Motivos que desencadearam a Guerra Civil na Siria

Páginas: 6 (1312 palavras) Publicado: 15 de maio de 2014
1)
Conceitos de Governo, Poder, Autoridade e Legitimidade da Guerra Civil

A Guerra Civil Síria é um conflito interno em andamento na Síria, que começou como uma série de grandes protestos populares em 26 de janeiro de 2011 e progrediu para uma violenta revolta armada em 15 de março de 2011, influenciada por outros protestos simultâneos no mundo árabe. Enquanto a oposição alega estar lutandopara destituir o presidente Bashar al-Assad do poder para posteriormente instalar uma nova liderança mais democrática no país, o governo sírio diz estar apenas combatendo "terroristas armados que visam desestabilizar o país". Em resposta aos protestos, o governo sírio enviou suas tropas para as cidades revoltosas com o objetivo de encerrar a rebelião. O resultado da repressão e dos enfrentamentoscom os protestantes acabou sendo de centenas de mortes, a grande maioria de civis. Assad perdeu muita autoridade para os opositores no momento que respondeu as revoltas com violência e quando fez concessões, pois isso mostrou aos opositores que eles têm algum tipo de poder.
De todos os grupos opositores do governo de Bashar al-Assad, o principal grupo disse que só participa nas negociações de pazcom a condição de o Presidente Bashar al-Assad transferir o poder e ser excluído de qualquer processo de transição. É também estipulado "que Bashar al-Assad e os que têm o sangue dos sírios nas suas mãos não têm lugar na fase transitória e no futuro da Síria". Além disso, só participaram das negociações com o apoio dos grupos rebeldes que combatem a Síria.
Em contra partida, O Presidente sírio,Bashar al-Assad, disse que não há condições para se realizarem negociações de paz com a oposição, usando essas palavras "Não foi fixada nenhuma data, mas as condições não estão reunidas se quisermos [que a conferência pretendida pela Federação Russa e os EUA tenha] sucesso", disse Al-Assad.
Além de toda essa discussão entre os opositores e o governo, foi alegado que os rebeldes vem desviando aajuda destinada a população, já os rebeldes, dizem que o governo impede a chegada de ajuda nas regiões controladas por ele. E a situação está piorando também em nível internacional, Israel vem atacando a Síria, em especial seus centros de pesquisas militares e seus carregamentos de armas, tentando fazer com que esses carregamentos não cheguem para o grupo Hezbollah. Os EUA e a Rússia vêm buscam umasolução pacífica entre os rebeldes e Assad, mas sem sucesso.
2)
Islândia usa Facebook
A Islândia resolveu inovar na hora de escrever a sua nova Constituição, que substituiu a atual, de 1944. O País criou uma página no Facebook, onde a população pode acompanhar o andamento da atualização e sugerir cláusulas para o documento do país, tornando a Constituição islandesa colaborativa. Asinformações são do site TG Daily.
A Carta atual está em vigor desde 1944, quando o país conquistou a independência da Dinamarca, tornando-se, basicamente, uma transcrição da Constituição dinamarquesa, alterando apenas a palavra "rei" por "presidente". Para participar, os islandeses precisam informar nome e endereço, e a sugestão passa por um moderador antes de ser publicada. O governo criou ainda um perfilno Twitter, uma página no YouTube e um conta no Flickr para estimular a população a participar da elaboração da nova Constituição.
Constituição colaborativa da Islândia serve de exemplo ao Brasil
O Facebook e o Twitter foram as ferramentas que os cidadãos islandeses usaram para opinar sobre a nova constituição do país. Pelas redes sociais e pelo site oficial do conselho criado para fazer aredação do documento, as pessoas sugeriram itens, opinaram sobre mudanças e participaram da primeira legislação colaborativa. Um dos membros do órgão, Eiríkur Bergmann esteve em Porto Alegre na quinta-feira e contou detalhes da iniciativa, o que deu certo e errado, e como a experiência pode ser replicada no Brasil.
Em Porto Alegre para o Conexões Globais - evento da Secretaria de Inclusão Digital...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • guerra civil na Síria
  • guerra civil da siria
  • Guerra Cívil na Siria
  • Guerra civil siria
  • Resumo
  • Guerra civil na siria
  • Guerra na Síria.
  • Guerra na siria

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!