Casearia sylvestris

Páginas: 10 (2442 palavras) Publicado: 16 de maio de 2014
1. Introdução:
A utilização de plantas para tratamento e cura de enfermidades é tão antiga quanto a existência humana. Desde tempos remotos são conhecidos os poderes terapêuticos das plantas, amplamente utilizados como marco do início da medicina e, por conseguinte, do ofício farmacêutico. Atualmente, os produtos naturais oferecem vasta matéria-prima na composição de medicamentos com suas maisdiversas propriedades físicas, químicas e biológicas aliados ao exercício da medicina moderna.As plantas são capazes de produzir diferentes substâncias tóxicas em grandes quantidades, aparentemente para sua defesa contra vírus, bactérias, fungos e animais predadores. Muitas dessas substâncias são responsáveis pelas suas propriedades medicinais e aromáticas que são utilizadas na medicina popular edespertam interesse científico pelas suas atividades biológicas. No entanto, plantas utilizadas como medicamentos são xenobióticos, e como todo corpo estranho, os produtos de sua biotransformação são potencialmente tóxicos até que se prove o contrário (LAPA et al., 2002).
A ciência responsável pelo estudo dos componentes químicos dos vegetais denomina-se Fitoquímica (MARTINEZ; MARINA, 2006). Afitoquímica estuda cada grupo da planta, desde a estrutura química molecular até as propriedades biológicas dos vegetais. Faz levantamentos e análises dos componentes químicos das plantas, como os princípios ativos, os odores, pigmentos, entre outros.
Acredita-se que somente cerca de 5% das espécies vegetais tem sido estudadas fitoquimicamente, mas a comunidade científica tem constantementedemonstrado grande interesse em validar as plantas utilizadas na medicina popular, principalmente quando se refere ao desenvolvimento e produção de novos fitoterápicos e fitofármacos, os quais beneficiariam as indústrias brasileiras e a população (FLORIANI NOLDIN; VÂNIA, 2005).
Estudos sobre a constituição química das plantas são importantes como etapa de identificação das espécies, entretanto muitasplantas não possuem monografias farmacopéicas e necessitam de estudos visando estabelecer alguns parâmetros de qualidade (ALVES et al., 2007). É o caso da Casearia sylvestris Sw. (Flacourtiaceae).Neste trabalho, será abordado o estudo fitoquímico da Casearia sylvestris Sw. (Flacourtiaceae), conhecida popularmente como guaçatonga, "bugru-branco, café-bravo, café-do-brejo ou ainda café-do-diabo"(ALBUQUERQUE; CAMILA, 2010). Trata-se de uma planta amplamente conhecida há séculos pelos indígenas latino americanos, especialmente dos territórios hoje brasileiros, e utilizada no tratamento de diversas enfermidades, problemas de pele e até mesmo mordidas de cobra. Atualmente, existe grande participação de seus componentes no preparo de chás, medicamentos homeopáticos e fitoterápicos nas formas deingestão oral (chás) e utilização tópica (cremes e pomadas).
As propriedades da Casearia sylvestris compõem uma lista extensa, sendo elas: cicatrizante, depurativa, calmante, sudorífera, tônica, cardiotônica, diurética, estimulante, afrodisíaca, anestesiante, antiespasmódica, anti-hemorrágica, antimicrobiana, antipirética, antirreumática, antisséptica, antiulcerogênica, imunoestimulante. Tendoessa diversidade de propriedades, é natural que a guaçatonga seja indicada em inúmeros casos, atuando em: paralisia, reumatismo, sapinho, herpes, hemorragias, inflamações, inchaços nas pernas, ácido úrico, aftas de todos os tipos, artrite, dores no peito, diarréia, eczemas, picadas de variadas cobras, circulação, hematomas, perda de albumina, hidropisia, picadas de variados insetos, micose, sífilis,obesidade, úlceras e sarnas (ALBUQUERQUE; CAMILA, 2010). A única contra indicação se dá com mulheres grávidas ou em fase de lactação. Neste caso, o consumo de Casearia sylvestris deve ser evitado.
Os objetivos deste trabalho, portanto, são expor os resultados de diversos estudos realizados em aulas práticas ao longo do semestre tendo como base a Casearia sylvestris; descrever técnicas e métodos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • EXTRAÇÃO DE ÓLEO ESSENCIAL: CASEARIA SYLVESTRIS
  • OBTENÇÃO DE EXTRATOS FITOTERÁPICOS DA GUAÇATONGA (CASEARIA SYLVESTRIS SW.): Estudos Farmacológicos e Agronômicos.
  • Identificação de diferentes metabólitos secundários da Malva Sylvestris L.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!