Portaria 453 98 artigos e trabalhos de pesquisa

  • portaria 453 resumo

    PORTARIA 453 RESUMO Resumo da portaria 453 Regulamento Técnico que estabelece as diretrizes básicas de proteção radiológica em radiodiagnóstico médico e odontológico, dispõe sobre o uso dos raios-X diagnósticos em todo território nacional e dá outras providências. A SECRETARIA DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA no uso de suas atribu... 319 Palavras2 Páginas • Portaria 453 RESUMO Foi elaborado um sistema para gerenciamento informatizado dos testes de controle de qualidade exigidos pela Portaria 453/98...

    2056  Palavras | 9  Páginas

  • portaria 453/98

    19/10/1990,que trata das condições e a pro- Moção e recuperação da saúde como direito fundamental do Ser humano e considerando:foi elaborada um sistema para Gerenciamento informatizado dos testes de controle de Qualidade exigidos pela portaria 453/98 da secretaria de Vigilância sanitária do ministério da saúde,visando otimizar Sua execução,armazenamento e interpretação. Testes de controle de qualidade são parte de programa de Garantia de qualidade que deve ser implantado em toda Instalação...

    773  Palavras | 4  Páginas

  • Portaria 453

    RESUMO Foi elaborado um sistema para gerenciamento informatizado dos testes de controle de qualidade exigidos pela Portaria 453/98 da Secretaria de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde, visando otimizar sua execução, armazenamento e interpretação. Os testes de controle de qualidade são parte do programa de garantia de qualidade que deve ser implantado em toda instalação de radiodiagnóstico médico e odontológico. Para isso, foi elaborado um banco de dados utilizando o programa Microsoft Access®...

    692  Palavras | 3  Páginas

  • portaria 453

    ESTUDO DA PORTARIA 453/98 MS POR PARTES Em julho de 1998 - Portaria N. 453 pelo Ministério da Saúde aprovando o Regulamento Técnico que estabelece as diretrizes básicas de proteção radiológica em radiodiagnóstico médico e odontológico e dispondo sobre o uso dos raios-X diagnósticos em todo território nacional. 1 - Antes desse documento, o controle ERA centralizado pelo governo federal e era problemático. 2 - Por meio deste documento, os órgãos nacionais de saúde passam a tomar medidas...

    1153  Palavras | 5  Páginas

  • trabalho portaria

    Trabalho sobre Proteção Radiológica •Fazer um resumo da portaria 453/98 obedecendo a estrutura e as orientações a seguir: A.Introdução: Qual o objetivo e a abrangência da portaria 453/98? Qual o assunto abordado em cada capítulo? Objetivo e abrangência da Portaria: Aprova o Regulamento Técnico que estabelece as diretrizes básicas de proteção radiológica em radiodiagnóstico médico e odontológico, dispõe sobre o uso dos raios-x diagnósticos em todo território nacional e dá outras providências...

    1956  Palavras | 8  Páginas

  • portaria 453

     PORTARIA FEDERAL Nº 453, DE 1 DE JUNHO DE 1998 Renato Cavalcanti Natal, Rio Grande do Norte 2013.1 Sumário 1.introdução.....................................................................................................................1 2.desenvolvimento...........................................................................................................1 3.conclusão..................................................................................

    1765  Palavras | 8  Páginas

  • Samara ESTUDO DA PORTARIA 453

    ESTUDO DA PORTARIA 453/98 MS POR PARTES Criada em Junho de 1998 pelo Ministério da Saúde, a portaria 453/98 tem por objetivo. 1 – Estabelecer ao requisitos básicos de proteção radiológica em radiodiagnostico visando a defesa da saúde dos pacientes, dos profissionais de saúde envolvidos e do público em geral. 2 – Este regulamento se aplica a todo território nacional, pelas pessoas físicas e jurídicas envolvidas na utilização dos raio-x diagnósticos (produção, comercialização de equipamentos, prestação...

    3016  Palavras | 13  Páginas

  • Portaria 453 radiologia.

    09/10/2012 Portaria 453/98 da Secretaria de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde • Observação: Os tópicos apontados nestes slides, não pretende e nem deve substituir uma boa leitura de todo o texto da referida portaria. • Esta portaria foi publicada no DOU de 02/06/98 e pode ser acessado em: http://www.in.gov.br/visualiza/index.jsp?data =02/06/1998&jornal=1&pagina=7&totalArqui vos=104 1 2 HPR Prof. Hudson Scatena Físico hudson.scatena@gmail.com Brasília, 09 de outubro de 2012 ...

