Cultura Da Fava artigos e trabalhos de pesquisa

  • Cultura da fava

    Preparação da cama de sementeira A faveira é uma cultura que requer cuidados culturais muito simples. O combate ás infestantes pode ser feito através de mobilizações, de sachas ou de outras formas de monda. É uma cultura muito sensível a resíduos de herbicidas que tenham sido aplicados em culturas precedentes e permaneçam no solo. Durante a quinta semana do ano procedeu-se a duas gradagens cruzadas, a primeira com orientação perpendicular à disposição com que a sementeira irá ficar e a segunda...

    1272  Palavras | 6  Páginas

  • Diversidade genética e eficiência simbiótica de isolados de rizóbios nativos em feijão-fava

    DIVERSIDADE GENÉTICA E EFICIÊNCIA SIMBIÓTICA DE ISOLADOS DE RIZÓBIOS NATIVOS EM FEIJÃO-FAVA (Phaseolus lunatus L.) JADSON EMANUEL LOPES ANTUNES TERESINA Estado do Piauí - Brasil Maio - 2010 ANTUNES Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Agronomia do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Piauí, para obtenção...

    25540  Palavras | 103  Páginas

  • cultura bantu ngola

    12/01/14 CULTURA BANTU NGOLA CULTURA BANTU NGOLA ÍNDICE 01. ORIGEM DO CULTO - CRONOLOGIA 02. NOÇÕES DE NGOLA 2.A. ENCANTAMENTOS 2.B. O NÚMERO 7 2.C. UAFU-ZA-KUIZA 2.D. NGOMBO 2.E. ALFABETO GLOZEL 03. O CHÃO DE NGOLA 04. LOCAIS SAGRADOS 05. TÍTULOS HIERÁRQUICOS 06. QUALIDADES DE JINKISI 07. ENREDOS DE JINKISI 08. SAUDAÇÕES NO NGOLA 09. NGUDIA 10. KISABA 11. BENGUÉ 12. SACRAMENTOS 12.A. CENTROS MAGNÉTICOS 12.B. KESO 12.C. FEITURA 12.C.I. KIBOTHÉ - OS CENTROS MAGNÉTICOS ...

    39164  Palavras | 157  Páginas

  • Cultura de Alagoas

    Dudu: A cultura alagoana é baseada na culinária, no folclore e na tradição do artesanato e bordados que são considerados os mais ricos e variados do Nordeste, sendo produzidos em todos os quadrantes do estado. São trabalhos manuais que tem seus ensinamentos transmitidos por gerações, e que tem grande procura e valor tanto pelo mercado nacional como o internacional. As peças são confeccionadas em palha, cerâmica, madeira, couro, casca de coco, fibra de bananeira, além dos tradicionais bordados de...

    596  Palavras | 3  Páginas

  • Rotação de culturas

    Rotação de culturas Conceito: • A rotação de culturas consistem em alternar espécies vegetais, no correr do tempo, numa mesma área agrícola. (http://www.cnpso.embrapa.br/producaosojaPR/rotacao.htm) • A rotação de culturas é definida como sendo a alternância ordenada de diferentes culturas, em determinado espaço de tempo (ciclo), na mesma área e na mesma estação do ano. (http://www.cnpso.embrapa.br/download/Doc_327-VE.pdf) • As espécies escolhidas devem ter propósitos comercial e de manutenção...

    1116  Palavras | 5  Páginas

  • Principais Culturas agrícolas Brasileiras

    áreas abertas ou degradadas o Cultivo por grãos jogados deliberadamente em canteiros oDomesticação das plantas Domesticação de plantas há 10.500 anos Crescente Fértil – Mediterrâneo Ocidental Posteriormente  Lentilha  Ervilha  Grão de bico  Fava  Oliveira  Tamareira  Romã  Parreira  Linho (Linum sitatissimum L. - alimentação e vestuário) CENTROS DE ORIGEM Origem Transição do hábito nômade de caçadorcoletor para hábito sedentário  1° passo em direção à civilização -formar comunidades...

    1326  Palavras | 6  Páginas

  • Acaraj elemento central da cultura e hist ria dos africanos no pa s brasileiro

    Acarajé é elemento central da cultura e história dos africanos no país brasileiro Mais do que uma comida rápida de rua, o acarajé é indissociável da cultura do candomblé. O ofício das baianas do acarajé foi declarado patrimônio cultural do Brasil em 2012, reconhecendo uma profissão feminina historicamente presente no País: as baianas de tabuleiro.  Nas ruas de Salvador (BA), de outras cidades do estado da Bahia e, mais recentemente, em outras regiões do Brasil, as baianas tradicionais encontram-se...

    4135  Palavras | 17  Páginas

  • Índice de Satisfação de Necessidade de Água (WRSI) na Cultura de Feijão Vulgar (Phaeseolus vulgaris L.) no Distrito Sussundenga.

