estranho
Perfurativo
• Infarto Intestinal
• Aneurisma de Aorta Abdominal
Vascular
•Gravidez Tubária Rota e Cisto de Ovário Hemorrágico
• Rotura Espontânea do Baço, Rotura de Tumor Hepático
Diagnóstico
• Clínico: anamnese + exame físico.
• Sintomas: dor, náuseas, vômitos, parada do trato
gastrointestinal com ausência de evacuações e eliminação de
gases.
• Dor: localização, irradiação, qualidade e caráter, intensidade,
duração, evolução, fatores orgânicos envolvidos,fatores
desencadeantes, concomitantes e atenuantes.
– Dor origina-se da distensão ou contração da víscera oca.
– 3 tipos:
• Visceral Pura ou Verdadeira: inicia-se no início do quadro, ainda sem
processo inflamatório presente. Mal definida sua localização; geralmente
em cólica.
• Referida ou Víscero-Parietal: ocorrência de inflamação e topograficamente
relacionada à víscera acometida.
•Peritoneal: comprometimento do peritônio parietal pela inflamação
visceral – sinais de irritação / defesa peritoneal.Diagnóstico
Tipos de Abdome Agudo Característica da Dor Intervalo de Início até
chegada no PS
Inflamatório Insidiosa, progressiva Longo
Obstrutivo Cólica Variável
Perfurativo Súbita, difusão precoce Curto
Hemorrágico Súbita, fraca, difusa Curto
Vascular Súbita,progressiva Curto
Dor é súbita pela irritação peritoneal causada pelo contato do
líquido gastrointestinal (rico em enzimas); diferente do sangue,
bile, urina e suco gástrico que são considerados “menos”
irritantes ao peritônio.Diagnóstico
• Faixa etária e comorbidades são fundamentais para
o diagnóstico correto.
• Uso de medicamentos: AINES, corticóides,
imunossupressores, anticoncepcionais,anticoagulantes.
• Cirurgias anteriores: bridas (?).

Exame Físico
BEG-MEG, CHEAAA, GCS.
• Febre, HAS ou Choque, Desidratação.
• Diurese.
• EF Abdominal:
– Movimentos respiratórios.
– Distensão e abaulamentos.
– Ascite.
– Cicatriz cirúrgica.
– Hérnias na parede abdominal.
– Movimentos peristálticos.
– Equimoses.
– Dor à palpação / tumor palpável.
– Sinais de irritação peritoneal....
tracking img