medicina nuclear

Páginas: 33 (8206 palavras) Publicado: 19 de outubro de 2014
Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas
Brazilian Journal of Pharmaceutical Sciences
vol. 42, n. 2, abr./jun., 2006

Preparações radiofarmacêuticas e suas aplicações
Rita Oliveira1,2, Delfim Santos2, Domingos Ferreira2, Pedro Coelho1,2, Francisco Veiga3*
1

Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade Fernando Pessoa, 2Faculdade da Farmácia da Universidade do
Porto, 3Faculdade deFarmácia da Universidade de Coimbra

*Correspondência:
F. Veiga
Faculdade de Farmácia
Universidade de Coimbra
3000-295 Coimbra, Portugal
E-mail: fveiga@ci.uc.pt

Os radiofármacos são compostos, sem ação farmacológica, que têm
na sua composição um radionuclídeo e são utilizados em Medicina
Nuclear para diagnóstico e terapia de várias doenças. Para aplicações
de diagnóstico em MedicinaNuclear utilizam-se radiofármacos que
apresentam na sua constituição radionuclídeos emissores de radiação
γ ou emissores de pósitrons (β+), já que o decaimento destes
radionuclídeos dá origem a radiação eletromagnética penetrante, que
consegue atravessar os tecidos e pode ser detectada externamente.
Os radiofármacos para terapia devem incluir na sua composição um
radionuclídeo emissor departículas ionizantes (α , β- ou elétrons Auger),
pois a sua ação se baseia na destruição seletiva de tecidos. Existem
dois métodos tomográficos para aquisição de imagens em Medicina
Nuclear: o SPECT (Tomografia Computarizada de Emissão de Fóton
Único), que utiliza radionuclídeos emissores γ (99mTc, 123I, 67Ga, 201Tl)
e o PET (Tomografia por Emissão de Pósitrons), que usa radionuclídeos
emissoresde pósitrons ( 11C, 13N, 15O, 18F). Os radiofármacos podem
ser classificados em radiofármacos de perfusão (ou 1ª geração) e
radiofármacos específicos (ou 2ª geração). Os radiofármacos de
perfusão são transportados no sangue e atingem o órgão alvo na
proporção do fluxo sanguíneo. Os radiofármacos ditos específicos
contêm molécula biologicamente ativa, que se liga a receptores
celulares e quedeve manter a sua bioespecificidade mesmo após
ligação ao radionuclídeo. Assim, nestes radiofármacos, a fixação em
tecidos ou órgãos é determinada pela capacidade da biomolécula de
reconhecer receptores presentes nessas estruturas biológicas. As
preparações radiofarmacêuticas são obtidas prontas para uso, em
kits frios ou em preparações autólogas. De acordo com o tipo de
preparação, existeum processo de controle de qualidade próprio. A
maior parte dos radiofármacos em uso clínico corresponde a agentes
de perfusão. Atualmente, o esforço de investigação na área da química
radiofarmacêutica centra-se no desenvolvimento de radiofármacos
específicos que possam fornecer informação, ao nível molecular,
relativa às alterações bioquímicas associadas às diferentes patologias.Unitermos
• Radiofármaco
• Radionuclídeo
• Diagnóstico
• Terapêutica

152

INTRODUÇÃO
Os radiofármacos são compostos, sem ação farmacológica, que têm na sua composição um radionuclídeo, e são
utilizados em Medicina Nuclear para diagnóstico e terapia
de várias doenças (European Pharmacopeia, 2005). As características físico-químicas do radiofármaco determinam
a sua farmacocinética, isto é, asua fixação no órgão alvo,
metabolização e eliminação do organismo, enquanto que as
características físicas do radionuclídeo determinam a aplicação do composto em diagnóstico ou terapia.
Além das aplicações em Medicina Nuclear, a radioatividade tem sido aplicada em Medicina sob diferentes formas:
• Fonte de radiação externa ao organismo, em radiologia e radioterapia convencional;
•Radioesterilização de produtos e materiais com utilização médica;
• Doseamento de hormônios.
A Medicina Nuclear obtém as imagens através da
administração de radiofármacos e medindo externamente a
radiação emitida que atravessa o organismo, ao contrário
das técnicas radiológicas convencionais, que medem a absorção da radiação aplicada externamente. A dose de um
radiofármaco necessária a um exame é...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Medicina Nuclear
  • Medicina Nuclear
  • Medicina Nuclear
  • medicina nuclear
  • Medicina Nuclear
  • Medicina Nuclear
  • Medicina nuclear
  • Medicina nuclear

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!