    I. INTRODUÇÃO O índice de satisfação de água (WRSI) é um indicador de desempenho de culturas com base na disponibilidade de água para a cultura durante a estação de crescimento. Estudos da FAO têm mostrado que WRSI pode estar relacionado com a produção de culturas de rendimento utilizando uma função de redução linear específica a uma cultura (FAO, 1977; FAO, 1979; FAO, 1986). Verdin e Klaver (2002) demonstraram recentemente a aplicação regional da WRSI em um ambiente de modelagem grade baseada...

    2430  Palavras | 10  Páginas

  • Cultura dos indios guajajaras

    CULTURA DOS INDIOS GUAJAJARAS São Luís 2010 ALCIDES PIRES GONÇALVES JUNIOR ELIVÂNIA PIRES DE SOUZA FELIPE ELIAKIM BARBOSA ALVES CARDOSO JOSÉ JORGE MENDES JULIANA CARVALHO ARAÚJO LIDIANE PEREIRA MELO LOPES VANCIVLEIDE SILVA DE MELO ...

    5162  Palavras | 21  Páginas

  • Estresse hidrico em faseulus lunatus

    PIAUI- UFPI PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA-PPGA EFEITO DO DÉFICIT HÍDRICO SOBRE O DESENVOLVIMENTO DO FEIJÃO-FAVA EM AMBIENTE PROTEGIDO ANTONIO EUDES DE SOUSA OLIVEIRA TERESINA Estado do Piauí, Brasil, Agosto 2012 ii UNIVERSIDADE FEDERAL DO PROTEGIDO ANTONIO EUDES DE SOUSA OLIVEIRA Engenheiro Agrônomo Dissertação apresentada ao Programa...

    18635  Palavras | 75  Páginas

  • Linha de Produção Nestle

    Processos do cacau Da colheita das favas à embalagem do produto final nas fábricas, o cacau sofre um processo de transformação rigoroso e preciso para alcançar o refinamento indispensável para um chocolate de alto padrão. A seguir, descrevemos cada uma dessas etapas. Seleção e limpeza das favas Depois da colheita manual ocorrida nas fazendas, as frutas são quebradas e do seu interior são retiradas as favas do cacau. Cada fruto tem de 25 a 30 sementes - as favas de cacau. Elas ficam de seis a...

    2161  Palavras | 9  Páginas

  • A Horta A Idade M Dia

    ambiente com ampla variedade de frutos silvestres, folhosos e sementes. Aproximadamente há 10 mil anos domesticaram alguns grãos, leguminosas, sementes e tubérculos. O cultivo em pequenas propriedades levou o ser humano a estabelecer comunidades e a cultura de subsistência. No entanto, houve diminuição da diversidade de produção de vegetais consumidos na dieta. Somente em meados do século XVI, uma multiplicidade de vegetais tornou-se disponível ao homem. Os gregos, já coziam vegetais e serviam-nos com...

    4503  Palavras | 19  Páginas

  • historia

    COMIDA E SOCIEDADE: SIGNIFICADOS SOCIAIS NA HISTÓRIA DA ALIMENTAÇÃO Food and society: social meanings in Feeding’s History Henrique S. Carneiro* RESUMO A História da Alimentação abrange aspectos diversos da cultura humana. Necessidades biológicas, recursos econômicos e sentidos culturais investem os alimentos de significados amplos. Este artigo situa alguns desses significados e analisa, particularmente, a origem e evolução do uso dos feijões e da constituição das técnicas de preparo e...

    3917  Palavras | 16  Páginas

  • Calendario da horta

    CALENDARIZAÇÃO ANUAL Janeiro - Se o tempo o permitir, devem-se lavrar as terras destinadas à sementeira de Primavera; - Devem fazer as cavas para os espargos, as alcachofras, abóboras e batatas. - Preparam-se as terras para as culturas hortenses; - Semeiam-se os rabanetes, couve-flor, brócolos, repolho, cebola, cenouras, espinafres; beterrabas, melões, pepinos e abóboras para temporão; - As terras destinadas às sementeiras da Primavera devem estar já lavradas, devendo agora ser revolvidas novamente...

    537  Palavras | 3  Páginas

  • nutri

    COMIDA E SOCIEDADE: SIGNIFICADOS SOCIAIS NA HISTÓRIA DA ALIMENTAÇÃO Food and society: social meanings in Feeding’s History Henrique S. Carneiro* RESUMO A História da Alimentação abrange aspectos diversos da cultura humana. Necessidades biológicas, recursos econômicos e sentidos culturaisinvestem os alimentos de significados amplos. Este artigo situa algunsdesses significados e analisa, particularmente, a origem e evolução douso dos feijões e da constituição das técnicas de preparo e dos ingredientecaracterísticos...

