Diversidade, Inclusão do aluno com necessidades especiais e Projeto Político-Pedagógico

Páginas: 5 (1235 palavras) Publicado: 13 de outubro de 2014






SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
PEDAGOGIA















trabalho interdisciplinar INDIVIDUAL

BIOGRAFIA DE ÁLVARO APOCALYPSE


















Ribeirão das Neves – Minas Gerais
2014

















trabalho interdisciplinar INDIVIDUAL

BIOGRAFIA DE ÁLVARO APOCALYPSE












Trabalho apresentado aoCurso de Pedagogia da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para as disciplinas de Organização e didática na Educação Infantil- Profª. Edilaine Vagula; Artr, educação e música - Profª. Marlizete Steinle; Pratica pedagógica interdisciplinar – Infância e sua Linguagem - Profª. Rosely Montagnini; Profª. Cyntia Simioni.








Ribeirão das Neves – Minas Gerais
2014
INTRODUÇÃOÁlvaro Brandão Apocalypse nasceu no dia 14 de janeiro de 1937 na cidade de Ouro Fino em Minas Gerais. Foi pintor, ilustrador, gravador, desenhista, diretor de teatro, cenógrafo, professor, museólogo, publicitário e um dos fundadores do Grupo Giramundo.
No início do ano de 1950, o artista iniciou seus estudos em Belas Artes com Alberto da Veiga Guignard, ondeposteriormente começa a dar aulas. Também estudou gravura em metal, e litografia na Escola Guignard. Pintor, ilustrador, gravador, cenógrafo. Em 1956, estuda gravura em metal e litografia na Escola Guignard e inicia curso de direito na Universidade Federal de solicitado Minas Gerais (UFMG). Realiza desenhos e atua como ilustrador em várias publicações. Em 1959, leciona na recém-criada Escola de BelasArtes da Faculdade de Arquitetura da UFMG, da qual se torna professor titular em 1981. Graduou-se em direito na Universidade Federal de Minas Gerais. Ele foi para fazer desenhos animados para campanhas publicitárias, onde ilustrou em revistas e jornais da época. No ano de 1960, as festas típicas populares passaram a ser seu tema predileto, onde aperfeiçoou a técnica de pastel e começou aproduzir gravuras.
Um dos destaques de sua arte foi o surrealismo, que o rendeu o premio de viagem ao exterior no Terceiro Salão da Aliança Francesa no ano de 1969. Em Paris, cursou a História do Desenho na Escola do Louvre. Ganhou vários prêmios, entre eles o Moliére, Troféu Mambembe, João Ceschiatti e o Grande Premio da Crítica. Cria o Grupo Giramundo de Teatro de Bonecos, em 1970, e produzcenários, figurinos e marionetes para várias peças teatrais. Coordena o Ateliê de Tecnologia do Instituto Internacional de Marionetes, em Charleville-Mèziéres, França, entre 1990 e 1991. Publica o álbum de gravura Minas de Guimarães Rosa, em 1977, pela Imprensa da UFMG, entre outros. Em 2001, é lançado o livro Álvaro Apocalypse: Depoimento, coordenado por Marília Andrés Ribeiro e Fernando Pedroda Silva, pela editora C/Arte.






Este Festival é transformador, tem gente que entra com uma determinada formação e sai do Festival formado inteiramente [com outra] formação. É possível dentro desse pouco espaço de tempo formar uma pessoa [...] Às vezes é uma experiência definitiva.
Álvaro Apocalypse



Comentário Crítico

Álvaro Apocalypse é uma personalidadesingular no cenário artístico brasileiro, atuando como artista plástico, professor universitário e diretor do grupo de teatro de marionetes Giramundo. Desde a metade da década de 1960, realiza desenhos e gravuras com figuração de cunho surrealista. Cria freqüentemente seres que são meio máquinas e meio orgânicos. A partir de 1969, faz também Frederico Bracher Júnior (1920-1984), em obras que seaproximam do cubismo e do expressionismo, como em Rua, 1969. Predomina em suas obras um caráter fantástico, como ocorre nos quadros São Francisco, 1975 ou Jagunço, 1985.
Álvaro Apocalypse cria, em 1970, o Grupo Giramundo de Teatro de Bonecos, com outros professores da Escola de Belas Artes. O grupo recebe muitos prêmios, realizando espetáculos para adultos e crianças, como...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • ANÁLISE EXPRESSA NO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO, QUANTO A “DIVERSIDADE E INCLUSÃO DOS ALUNOS COM NECESSIDADES EDUCACIONAIS...
  • DIVERSIDADE, INCLUSÃO E PROJETO POLITICO PEDAGOGICO.
  • Diversidade, Inclusão e Projeto Político Pedagógico
  • DIVERSIDADE, INCLUSÃO E PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO
  • DIVERSIDADE, INCLUSÃO E PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO.
  • DIVERSIDADE, INCLUSÃO E PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO
  • DIVERSIDADE, INCLUSÃO E PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO
  • Projeto de sensibilização para a inclusão dos alunos portadores de necessidades especiais

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!