teoria k

Páginas: 5 (1001 palavras) Publicado: 1 de dezembro de 2013
A teoria politica monetaria no modelo de Keynes.
1. A Teoria da Política Monetária de Keynes e dos Pós-Keynesianos

Os pós-keynesianos consideram, assim como Keynes, que a política monetária é capaz de afetar o nível de emprego. Keynes defendeu a idéia de que a moeda não é neutra nem no curto nem no longo prazo, e que conseqüentemente, a política monetária pode ser eficaz para alterarvariáveis reais.
Para Keynes e os pós-keynesianos, o que importa é a estrutura institucional existente, e que seus instrumentos possibilitem a realização de uma política monetária eficiente.

1. Os Instrumentos

As autoridades monetárias têm três principais instrumentos para alcançar seus objetivos: (a) a fixação das reservas compulsórias, (b) a determinação da taxa de juros, (c) e asoperações de compra e venda de títulos públicos.
Conforme análise de Keynes, por parte das empresas existe a necessidade de antecipação de receitas, e por parte dos bancos o interesse em realizar operações como empréstimos. Assim, a capacidade de antecipação de receitas dos bancos tem uma relação direta com o volume de produto gerado pelas firmas. Portanto, através do controle das reservas compulsórias eda taxa de juros, existe um controle também sobre o volume de crédito a ser ofertado pelos bancos, e consequentemente, influência sobre as decisões empresariais.
As operações com títulos públicos afetam as decisões empresariais de investimento, pois antes de investir, as empresas analisam as opções de ativos para adquirir e a rentabilidade esperada e liquidez de cada um. Conforme a rentabilidadedos títulos, as empresas optarão em investir em máquinas e equipamentos ou títulos. De acordo com Keynes, uma máquina somente será adquirida quando seu rendimento esperado for superior ao da taxa de juros, de forma que sua liquidez relativa seja compensada pela sua eficiência marginal do capital.

A utilização do instrumento reservas compulsórias associada a uma redução das taxas de juros deoperações de redescontos pode aumentar a oferta de fundos para a concessão de empréstimos, mas não estimula necessariamente o aumento da demanda por esses fundos. O investimento somente ocorreria se já existisse uma demanda reprimida por empréstimos para financiar a sua realização anterior ao aumento de disponibilidade de crédito bancário; porém Keynes considera essa política como limitada.

2. AOperação da Política Monetária

O Banco Central opera suas políticas em uma economia de duas esferas de circulação da moeda: a industrial e a financeira. Na primeira esfera, a moeda exerce sua função de meio de troca, faz girar bens e serviços; na segunda, a moeda faz girar ativos financeiros de ganhos diferenciados de juros e capital. Em geral, na esfera financeira, o custo de manutenção énulo, gera ganhos de juros e capitais nulos, mas possui liquidez plena – quando a moeda se transforma em um ativo, passa a concorrer com os demais ativos pela demanda dos agentes.
As duas esferas são ilhas isoladas de uma economia monetária, ligadas por uma só ponte – a moeda que vai e volta.
Quando a moeda vai a esfera da circulação industrial assume o papel de meio de troca, e quando vai àesfera da circulação financeira transforma-se em um ativo.
A política monetária sugerida por Keynes e os pós-keynesianos, que visa o aumento do produto ou, equivalente, à redução do desemprego, é conseguir transformar moeda-ativo em moeda meio de troca, ou seja, induzir a viagem de moeda da circulação financeira para a circulação industrial. Em outras palavras, deve-se estimular a composição deportifólios que contenham itens comercializados na circulação industrial, mas que podem render lucros compensadores em relação aos juros oferecidos pelos ativos líquidos da circulação financeira.
Assim, esse tipo de política monetária, diferentemente de uma política fiscal de gastos, não a/ge diretamente sobre o produto na circulação industrial. Simplesmente induz o vazamento de moeda em...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A teoria da anomia de Robert K. Merton
  • K
  • uma k
  • K
  • minha k
  • K
  • Oib hk k k k
  • k k k 1a 2b 3c

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!