decapagem

Páginas: 5 (1148 palavras) Publicado: 8 de fevereiro de 2015

UFF – UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE
EEIMVR - ESCOLA DE ENGENHARIA INDUSTRIAL DE VOLTA REDONDA






RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS II



VASO DE PRESSÃO E PARAFUSOS


PROFESSOR: JORGE DURÁN




ALUNO:









DATA: 05/08/2013







Índice

1. Trabalho I - Vaso de pressão cilíndrico de parede grossa com tampas, p.4
1.1 Cálculos das componentes, p.41.2 Raio interno (r=b), p.5
1.3 Raio externo (r=a), p.6
1.4 Atribuindo o valor de a/b ou L para o raio interno e externo, p.6
1.5 Cálculo e plotagem da tensão equivalente de Mises σeq/p0 entre a parede externa e a interna, p.7

2. Trabalho II - Avaliação de um conjunto de parafusos submetidos a esforços axiais e cisalhantes, p.9
2.1 Dados do exercício e dados consultados na tabela,p.9
2.2 Cálculo dos esforços cisalhantes, p.10
2.3 Cálculo dos esforços axiais, p.11
2.4 Determinação do parafuso mais carregado, p.13
2.5 Determinação do parafuso mais tensionado por meio do critério de Von Mises, p.14
2.6 Determinação da Fmáx aplicada nos parafusos sem que ocorra deformação plástica, p.15
2.7 Análise de separação dos componentes, p.16

3. Conclusão, p.17
4.Referências bibliográficas, p.17










Lista de figuras e gráfico


Figura 1 - Corte de um vaso cilíndrico apenas para demonstrar as dimensões e as componentes (r,θ,z), mas desconsiderar a pi e considerar uma p0, p.4
Figura 2 - Vista superior (acima) e vista frontal (abaixo) do exercício em questão, p.9
Figura 3 - Identificação das forças cisalhantes nos parafusos, p. 10
Figura4 - Identificação das forças axiais dos parafusos, p.11


Gráfico 1 - Relação σM/P0 versus r, a curva compreende valores do raio de um intervalo de (489 a 1956mm), p.8






















1. Trabalho I - Vaso de pressão cilíndrico de parede grossa com tampas


Um vaso de pressão cilíndrico de parede grossa (a/b>1,1) com a/b=4, sendo b=489mm e a=1956mm está submetidosomente a uma pressão externa p0. Através deste trabalho será determinado e plotada a relação σeq/p0 entre a parede externa (r=a) e parede interna (r=b).


Figura 1: Corte de um vaso cilíndrico apenas para demonstrar as dimensões e as componentes (r,θ,z), mas desconsiderar a pi e considerar uma p0.


1.1 Cálculos das componentes

Como temos uma relação de a/b=4, então chamamos L=a/b,temos então:










Como para todas as componentes , temos para o cálculo da componente σ1=σr, tem-se:




Para o cálculo da componente σ2=σz, tem-se:



Para o cálculo da componente σ3=σθ, tem-se:




1.2 Raio interno (r=b)

Inserindo L nas equações das componentes para o raio interno:












1.3 Raio externo (r=a)

Inserindo L nas equações dascomponentes para o raio externo:








1.4 Atribuindo o valor de a/b ou L para o raio interno e externo


Raio interno:







Raio externo:








1.5 Cálculo e plotagem da tensão equivalente de Mises σeq/p0 entre a parede externa e a interna

A teoria de falha por Von Mises é apresentada na forma:



Para esta aplicação, as tensões de cisalhamento são nulas,temos:

Para o raio interno:





Para o raio externo:












Logo a plotagem do gráfico de σeq/p0 para um intervalo de raio (b,a) da seguinte forma:


Gráfico 1: Relação σM/P0 versus r, a curva compreende valores do raio de um intervalo de (489 a 1956mm).















2. Trabalho II - Avaliação de um conjunto de parafusos submetidos a esforçosaxiais e cisalhantes

Três parafusos de um conjunto mostrado na imagem abaixo foram inicialmente tensionados até Fi=0,35SpAt. Todos possuem o mesmo diâmetro e material. A relação entre a rigidez dos componentes e a dos parafusos é dada por k­c=6kp. A largura total da coluna é 3h. Pede-se para determinar o parafuso mais solicitado, obter uma expressão para a máxima força Fmáx que poderá ser...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Decapagem
  • decapagem
  • Decapagem
  • decapagem
  • Decapagem
  • DECAPAGEM
  • decapagem industrial
  • Decapagem química

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!