    1685  Palavras | 7  Páginas

  • Conhecimento e atitude dos odontólogos com relação a portaria 453 do Ministério da saúde

    ODONTÓLOGOS SOBRE PROTEÇÃO RADIOLÓGICA EM RELAÇÃO À PORTARIA 453 DO MINISTÉRIO DA SAÚDE Ana Flora Duarte1; Julieta Figueiroa2; Paula Frassinetti3 RESUMO O uso de exames que utilizam os raios X em consultórios para obtenção de um diagnóstico odontológico preciso, é de fundamental importância, porém a radiação utilizada, mesmo sendo de baixa intensidade pode causar danos às células do corpo humano. Então, em 1998, o Ministério da Saúde criou a Portaria 453, que estabelece as diretrizes básicas de proteção...

    2542  Palavras | 11  Páginas

  • Tecnologia na criação de programas diversos

    Portaria 453/98 e Proteção Radiológica Prof. Alwin Elbern, Ph.D. Escola de Engenharia da UFRGS - DENUC Portaria 453/98 da Secretaria de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde "Diretrizes de Proteção Radiológica em Radiodiagnóstico Médico e Odontológico" gico Estabelece os requisitos básicos de proteção radiológica em radiodiagnóstico; Disciplina a prática com os raios-x para fins diagnósticos e intervencionistas; Visa a defesa da saúde dos pacientes, dos profissionais envolvidos e do público...

    2587  Palavras | 11  Páginas

  • Fluxograma

    3 Quem Faz?  Pro Rade  Portaria 453  Anvisa  Phimedi 4 Pro Rade  Os Aparelhos de Raio X novos devem ser submetidos ao Controle de Qualidade para a aceitação do equipamento.  Nos Aparelhos de Raios X usados este Controle deve ser periodicamente, conforme frequência determinada pela Portaria 453/98 da SVS/MS.  No caso de não conformidade a Pro Rade orienta sobre o que fazer. 5 Portaria 453/98  Determina a frequência e os parâmetros...

    746  Palavras | 3  Páginas

  • Controle de qualidade em serviços de mamografia no município de

    do Programa de Garantia de Qualidade - PGR, determinado pela Portaria Federal 453/98. Em janeiro de 2005, foram entrevistados Responsáveis Técnicos e Técnicos em Radiologia de nove serviços de mamografia, no Município de Salvador, com a finalidade de verificar o nível de conhecimento destes profissionais sobre a referida Legislação. A análise dos dados demonstrou que a maioria dos entrevistados desconhece a Portaria Federal 453/98 bem como o Programa de Garantia de Qualidade por ela preconizado...

    3710  Palavras | 15  Páginas

  • Proteção Radiológica

    Principio de Prevenção de Acidentes Este principio esta relacionado aos acidentes de instalação, manipulação dos equipamentos, minimizado as exposições excessivas e para evitar acidentes. Regulamentação do uso dosímetro Segundo a Portaria Federal svs n°453, de 1 de junho de 1998 capitulo 3 - requisitos operacionais parágrafo 3.47 , Todo indivíduo que trabalha com raios-x diagnósticos deve usar, durante sua jornada de trabalho e enquanto permanecer em área controlada, dosímetro individual...

    1090  Palavras | 5  Páginas

  • Portaria 453

    INTRODUÇÃO - PORTARIA453 DO MINISTÉRIO DA SAÚDE TERÇA-FEIRA, 02 DE JUNHO DE 1998 MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA PORTARIA453, DE 1 DE JUNHO DE 1998 Aprova o Regulamento Técnico que estabelece as diretrizes básicas de proteção radiológica em radiodiagnóstico médico e odontológico, dispõe sobre o uso dos raios-x diagnósticos em todo território nacional e dá outras providências. A Secretária de Vigilância Sanitária, no uso de suas atribuições legais...

    734  Palavras | 3  Páginas

  • TST e BC

    Hospitalar Tecnólogo em Radiologia http://www.lucianosantarita.pro.br E-mail: tecnologo@lucianosantarita.pro.br Sumário • Histórico e Objetivos • Legislação • Conceitos Fundamentais de Radioproteção • Princípios de Proteção Radiológica (Portaria 453/98) • EPI e Dosímetros • Grandezas Radiológicas • Efeitos da Radiação no Ser Humano • Ações para Redução das Exposições as Radiações • Exercícios Histórico • 1900 – Casos de lesão por raios-X foram relatados na literatura. Pierre Curie ...

