John rawls “uma teoria de justiça”

Páginas: 6 (1285 palavras) Publicado: 1 de junho de 2013
JOHN RAWLS “UMA TEORIA DE JUSTIÇA”
John Rawls (Baltimore, 21 de Fevereiro de 1921 — Lexington, 24 de Novembro de 2002) foi um professor de Filosofia Política na Universidade de Harvard, autor de Uma Teoria da Justiça (A Theory of Justice, 1971), Liberalismo Político (Political Liberalism 1993), e O Direito dos Povos (The Law of Peoples 1999).
John Rawls |
Nascimento | 21 deFevereiro de 1921
Baltimore, Maryland |
Morte | 24 de novembro de2002 (81 anos) |
Influências | Influências[Expandir] |
Influenciados | Influenciados[Expandir] |
Magnum opus | Uma teoria da Justiça |
Escola/tradição | Filosofia Política |
Principais interesses | Filosofia Política, "Liberalismo" (no Brasil,Social-Democracia), Justiça,Política |
Ideias notáveis | Justiça como equidade, aposiçãooriginal, equilíbrio reflexivo, consenso sobreposto, Razão Pública |

JOHN RAWLS - Justiça - Retomando a teoria do contrato social, Rawls propõe-se a responder de que modo podemos avaliar as instituições sociais: a virtude das instituições sociais consiste no fato de serem justas. Em outros termos, para o filósofo norte-americano, uma sociedade bem ordenada compartilha de uma concepção pública dejustiça que regula a estrutura básica da sociedade. Com base nesta preocupação, Rawls formulou a teoria da justiça como eqüidade. Mas, como podemos chegar a um entendimento comum sobre o que é justo?
Para chegar a tal resultado, ele imaginou uma situação hipotética e histórica similar ao estado de natureza (chamada de posição original) na qual determinados indivíduos escolheriam princípios dejustiça. Tais indivíduos, concebidos como racionais e razoáveis, estariam ainda submetidos a um "véu de ignorância", ou seja, desconheceriam todas aquelas situações que lhe trariam vantagens ou desvantagens na vida social (classe social e status, educação, concepções de bem, características psicológicas, etc.). Desta forma, na posição original todos compartilham de uma situação eqüitativa: sãoconsiderados livres e iguais.
Ao retomar a figura do contrato social como método, Rawls não tem como objetivo fundamentar a obediência ao Estado (como na tradição do contratualismo clássico de Hobbes, Locke e Rousseau). Ligando-se a Kant (construtivismo kantiano), a idéia do contrato é introduzida como recurso para fundamentar um processo de eleição de princípios de justiça, que são assim descritos por ele:Princípio da Liberdade: cada pessoa deve ter um direito igual ao mais abrangente sistema de liberdades básicas iguais que sejam compatíveis com um sistema de liberdade para as outras
Princípio da Igualdade: as desigualdades sociais e econômicas devem ser ordenadas de tal modo que sejam ao mesmo tempo: a) consideradas como vantajosas para todos dentro dos limites do razoável (princípio dadiferença); b) vinculadas a posições e cargos acessíveis a todos (princípio da igualdade de oportunidades).
Fiel à tradição liberal, Rawls considera o princípio da liberdade anterior e superior ao princípio da igualdade. Também o princípio da igualdade de oportunidades é superior ao princípio da diferença. Em ambos os casos, existe uma ordem lexical. No entanto, ao unir estas duas concepções sob aideia da justiça, sua teoria pode ser designada como "liberalismo igualitário", incorporando tanto as contribuições do liberalismo clássico quanto dos ideais igualitários da esquerda.
Tais princípios exercem o papel de critérios de julgamento sobre a justiça das instituições básicas da sociedade, que regulam a distribuição de direitos, deveres e demais bens sociais. Eles podem ser aplicados (emdiferentes estágios) para o julgamento da constituição política, das leis ordinárias e das decisões dos tribunais. Rawls também esclareceu que as duas formas clássicas de capitalismo (de livre mercado ou de bem-estar social), bem como o socialismo estatal seriam "injustos". Apenas um "socialismo liberal" (com propriedade coletiva dos meios de produção)" ou mesmo uma "democracia de proprietários"...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • John Rawls e a teoria da Justiça
  • A TEORIA DA JUSTIÇA DE JOHN RAWLS
  • Uma teoria de justiça
  • teoria da justiça de John Rawls
  • John rawls
  • Resenha Uma Teoria da Justiça – John Rawls
  • John Rawls e a Teoria da justiça como equidade
  • Crítica_ A teoria da justiça de John Rawls

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!