Capacidade de suporte da trilha do cerrado

Páginas: 6 (1352 palavras) Publicado: 7 de maio de 2013
ANEXO 10.A- CAPACIDADE DE SUPORTE DA TRILHA DO CERRADO Para a determinação da capacidade de suporte atual da trilha das Perobas e Figueiras, utilizou-se os cálculos de Capacidade de Carga apresentados por ANDRADE et al (com. pess.). Para se calcular a Capacidade de Carga Física (CCF) utilizou-se a fórmula: CCF = S x T_ s.v t.v
– – –

CCF = Capacidade de Carga Física S = distância total datrilha medida em metros s.v = o espaço necessário por grupo medido em metros. Para este valor deve-se levar em consideração: o número ideal de visitantes por grupo (10 pessoas), o espaço ocupado por cada pessoa (1 m linear) e o espaço estimado para que um grupo não interfira no outro. T = tempo total para caminhadas na trilha medido em horas t.v = tempo necessário para percorrer a trilha medido emhoras.

– –

Para o presente cálculo, o valor de T, que corresponde ao tempo em que o Parque permanece aberto à visitação, foi considerada a proposta de que a visitação seja realizada todos os dias da semana, exceto às segundas-feiras, das 08 às 17:00 horas. Os valores para cada parâmetro são apresentados no quadro 01.
Quadro 01 - Valores Utilizados para o Cálculo da CCF PARÂMETRO S (m) s.v. (m)T (h) t.v. (h) VALOR 3291 190 8,5 3

Substituindo os valores na fórmula, temos que: CCF = S x _T_ s.v t.v CCF = 3291 x 8,5_ = 47 grupos ou 470 pessoas 200 3

A CCF porém não é suficiente para medir a capacidade de carga da trilha em questão pois leva em consideração apenas fatores como a distância da trilha (S), o tempo necessário para percorrer toda a trilha (t.v.), o espaço necessário paraque um grupo não encontre aviste o outro (s.v) e o tempo em que o Parque permanece aberto (T). É necessário ajustar o cálculo, introduzindo novas variáveis, chamados Fatores de Correção (FC), de forma a considerar também as variáveis ambientais para determinar a capacidade de suporte da trilha em questão. Nesse novo cálculo o produto encontrado é denominado Capacidade de Carga Real (CCR),utilizando-se a fórmula:

CCR = CCF x 100 – FC1 x. 100 – FC2 x 100 – FCn 100 100 100 Os Fatores de Correção utilizados no cálculo da Capacidade de Carga Real, para este trabalho são:
– – – –

Vulnerabilidade do solo à erosão (F1) Sol excessivamente forte (F2) Época de nidificação de pássaros (F3); Época de dispersão de fillhotes de mamíferos (F4)

Para o cálculo dos fatores de correção utilizou-sea fórmula: FC = q.I . 100 Q.T Sendo, q.I = Quantidade do fator considerado Q.T = Quantidade total em que se considera o fator limitante Os seguintes valores de Fatores de Correção (FC) foram obtidos (quadro 02)
Quadro 02 - Valores Encontrados no Cálculo dos Fatores de Correção (FC) FC 1 q.i = 300 m Q.T - 3291 m FC 1 = 9 FC 2 q.i = 547,5 h Q.T - 3.102,5h FC 2 = 18 FC 3 q.I = 8 meses Q.T = 12meses FC 3 = 67 FC 4 q.I. = 4 meses Q.T = 12 meses* FC 4 = 33

Substituindo os valores dos fatores de correção no cálculo da CCR, temos que: CCR = CCF x 100 – FL1 x 100 – FL2 100 100 CCR = 470 x 100 - 9 x 100 - 18 x100 – 67 x 100 – 33 = 77 pessoas 100 100 100 100

ANEXO 10.B - CAPACIDADE DE SUPORTE DA TRILHA DO CERRADINHO Utilizando-se da mesma metodologia apresentada para a trilha anterior,substituindo-se os valores para o cálculo da CCF, obtém-se os seguintes valores apresentados no quadro 01.
Quadro 01 - Valores Utilizados para o Cálculo da CCF PARÂMETRO S (m) s.v. (m) T (h) t.v. (h) VALOR 1.934 190 8,5 1,5

Substituindo os valores na fórmula, temos que: CCF = S x_T_ s.v t.v CCF = 1934 x 8,5__ = 28 grupos ou 273 pessoas 200 1,5

A CCF porém, como mencionado para a trilhaanterior, não é suficiente para medir a capacidade de carga da trilha em questão pois leva em consideração apenas fatores como a distância da trilha (S), o tempo necessário para percorrer toda a trilha (t.v.), o espaço necessário para que um grupo não encontre aviste o outro (s.v) e o tempo em que o Parque permanece aberto (T). É necessário ajustar o cálculo, introduzindo novas variáveis, chamados...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Estudo de capacidade de suporte
  • Capacidade de suporte e os vetores de pressão nos monólitos de quixadá
  • AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE DE SUPORTE DE UM PAVIMENTO COM BASE NO GRAU DE COMPACTAÇÃO DO SUBLEITO
  • Trilha
  • Trilha
  • Cerrado
  • Cerrado
  • cerrado

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!