POF 2008 2009 AVALIACAO NUTRICIONAL

Páginas: 11 (2629 palavras) Publicado: 11 de maio de 2015
POF 2008 2009 - Antropometria e estado nutricional de crianças, adolescentes e adultos no Brasil
POF 2008-2009: desnutrição cai e peso das crianças brasileiras ultrapassa padrão internacional
O peso dos brasileiros vem aumentando nos últimos anos. Em 2009, uma em cada três crianças de 5 a 9
anos estava acima do peso recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Já o déficit de
altura(importante indicador de desnutrição) caiu de 29,3% (1974-75) em para 7,2% (2008-09) entre
meninos e de 26,7% para 6,3% nas meninas, mas se sobressaiu no meio rural da região Norte: 16% dos
meninos e 13,5% das meninas. A parcela dos meninos e rapazes de 10 a 19 anos de idade com excesso de
peso passou de 3,7% (1974-75) para 21,7% (2008-09), já entre as meninas e moças o crescimento do
excesso de pesofoi de 7,6% para 19,4%. Também o excesso de peso em homens adultos saltou de 18,5%
para 50,1% e ultrapassou, em 2008-09, o das mulheres, que foi de 28,7% para 48%. Nesse panorama,
destaca-se a Região Sul (56,8% de homens, 51,6% de mulheres), que também apresenta os maiores
percentuais de obesidade: 15,9% e homens e 19,6% de mulheres. O excesso de peso foi mais evidente nos
homens com maiorrendimento (61,8%) e variou pouco para as mulheres (45-49%) em todas as faixas de
renda. Os resultados são da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2008-2009, realizada pelo IBGE
em parceria com o Ministério da Saúde. A pesquisa também traz informações sobre as crianças com
menos de cinco anos: o déficit de altura foi de 6% no país, sendo mais expressivo em meninas no
primeiro ano de vida (9,4%),crianças da região Norte (8,5%) e na faixa mais baixa de rendimentos
(8,2%).
O excesso de peso e a obesidade são encontrados com grande frequência, a partir de 5 anos de idade, em
todos os grupos de renda e em todas as regiões brasileiras. Já o déficit de altura nos primeiros anos de
vida (um importante indicador da desnutrição infantil) está concentrado em famílias com menor renda e,
do ponto de vistageográfico, na região Norte. Esses são alguns dos resultados da seção de Antropometria
e Estado Nutricional da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2008-2009, realizada em parceria
entre o IBGE e o Ministério da Saúde, que entrevistou e tomou medidas de peso e altura de pessoas em
55.970 domicílios em todos os estados e no Distrito Federal. Foram analisados os dados de mais de 188
mil pessoas detodas as idades. Os resultados foram comparados com as pesquisas de 1974-75 (Estudo
Nacional da Despesa Familiar – ENDEF), 1989 (Pesquisa Nacional sobre Saúde e Nutrição – PNSN),
2002-03 (Pesquisa de Orçamentos Familiares – POF) para obtenção da tendência secular das variações de
altura e peso da população.
Em 2008, uma em cada três crianças de 5 a 9 anos tinha excesso de peso
Em 2008, o excessode peso atingia 33,5% das crianças de cinco a nove anos, sendo que 16,6% do total
de meninos também eram obesos; entre as meninas, a obesidade apareceu em 11,8%. O excesso de peso
foi maior na área urbana do que na rural: 37,5% e 23,9% para meninos e 33,9% e 24,6% para meninas,
respectivamente. O Sudeste se destacou, com 40,3% dos meninos e 38% das meninas com sobrepeso
nessa faixa etária.

A POFrevelou um salto no número de crianças de 5 a 9 anos com excesso de peso ao longo de 34 anos:
em 2008-09, 34,8% dos meninos estavam com o peso acima da faixa considerada saudável pela OMS.
Em 1989, este índice era de 15%, contra 10,9% em 1974-75. Observou-se padrão semelhante nas
meninas, que de 8,6% na década de 70 foram para 11,9% no final dos anos 80 e chegaram aos 32% em
2008-09.
Gráfico 1 –Evolução de indicadores antropométricos na população de 5 a 9 anos de idade, por sexo
– Brasil – períodos 1974-75, 1989 e 2008-2009

A Região Centro-Oeste foi a que teve a maior variação de meninos com excesso de peso em dez anos, de
13,8% em 1989 para 37,9% em 2008-09. Para meninas no mesmo período, o crescimento foi maior na
Região Sudeste: de 15% para 37,9%. Essa região se destacou também...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Pof 2008 2009
  • avaliação nutricional
  • Avaliação nutricional
  • avaliação nutricional
  • Avaliação nutricional
  • Avaliação nutricional
  • Avaliação Nutricional
  • avaliaçao nutricional

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!