    2764  Palavras | 12  Páginas

  • PORTARIA 453

    PORTARIA FEDERAL Nº 453, DE 1 DE JUNHO DE 1998 Aprova o Regulamento Técnico que estabelece as diretrizes básicas de proteção radiológica em radiodiagnóstico médico e odontológico, dispõe sobre o uso dos raios-x diagnósticos em todo território nacional e dá outras providencias. A Secretaria de Vigilância Sanitária, no uso de suas atribuições legais, tendo em vista as disposições constitucionais e a lei 8.080, de 19 de Outubro de 1990, que tratam das condições parta a promoção e recuperação da...

    2335  Palavras | 10  Páginas

  • Radiações

    Cidade Universitária - Recife/PE. Telefone:(081)2125-1773 Email:carlaine.carvalho@gmail.com (2) CEFET-PE, e-mail: antonio.ksbarbosa@ufpe.br (3) CEFET-PE, e-mail: rjmatos@terra.com.br (4) CRCN/CNEN, e-mail: masantos@cnen.gov.br RESUMO A Portaria453 da Secretaria de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde exige que os hospitais, onde existam unidades de radiologia, elaborem um PGQ-Programa de Garantia da Qualidade, que contemple a realização de testes de constância - um expediente de...

    5542  Palavras | 23  Páginas

  • tomografia

    consiste em avaliar a blindagem e os níveis de radiação nas áreas adjacentes às salas de tomografia, visando a proteção individual dos médicos, técnicos, funcionários e pacientes presentes nos setores. Treinamento em proteção radiológica A Portaria 453/98-MS diz que o treinamento em proteção radiológica deve ser realizado anualmente. Esse treinamento aborda os fundamentos básicos de Proteção Radiológica e técnicas práticas de otimização das doses em profissionais e pacientes envolvidos neste tipo...

    679  Palavras | 3  Páginas

  • radiologia

    Portaria 453/98 e Proteção Radiológica Prof. Alwin Elbern, Ph.D. Escola de Engenharia da UFRGS - DENUC Portaria 453/98 da Secretaria de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde "Diretrizesde Proteção Radiológica em Radiodiagnóstico Médico e Odontológico" gico Estabelece os requisitos básicos de proteção radiológica em radiodiagnóstico; Disciplina a prática com os raios-x para finsdiagnósticos e intervencionistas; Visa a defesa da saúde dos pacientes, dos profissionais envolvidos e...

    521  Palavras | 3  Páginas

  • 388512870132

    normativos de operação dos equipamentos de raios-x (Portaria453 da Secretaria de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde), à qualidade do processamento químico e do processo de revelação da imagem radiográfica e ao risco de exposição dos operadores e da população flutuante aos raios-x. Utilizou-se como orientação metodológica investigativa a AET-Análise Ergonômica do Trabalho e realizou-se testes de constância à luz da referida Portaria. As contribuições teóricas situam no campo da ergonomia...

    5223  Palavras | 21  Páginas

  • Prova para concurso público de técnico em radiologia

    que regem o regulamento estabelecido pela portaria 453 de 01 de junho de 1998, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Portaria 453/98, da ANVISA), estão corretas, EXCETO: A) Justificação da prática médica individual. B) Otimização da proteção radiológica. C) Controle operacional das entidades prestadoras de serviços que implicam na utilização de raios X diagnósticos. D) Prevenção de acidentes. QUESTÃO 17 De acordo com a Portaria 453/98 da ANVISA, os titulares dos serviços de radiologia...

    2327  Palavras | 10  Páginas

  • Raiox odontologico

    regem o regulamento estabelecido pela portaria 453 de 01 de junho de 1998, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Portaria 453/98, da ANVISA), estão corretas, EXCETO: A) Justificação da prática médica individual. B) Otimização da proteção radiológica. C) Controle operacional das entidades prestadoras de serviços que implicam na utilização de raios X diagnósticos. D) Prevenção de acidentes. QUESTÃO 17 De acordo com a Portaria 453/98 da ANVISA, os titulares dos serviços...

    2284  Palavras | 10  Páginas

  • F sica na Radiologia

    Física na Radiologia Legislações Nacionais FUNDAÇÃO UNIVERSITÁRIA DE CARDIOLOGIA – 2010 Palestrante: Fís. Rochelle Lykawka RADIOTERAPIA CNEN MEDICINA NUCLEAR RADIAÇÕES NA MEDICINA PORTARIA 453/98-MS RADIODIAGNÓSTICO FUNDAÇÃO UNIVERSITÁRIA DE CARDIOLOGIA – 2010 Palestrante: Fís. Rochelle Lykawka Portaria 453/98-MS Aprova o Regulamento Técnico que estabelece as diretrizes básicas de proteção radiológica em radiodiagnóstico médico e odontológico, dispõe sobre o uso dos raios-x diagnósticos em...

