Disturbios

Páginas: 11 (2566 palavras) Publicado: 1 de outubro de 2014
Universidade Federal de Pernambuco
Aula Gravada de Dermatologia – Micoses Profundas – Parte 1
DIA: 07/07/2005
Transcrita por: Mariana Atanasio

Primeiro gostaria de agradecer a Nilo e a Edson Carlos!!!! Obrigada pelo presente, uma aula na sexta feira com a prova de dermato na terça. Conforme prometi a Guilherme Barbosa, estou enviando a aula o mais rápido que pude...Espero que relevemmeus erros, pois não li a aula depois que acabei... qualquer coisa amanha eu ajeito.

As micoses superficiais são essas que nós estudamos aqui:

Superficiais – que acometem apenas a camada córnea, no máximo (erro na gravação, acho que ele disse granulosa), são saprófitas do pêlo, então são parasitas do pêlo:
Pitiríase vesicolor;
Tinea nigra palmares;
Piedra branca;
Piedra Negra;Cutâneas – Dermatofitoses - que são as tinhas que já estudamos, produzidas por três gêneros de Dermatófitos: Trichophyton, Microsporum e Epidermophyton;
Candidíase – Cândida albicans;

Hoje nós vamos estudar as micoses que acometem mais o subcutâneo, eu diria que acometem a fascia, os músculos e ossos.

Profundas – Esporotricose;
Cromomicose;
Micetomas;
Zigomicose;
Doenças deJorge Lobo;

A micose subcutânea mais freqüente aqui no nosso meio são: a esporotricose, cromomicose e micetoma.
Então vamos começar estudando exatamente a que é mais freqüente aqui da classificação, que é a esporotricose.

ESPOROTRICOSE – é a micose subcutânea, fora as superficiais e cutâneas, qual seria a mais freqüente aqui no nosso meio? A esporotricose.
Agente Etiológico – Aesporotricose é causada por um fungo chamado Sporothrix schenckii.
Epidemiologia – Todas essas micoses subcutâneas, sistêmicas, oportunistas elas ocorrem quase que exclusivamente em pacientes da zona rural, por quê? Por que esses fungos existem na natureza, a grande maioria é saprófitas, então quem tem mais contato com o solo, madeira, anda descalço e manipula terra? O trabalhador rural de maneira geral– agricultor, lavrador. Então a grande maioria, excepcionalmente ocorre aqui na zona urbana, por isso não é muito conhecido de vocês, é mais da zona rural. E algumas têm até a sua região, por exemplo, a doença de Jorge Lobo, que é a blastomicose amazônica, então é mais freqüente na região amazônica, ela não ocorre aqui em nossa região. A Rinosporidiose é bastante rara aqui, ocorre em alguns focos doPiauí, em Teresina, em região do Maranhão, em Pernambuco não, não me lembro de ter visto nenhum caso autóctone daqui de Pernambuco. Mas essas outras não, Esporotricose, Cromomicose, Micetomas, Zigomicose são doenças que são endêmicas aqui em nossa região, da zona rural.
Então, voltando a esporotricose. É uma doença que predomina na zona rural. Fatores Predisponentes – as profissões. Basicamenteas profissões, pessoas que lidam com a terra, plantas, corte de árvores, desmatamentos.
Aspecto Clínico – não só a esporotricose, mas todas essas doenças têm uma lesão em comum que é a placa verrucosa (verruga grande, por isso se chama verrucosa). Então, sempre que a gente atende um paciente aqui com uma placa verrucosa, então a gente tem aquele arsenal de diagnósticos diferenciais, então agente pensa pode ser: esporotricose, pode ser cromomicose, pode ser isso, aquilo, aquilo outro. Como são doenças em que o agente etiológico é isolado, então se faz o exame direto e a cultura e se faz o histopatológico. Então muitas vezes essas doenças, o diagnóstico não é só clínico, ele é mais laboratorial. Você tem a suspeita, por que as lesões clínicas são semelhantes, mas o exame micológico,principalmente o histopatológico é que vai levar ao diagnóstico.
Na esporotricose, além da placa verrucosa ela tem também lesões gomosas. Gomas são lesões que, vocês já viram muito bem, amolecem, fistulizam e drenam uma secreção purulenta. Vocês vêem uma goma dessa aqui, região de membro, pode ser tuberculose? Pode, mas não é uma área de tuberculose, não é uma área que tenha linfonodo, não é...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • disturbios
  • disturbio
  • DISTURBIO DOS PÊLOS
  • Disturbios
  • disturbios
  • Disturbio
  • Distúrbios
  • Distúrbios

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!