direito trabalhista

Páginas: 7 (1615 palavras) Publicado: 15 de maio de 2014
CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRUSQUE – UNIFEBE
ANDRE LUIZ PAVESI
dOUGLAS sCHLINDWEIN
OSNI KRIEGER JUNIOR
wILLIAM BEUTING









a IMPORTÂNCIA DA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL PARA A CONSOLIDAÇÃO DO DIREITO TRABALHISTA













BRUSQUE
2014
ANDRE LUIZ PAVESI
dOUGLAS sCHLINDWEIN
OSNI KRIEGER JUNIOR
wILLIAM BEUTING






a IMPORTÂNCIA DA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL PARA ACONSOLIDAÇÃO DO DIREITO TRABALHISTA







Trabalho apresentado como requisito parcial para a obtenção da aprovação na disciplina de Legislação Social e Trabalhista, dos cursos de Gestão Comercial, Processos Gerenciais, e Logística do Centro Universitário de Brusque – UNIFEBE.

Professor: Célio Acelino dos Santos Júnior





brusque
2014
sumário

1INTRODUÇÃO..................................................................................................4
2 A IMPORTÂNCIA DA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL PARA A CONSOLIDAÇÃO DO DIREITO TRABALHISTA...............................................5
3 CONCLUSÃO...................................................................................................9
4 REFERENCIASBIBLIOGRÁFICAS..............................................................10























1. Introdução




























2. A IMPORTÂNCIA DA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL PARA A CONSOLIDAÇÃO DO DIREITO TRABALHISTA

O processo de industrialização da Europa, no século XVIII, não era nenhuma grande novidade, entretanto, a produção e a indústria era limitada pela tecnologia, sendo que a forçamotriz dos meios de produção eram essencialmente humana ou animal. No momento em que as máquinas entraram, não era mais necessário a força humana ou animal, a história estava mudando, e se dava início a Revolução Industrial.
A Revolução Industrial mostrou seus indícios no período de 1760 a 1820. Foi a transição dos processos de manufatura, transformando métodos de produção artesanal para aprodução por máquinas, criação de maquinas ferramentas, e o uso de energia a vapor. Essa grande mudança fez com que a produção de bens crescesse de forma significativa, consequentemente aumentando a quantidade de trabalhadores empregados.
Naquela época, tudo era permitido, não havia normas, nem intervenção dos estados em relação a empregados e empregadores. O trabalhador não tinha nenhum tipo de proteção,e o empregador na tinha nenhuma preocupação com a segurança dos empregados.
O homem trabalhador e sua força física exercida na produção de um bem, era considerada apenas como um fator de produção, não medindo esforços, podendo ser substituído e demitido a qualquer momento por qualquer motivo, sem qualquer direito ou beneficio, isso o levava a subordinação total e absoluta do empregador
Além dosbaixos salários pagos aos homens, as mulheres e crianças recebiam ainda menos, e eram submetidas a praticamente o mesmo serviço, gerando mais lucro ao empregador. Essa situação causou enormes problemas sociais.
O trabalho de menores era liberado, também com o de gestantes. As condições de trabalho eram desumanas. Não existiam sindicados nem organizações que defendiam os interesses dostrabalhadores, e até eram proibidas na época.
Segundo o autor José Augusto Rodrigues Pinto, o Direito do Trabalho tem origem da interação do fator econômico com a questão social, estimulados pela Revolução Industrial. A produção em larga escala fez com que os trabalhadores se concentrassem, em volta das unidades onde se instalaram as máquinas.
Essa concentração ajudou na comunicação entre os trabalhadorese despertou neles uma consciência de classe.
Criou-se uma consciência coletiva em resposta as péssimas condições de trabalho a que os empregados eram submetidos, resumidas em baixos salários, submissos a jornadas de trabalhos extremas, muitas vezes mais do que 16 horas diárias, e nenhuma proteção contra acidentes. Essa situação fez com que os trabalhadores concluíssem que não tinham...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Direitos trabalhista
  • Direito trabalhista
  • Direito Trabalhista
  • direito trabalhista
  • Direito Trabalhista
  • Direito Trabalhista
  • Direito trabalhista
  • direitos trabalhistas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!