    736  Palavras | 3  Páginas

  • radiologia

    4 CCS » R e v i s t a E T C Nº 2 Qualidade em radiodiagnóstico médico e odontológico: a importância da portaria ms 453/98 Marcus Navarro Autor da Implantação da Portaria 453/98 no Estado da Bahia, Núcleo de Tecnologia em Saúde/Laboratório de Física radiológica; CEFETBA mvtn@cefetba.br Jacqueline Gurjão Diretoria de Vigilância e Controle Sanitário do Estado da Bahia jgurjao@uol.com.br Eliana Alcantara Núcleo de Tecnologia em Saúde/Laboratório de Física radiológica; CEFETBA elianal@cefetba...

    4067  Palavras | 17  Páginas

  • Descoberta dos Raios - X

    não usada corretamente e com os acessórios de segurança adequados para cada especialidade. Este trabalho traz o tema de Controle de Qualidade em Raios – X convencional. Para isso foi elaborado um questionário baseado na Portaria 453/98 (Anexo 1) e aplicou-se em um setor de radiologia convencional. Verificou-se que o serviço avaliado atende as especificações da legislação vigente. 1.0 OBJETIVO Verificar o Controle de Qualidade nos Raios –X Convencional em uma...

    2781  Palavras | 12  Páginas

  • Avaliação das condiçoes de radioproteção de um serviço de radiologia

    radiação. Além dessas diretrizes existem também Normas Regulamentadoras, na legislação, que dispões sobre segurança e saúde no trabalho a fim de expor as obrigações dos empregadores e dos funcionários no serviço de radiologia. Cabe destacar a NR-32 (Portaria MTE 485/2005) que dispões sobre segurança e saúde no trabalho em estabelecimentos de saúde, e também discorre sobre os serviços de radiodiagnóstico. Apesar da existência destas normas, este trabalho mostra como resultado a inadequação do estabelecimento...

    7655  Palavras | 31  Páginas

  • 000000

    Tem por objetivo manter e averiguar o desempenho dos equipamentos dentro dos padrões de conformidade estabelecidos pelas legislações vigentes e garantir o bom desempenho com baixas doses no paciente;  Atualmente estabelecida pela portaria 453/98-MS (substituindo a Resolução 64/03) , que através da ANVISA ( Agência Nacional de Vigilância Sanitária), desenvolveu o manual de “Radiodiagnóstico Médico, Segurança e Desempenho de Equipamentos”.  Apresenta os roteiros mínimos de testes...

    1529  Palavras | 7  Páginas

  • Radiologia HGL

    DOSÍMETRIA As doses lidas nos dosímetros da PRO-RAD servem para verificar se o usuário recebeu doses menores ou maiores do que as estabelecidas pela norma. É importante frisar que de acordo com a Lei 6.514 de 22/12/77, portaria 3214 de 08 de Junho de 1978 e portaria 4 de 11 de abril de 1994, está previsto adicional de insalubridade quando os níveis de radiação estiverem acima dos limites. Órgão Indivíduo Ocupacionalmente Exposto Indivíduo do Público Corpo inteiro (Dose Efetiva) ...

    5817  Palavras | 24  Páginas

  • LEVANTAMENTO RADIOMETRICO

    equipamento instalado e se esta integra. De forma a garantir que os níveis de radiação a que estão submetidos os operadores, pacientes e indivíduos do público em geral estão dentro dos limites estabelecidos pela legislação vigente (Portaria 453/98-MS). Segundo a Portaria 453/98-MS do Ministério da Saude, o levantamento radiométrico, ou a Radiometria tem a finalidade de verificar se as restrições de dose estão abaixo dos níveis considerados seguro tanto aos indivíduo ocupacionalmente exposto, como ao paciente...

    1866  Palavras | 8  Páginas

  • Controle de qualidade em mamografia

    Mamografia Convencional .................................................................................. 8 2.3 Mamografia Digital ............................................................................................... 9 2.4 Requisitos da Portaria 453/98.............................................................................. 9 2.5 Teste de Controle de Qualidade em Mamógrafos ............................................. 10 2.5.1 Qualidade do processamento ................................

