Toyotismo e volvismo

Páginas: 5 (1156 palavras) Publicado: 29 de abril de 2013
Toyotismo e Volvismo

Após a segunda guerra mundial, o mundo passava por diversas dificuldades relacionadas ao setor industrial. Diante da falta de mão de obra e matéria prima, vários engenheiros desenvolveram novos modos de produção para revolucionar a indústria automobilística, como por exemplo, o Volvismo e o Toyotismo.
Vindo das décadas de 1960 e 1970 e com muitas dificuldades de contratara mão de obra na Suécia devido ao baixo desemprego e ao excesso de qualificação da mão de obra, então os jovens recusavam os empregos que eram monótonos e aumentaram os conflitos na Suécia, trazendo grandes greves constantes.
Diante dos problemas que envolviam a economia sueca, o Volvismo surgiu de uma idéia de montagem de automóveis, iniciado pela VOLVO na década de 70, uma fabrica instalada emGutemburgo na Suécia em 1927, que foi um resultado de uma idéia de dois amigos de infância, Gustav Larson (engenheiro) e Assar Gabrielson (economista), ambos após vários tempos de conversa tiveram a idéia de projetar um carro sueco e que fossem extremamente adequadas as condições climáticas do país. E assim receberam da empresa SKF um grande apoio, tradicional fabricante de rolamentos e da qual anova montadora se tornou subsidiária.
O primeiro automóvel com um motor de quatro cilindros, 28 cavalos e com a capacidade de atingir 90 km por hora, é nomeado de VOLVO OV4, conhecido popularmente como JAKOB, já saiam de linha em Gutemburgo no dia 14 de abril de 1927. Foi um automóvel construído para o clima sueco e com aço de alta qualidade. Os carros já saiam da montagem com listras diagonaisna grade do radiador, que significava a marca da empresa.
Em 1971, para resolver os problemas dos trabalhos, assume o novo CEO (Chief Executive Officer) da volvo, Pehr Gustaf Gyllernhammar, que apostava na concepção sociotecnica. E assim a VOLVO foi construindo novas fabricas, segundo tal concepção, em Kalmar (1974), em Uddewalla (1989) e em Torslanda (1980) se adapta os processos produtivos.Todas as características da abordagem sociotecnica são: equipes de seis a oito operários que montam os veículos completamente, autonomia para distribuir as tarefas e decidir o ritmo do trabalho e os fornecimentos das peças eram integrados.
Tendo uma analise positiva da experiência de Kalmar, pois todos os operários estavam satisfeitos com a nova forma de trabalhar em grupos semi-autônomos, tendo atolerância e solidariedade que estabeleciam entre colegas; havendo a valorização, a rotina das tarefas, o aumento das responsabilidades e assim enriquecendo as suas tarefas diárias, e com esses experimentos, mostraram que: a produtividade era igual, o número de coordenadores era mais reduzido, e o investimento necessário para construir uma fabrica era superior a 10% de uma fabrica (tradicional) demontagem, entre outros.
Após esse período de transição, uma nova fabrica foi construída em Uddevalla, e ampliando a aplicação dos conceitos para qual a VOLVO obteve financiamento governamental, por se tratar de decadência na área econômica.
Na fabrica da Uddevalla, a organização do trabalho se baseava em grupos auto dirigidos sem hierarquias profissionais ou organizacionais, não existindo astradicionais chefias e com os próprios membros do grupo, fazendo a gestão dos custos, qualidade e da manutenção, etc.
As organizações dos grupos de trabalho eram constituídas de operários e montadores, sendo assim cada grupo responsável por montar um carro completo em um ciclo de duas horas.
O sindicato foi envolvido a partir do início, participando das definições e projetos dos grupos. AUddewalla possuía no final de 1989 mil empregados. Pelo sindicato as propostas atendidas pelos diretores da VOLVO na montagem da fábrica de Uddewalla foram: cada colaborador controla seu próprio ritmo, o trabalho da supervisão era incorporado a rotina do trabalhador, qualidade; preparação de ferramentas, chefia de equipe, logística e formação de novos operários.
Com a crise do petróleo, as fabricas...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Toyotismo-volvismo
  • Toyotismo e volvismo
  • Cases FORDISMO, VOLVISMO E TOYOTISMO
  • Fordismo Toyotismo e Volvismo
  • Volvismo toyotismo fordismo
  • Fordismo, toyotismo e volvismo
  • Resenha Fordismo Toyotismo e Volvismo
  • Fordismo Volvismo Toyotismo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!