    3061  Palavras | 13  Páginas

  • Educação física

    programa de gerenciamento utilizando um banco de dados na plataforma Microsoft Windows 98-Access, levantamento operacional e condições de funcionamento dos equipamentos. A criação de uma nova rotina nas manutenções vai ao encontro das necessidades de reduzir o tempo de atendimento, custos, e de melhoria na qualidade da imagem em um serviço de radiodiagnóstico, atendendo também às exigências da Portaria 453/98 do Ministério da Saúde. Unitermos: Manutenção de equipamento; Radiografia – instrumentação;...

    7055  Palavras | 29  Páginas

  • Saneamento

    RADIOLÓGICA (ICRP) 1988 - CNEN-NE 3.01 - Diretrizes Básicas de Proteção Radiológica 1998 - Portaria 453/98-MS CAMG - IC/ FUC RADIAÇÃO IONIZANTE PRINCÍPIOS E PROTEÇÃO RADIAÇÃO IONIZANTE PRINCÍPIOS E PROTEÇÃO PROTEÇÃO RADIOLÓGICA “ Conjunto de medidas que visam proteger o homem, seus descendentes e seu meio ambiente contra possíveis efeitos indevidos causados pela radiação ionizante.” PORTARIA 453/98-MS CAMG - IC/ FUC PROTEÇÃO RADIOLÓGICA REGRAS BÁSICAS DE PROTEÇÃO RADIOLÓGICA Blindagem ...

    1011  Palavras | 5  Páginas

  • Identidade visual

    o dosímetro padrão junto com os dosimetros de profissionais que estavam de folga em lugares onde não à radiação ionizante. Com relação à proteção radiológica, todos os equipamentos de proteção como EPI e EPC estavam de acordo com as normas da Portaria 453/92 do Ministério da Saúde. A Santa Casa também faz uso de todas as sinalizações necessárias para indicar o local onde se encontra o equipamento radiográfico. Não foi encontrado no suporte o avental pulbifero, utilizado nos exames com radiação...

    1252  Palavras | 6  Páginas

  • mamografia

    do Estado de Roraima/ 1. INTRODUÇÃO  Controle de qualidade em mamografia significa o conjunto de testes para assegurar a qualidade da imagem em mamografia. Os testes têm como base os requisitos técnicos da mamografia estabelecidos na Portaria453/98, Ministério da Saúde (MS), "Diretrizes de Proteção Radiológica em Radiodiagnóstico Médico e Odontológico", e na experiência de grupos que realizam o controle de qualidade de equipamentos para mamografia. A mamografia é a radiografia da mama...

    551  Palavras | 3  Páginas

  • NÍVEIS DE RADIOPROTEÇÃO EM HOSPITAIS PÚBLICOS: Segurança do Trabalho nos Serviços de Radiodiagnóstico

    ..................... 93 5. CONCLUSÕES .................................................................................................. 95 6. CONSIDERAÇÕE FINAIS .................................................................................. 98 REFERÊNCIAS ....................................................................................................... 100 APÊNDICES ........................................................................................................... 102 12 ...

    23096  Palavras | 93  Páginas

  • Ppr radiologia

    cliente, ética profissional, respeito ao ser humano e preocupação com a proteção individual e coletiva dos indivíduos. SUMÁRIO 1. Introdução 2. Sumário 3. Justificativa 4. Missão, visão e valores 5. Portaria 453|98-ms 6. Dados cadastrais\ licenciamento 7. Do responsável legal 8. Descrições das instalações físicas 9. Descrição dos e componentes 10. Das blindagens das salas de exames (raios-X convencional, ressonância) ...

    1328  Palavras | 6  Páginas

  • justificativa

    AND THE NURSING FEDERAL ADIATION ESOLUTION COUNCIL’S RESOLUTION FULFILLMENT Rita de Cássia Flor* Ana Lúcia Cardoso Kirchhof** RESUMO: Este estudo teve por objetivo verificar o cumprimento da Resolução do Conselho Federal de Enfermagem- 211/98 que dispõe sobre a atuação dos profissionais de enfermagem nas atividades envolvendo radiação ionizante. O referencial teórico fundamentou-se nas normas da Comissão Nacional de Energia Nuclear e na referida Resolução. Aplicou-se o método descritivo...

    3666  Palavras | 15  Páginas

  • radiologia

    instalações elétricas com fios desencapados, observar para não expor inadvertidamente um colega à radiação, sinalização adequada ( faz se necessário a indicação de sinal luminoso e sonoro localizado no painel de controle do aparelho, segundo a Portaria453/98). Riscos biológicos- (agentes biológicos como microrganismos como bactérias, fungos e outros fluidos e secreções corpóreas, materiais perfuro-cortantes) – podem ocorrer durante os exames em que o profissional de radiologia ajuda o paciente...

    655  Palavras | 3  Páginas

  • Controle de qualidade em radiologia convencional

    testes de qualidade nos equipamentos, testes bianuais, anuais, semestrais e semanais que garante um bom serviço, evitando assim a chamada dose dupla de radiação no paciente, estes testes padronizam os níveis de radiação legal de acordo com a portaria MS 453/98. Em materiais e métodos temos resultados da exatidão e reprodutibilidade do kV, tempo de exposição e taxa de kerma. Concluindo que devemos garantir a qualidade dos serviços de radiodiagnostico e controlar as doses de radiação no pacientes...

    2981  Palavras | 12  Páginas

  • Normas

    radiações ionizantes e radioproteção CNEN – Comissão Nacional de Energia Nuclear Estrutura de normas da CNEN Resoluções CNEN: 130, 144, 145, 146 e 148 Seminários e elaboração de resumos ANVISA – Agencia Nacional de Vigilância Sanitária Portaria 453/98 da ANVISA Análise de Memorial descritivo 02 Bibliografia Fundamentos de energia nuclear – Jucimar Peruzzo Segurança nuclear e proteção do meio ambiente – Paulo Fernando Lavalle Heilbron Filho et al Radioproteção e dosimetria: Fundamentos...

    5292  Palavras | 22  Páginas

  • radiologia

    com implantes mamários de silicone é • método de Rhese. • método de Hass. • método de Eklund. • método de Owen. QUESTÃO 39 As patelas são consideradas ossos • planos. • sesamoídes. • irregulares. • curtos. QUESTÃO 40 De acordo com a Portaria 453/98 da ANVISA, a exposição ocupacional de menores de 18 anos é proibida. Para estudantes com idade entre 16 e 18 anos, em estágio de treinamento profissional, as exposições não devem exceder os valores seguintes: • Dose efetiva anual de 4 mSv e dose...

    1523  Palavras | 7  Páginas

  • Dosimetria

    ................3 1.1 RADIOPROTEÇÃO..................................................................................4 1.2 NORMAS CENEN....................................................................................4 * PORTARIA 453.........................................................................................5 * NORMA ABNT..........................................................................................5 * IMPORTÂNCIA DA RADIOPROTEÇÃO NA SAÚDE...

    2259  Palavras | 10  Páginas

  • QUEST ES DE RADIOLOGIA

    específicas de responsabilidade objetivos d) pode ser subjetiva, havendo hipóteses específicas de responsabilidade objetiva, ou pode pode ser objetiva genérica, no caso das atividades de risco normalmente desenvolvidas 11) O princípio que norteia a Portaria 453/1998 no que diz respeito aosfundamentos da proteção radiológica e é denominado princípio da: a) justificação da prática B exposição ocupacional. C )prevenção de acidentes D limitação de doses individuais E otimização da proteção radiológica. ...

    1035  Palavras | 5  Páginas

  • Radiologia

    * Teste de Qualidade em Mamografia, portaria 453/98, norma cnen- nn 301 Controle de qualidade em mamografia representa o conjunto de testes para assegurar a qualidade da imagem em mamografia. Os testes têm como base os requisitos técnicos da mamografia estabelecidos na Portaria453/98 do Ministério da Saúde, “Diretrizes de Proteção Radiológica”. Segundo a Portaria 453/98, os quesitos que deverão são: • Fabricante e modelo dos mamógrafos e processadoras – item 4.38 • Operação do controle...

    1875  Palavras | 8  Páginas

  • trabalho de biofisica sala de radiologia

    portanto, agir de modo a não contribuir para o agravamento dos problemas biológicos irreversíveis que deverão sobrevir. NORMAS E ORGAOS REGULAMENTADORES DE USO DE ENERGIA IONIZANTE Ministério da saúde, secretaria de vigilância sanitário da portaria453, de 1 de julho de 1998. Aprova o Regulamento Técnico que estabelece as diretrizes básicas de proteção radiológica em radiodiagnóstico médico e odontológico, dispõe sobre o uso dos raios-x diagnósticos em todo território nacional e dá outras providências...

    1436  Palavras | 6  Páginas

  • Fabrica de reciclagem de polimeros

    Fumaça Preta Portaria IBAMA 85/96 (Plano de Automonitoramento da Frota), Portaria Minter 100/80 (Veículos/Poluição Atmosférica), Resolução Contran 510/77 (Veículos/Fumaça Preta), GRUPO 06 - GLP NR 20 (Inflamáveis), Resolução ANP 15/2005 (GLP), Decisão Normativa Confea nº 32, de 14/12/1988 (Centrais de Gás) GRUPO 07 – Incêndio/Explosão NR 23 (Proteção contra incêndios), Decreto 46.076/2001 (Regulamento Segurança contra Incêndio), Portaria Inmetro 158/2006 (Extintores), Portaria Inmetro 54/2004...

    7408  Palavras | 30  Páginas

  • Segurança do Trabalho

    (a) Estocásticos (b) Determinísticos (c) Casuais (d) não somáticos. ______________________________________________________________________________________________________________________ 18-De acordo com a Portaria 453/98 da ANVISA, durante a utilização de avental plumbífero, a forma correta de fixação do dosímetro individual de leitura indireta e o fator de correção a ser aplicado para estimativa de dose efetiva são: (a) sob o avental plumbífero...

    10168  Palavras | 41  Páginas

  • uso de epis

    realizada em livros-textos e em revistas periódicas indexadas no MEDLINE, nas línguas portuguesa, inglesa, francesa e espanhola, no período de 1966 a 2005, conforme os princípios e as normas de segurança de proteção radiológica norteadas pela Portaria 453/98 do Ministério da Saúde e a norma da Comissão Nacional de Energia Nuclear NN-3.01 do Ministério da Ciência e Tecnologia. Diagnostic radiology is a field of physical medicine that uses X rays to obtain functional and anatomical information...

    6209  Palavras | 25  Páginas

  • Proteção radiologica

    em geral. Incide sobre o indivíduo considerando todas as exposições, decorrentes de todas as práticas que o indivíduo possa estar exposto.     Exposições ocupacionais Nas exposições ocupacionais normais, nas práticas abrangidas pela Portaria 453, o controle deve ser feito de maneira que: • A dose efetiva anual não deve exceder 20mSv em qualquer período de 5 anos consecutivos, não podendo exceder 50mSv em um ano; • Menores de 18 anos não podem trabalhar com raios-X diagnósticos...

    6414  Palavras | 26  Páginas

  • Radiologia

    necessário escolher os equipamentos que serão instalados para que os profissionais (engenheiro, arquiteto, tecnólogo, físico médico), possam iniciar os processos de desenvolvimento dos ambientes de acordo com a RDC 50 e Portaria 453 do Ministério da Saúde.     De acordo com a Portaria 453 do Ministério da Saúde o licenciamento de um serviço de radiodiagnóstico segue os seguintes processos: a) Aprovação, sob os aspectos de proteção radiológica, do projeto básico de construção das instalações. b) Emissão...

    1543  Palavras | 7  Páginas

  • Filme cr x dr

    iniciativas tornaram-se casos de sucesso, demonstrando que, em médio prazo, o controle de qualidade traz benefícios a todos os elementos envolvidos. Dado o sucesso da implementação da Resolução 625/94 no Estado de São Paulo, quatro anos mais tarde a Portaria MS 453/983 ampliaria essa iniciativa a todo o país. Todo esse esforço de profissionais da área na época, tentando estabelecer critérios para implementar diversos PGQs cumpriu uma grande tarefa pioneira. Os PGQs previstos por estas publicações visavam...

    2883  Palavras | 12  Páginas

  • Controle de qualidade em radiologia

    exposição com técnica definida pelo fabricante – Avalia-se o desalinhamento na imagem radiográfica gerada. Resultados – O Maximo desalinhamento recomendado, pela legislação, e 2% da distancia foco-filme (DFF). Alguns testes de CQ previstos na Portaria 453   Medida de exatidão e reprodutibilidade de tensão no tubo (kV) Tem a finalidade de aferir a energia do feixe de raios X, garantindo a conformidade do mesmo com o ajuste de kV realizado no Aparelho.  O teste de exatidão visa avaliar o quanto...

    1319  Palavras | 6  Páginas

  • levantamento radiometrico

    são confiáveis nesta modalidade. Em radiologia, o LR deve ser realizado por um Especialista em Física do Radiodiagnóstico. [Portaria 453/98 – 3.9 (c) (ii)] Este teste tem validade de 4 anos desde a realização do último levantamento, exceto se houver modificações na sala, carga de trabalho ou ocupação/características das salas adjacentes. De acordo com a Portaria 453: "3.9 c) ii)  O relatório de levantamento radiométrico, deve ser emitido por um especialista em física de  radiodiagnóstico (ou...

    819  Palavras | 4  Páginas

  • Eletrecidade estática

    relativos à segurança da instalação e dos indivíduos que direta ou indiretamente estão envolvidos; e atender aos requisitos do Regulamento Técnico do Ministério da Saúde – “Diretrizes de Proteção Radiológica em Radiodiagnóstico Médico e Odontológico – Portaria#453”, editado em junho de 1998, que disciplina a prática com os Raios X para fins diagnósticos e intervencionistas.   Objetivos * Fazer o Controle da Qualidade em radiologia convencional, radiologia odontológica, mamografia, tomografia computadorizada...

    925  Palavras | 4  Páginas

  • CSC NESC 2006 4 EduardoBorba

    partes superiores do tubo digestivo e lesões nas vilosidades intestinais; a mucosa de revestimento da bexiga sofre ulcerações e eventuais infecções, podem ocorrer esterilidade (reversível ou não) e opacificação do cristalino (Okuno, 1988). A Portaria453, de 1º de junho de 1998, da Secretaria de Vigilância Sanitária (SVS), é o documento que estabelece as diretrizes básicas de proteção radiológica em radiodiagnóstico médico e odontológico, dispõe sobre o uso dos raios-X diagnóstico em todo o território...

    6518  Palavras | 27  Páginas

  • Portaria 42/1999

    PORTARIA Nº 42, DE 14 DE ABRIL DE 1999, DO MOG – DOU de 15.4.99 1 PORTARIA Nº 42, DE 14 DE ABRIL DE 1999, DO MOG – DOU de 15.4.99 Atualiza a discriminação da despesa por funções de que tratam o inciso I do § 1º do art. 2º e § 2º do art. 8º, ambos da Lei nº 4.320, de 17 de março de 1964, estabelece os conceitos de função, subfunção, programa, projeto, atividade, operações especiais, e dá outras providências. O MINISTRO DE ESTADO DO ORÇAMENTO E GESTÃO, no uso de suas atribuições, observado...

    1177  Palavras | 5  Páginas

  • Trabalho De Biomedicina Ana Cecilia

    projeto arquitetônico de um Centro de Bioimagem: a Resolução da Diretoria Colegiada nº 50 de 2002 (RDC50) - Regulamento técnico para planejamento, programação, elaboração e avaliação de projetos físicos de estabelecimentos assistenciais de saúde, a Portaria 453/98 - Diretrizes básicas de proteção radiológica, a Norma Brasileira 9050 de 2004 (NBR 9050) - Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos e pôr fim a Resolução da Diretoria Colegiada nº 306 de 2004 (RDC306/04) - Gerenciamento...

    2256  Palavras | 10  Páginas

  • Adm

    5. Administração de recursos humanos. utilizados na 29 O que é Imaginologia??? 30 FINALIDADES DOS CENTROS DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM Realizar exames radiológicos diversos, contrastados ou não,respeitando as determinações constantes na portaria 453/1998, de modo a prevenir danos a saúde dos profissionais, que atuam no ambiente, e do paciente. Servir de campo de ensino para alunos dos cursos: técnico e tecnólogo em radiologia, médicos residentes e outros profissionais da saúde, visando á...

    3063  Palavras | 13  Páginas

  • mamografia

    requisitos técnicos da mamografia estabelecidos na Portaria453/98, ANVISA/ Ministério da Saúde (MS), "Diretrizes de Proteção Radiológica em Radiodiagnóstico Médico e Odontológico", e na experiência de grupos que realizam o controle de qualidade de equipamentos para mamografia. REQUISITOS TÉCNICOS REQUISITOS DA PORTARIA453/98 Os requisitos que devem apresentar conformidade, tendo em vista itens correspondentes na Portaria453/98, são: • Fabricante e modelo dos mamógrafos e processadoras...

    2651  Palavras | 11  Páginas

  • A Sala De Exames Radiol Gicos Convencionais

    comando 1 para cada sala de exames telecomandados. Uma sala pode servir à 2 salas de exames 4,0 m² com dimensão mínima = 1,8 m Sala de interpretação e laudos 1 6,0 m² Vide Portaria453/98 do Ministério da Saúde “ Diretrizes Básicas de Proteção Radiológica em Radiodiagnóstico Médico e Odontológico, publicada no DO de 02/06/98. AMBIENTES DE APOIO: Imagenologia ( comum à todos, exceto salas para oftalmologia e hemodinâmica) -Área para registro de pacientes -Sanitário para pacientes ( exclusivo para...

    505  Palavras | 3  Páginas

tracking img