    3796  Palavras | 16  Páginas

  • fungo

    casos evidenciados em diversas culturas alerta para a capacidade desses microrganismos em causar danos. Nesse contexto, inúmeras perdas vêm sendo relatadas por produtores de várias regiões do país e do mundo. As perdas, na ordem de 10-30%, dependendo do nível de infestação da área, da cultura presente e do nematoide envolvido, podem atingir até 50-100%. No Brasil, as espécies mais comuns associadas à redução na produtividade ou aumento do custo de produção, nas culturas como soja, algodão, cana-de-açúcar...

    864  Palavras | 4  Páginas

  • Biologia Erick

     1. Sim. Ambas as espécies tem diferenças parecidas de seus indivíduos, a fava diferenças com o tamanho os grãos da fava tem pouca variação de comprimento e a espessura dos grãos e outra diferença aparente. O amendoim também apresenta variação quanto ao tamanho das vagens, mas nesse caso em proporções ainda maiores, e também a espessura dos grãos. 2. A. São semelhantes graças à reprodução assexuada que permite pouca variabilidade genética entre os indivíduos e são diferentes graças a diversidade...

    774  Palavras | 4  Páginas

  • Feijão de vagem

    3Sementeira 7 3.4 Cutivares 7 3.5 Solos e Adubação 7 3.6 Pragas e doenças 8 4 FEIJÃO DE CORDA 8 5 FEIJÃO DE LIMA 9 6 FAVA ITALIANA 10 7 CONCLUSÃO 12 1 INTRODUÇÃO 2 FEIJÃO VAGEM 2.1Origem/História O Feijão de Vagem (Phaseolus vulgaris) é uma planta originária da America Central, onde é cultivada desde há 8000 anos juntamente com o milho e a abóbora, culturas que estiveram na base da agricultura meso-americana. A sua domesticação e posterior selecção levaram ao aparecimento de genótipos...

    2467  Palavras | 10  Páginas

  • COMIDA E SOCIEDADE SIGNIFICADO ALIMENTAÇÃO

    também para impor limites e fronteiras, sociais, políticas, religiosas, etc. Ao longo das époIcas e regiões, as diferentes culturas humanas sempre encararam a alimentação como um ato revestido de conteúdos simbólicos, cujo sentido buscamos atualmente identificar e classificar como “políticos” ou “religiosos”. O significado desses conteúdos não é interpretado pelas culturas que o praticam, mas cumprido como um preceito inquestionável, para o qual não são necessárias explicaçõe. ( p.71-72). ...

    788  Palavras | 4  Páginas

  • Modelo de briefing

    Planejamento de Campanha - Ricardo Almeida Fava/ Lúcia Jane Scaff - UNIGRAN Aula 04 MODELO DE BRIEFING Uma abordagem bastante precisa feita por Corrêa (2004) acrescenta que a palavra briefing nasceu durante a II Guerra Mundial. Os militares sentiram a necessidade de melhor organizar os ataques e idealizaram reuniões para instruir os oficiais sobre a missão a ser realizada. Esse método foi adotado principalmente pela aviação que realizava uma reunião de briefing com os pilotos e equipes de...

    1618  Palavras | 7  Páginas

  • Cariri oriental; realidade e oportunidade

    ARRANJO PRODUTIVO Foram se os tempos áureos da produção de algodão da região, considerado o melhor do Brasil, dando origem a produção caprina que era resistente ao clima árido e vegetação escassa. Surgiu-se então a partir da década de 60 a cultura do bode, que inclusive tornou-se um ícone nordestino, o que acabou por agravar os problemas ambientais, atualmente se tem buscado a incorporação de ovelhas como alternativa por serem menos devastadoras. Ademais podemos citar a agricultura de subsistência...

    2206  Palavras | 9  Páginas

  • Folia de Reis

    negros. O propósito da folia é de receber donativos das famílias para finalidades filantrópicas. Na cultura tradicional brasileira, estes festejos são comemorados por grupos que visitavam casas tocando músicas alegres sobre o nascimento de Cristo, e tem como membros desse grupo o Mestre, Contra-Mestre, os Três Reis Magos, Palhaço, coro, bandeireiro e Foliões, podendo haver alguma mudança devido a cultura ou a região onde é festejado. Fonte: http://marcellomartins.wordpress.com/2011/04/24/folia-de-reis-muqui/ ...

    1802  Palavras | 8  Páginas

  • raciocinio logico

    constituem uma parte importante de cada cultura. Historiadores e escritores sempre tentaram descobrir a origem dessa riqueza cultural, mas essa tarefa nunca foi nada fácil. O grande escritor Luís da Câmara Cascudo já dizia que: “os ditados populares sempre estiveram presentes ao longo de toda a História da humanidade”. No Brasil isso não é nenhuma novidade. Muitas vezes ocorrem expressões tão estranhas e sem sentido, mas que são muito importantes para a nossa cultura popular. Veja aqui algumas dessas...

    1409  Palavras | 6  Páginas

  • Administração Eco-sustentável: Quebrando Paradigmas

    está passando, ter responsabilidade com o meio ambiente tornou-se uma questão de ética para as empresas e até um instrumento de competitividade. As empresas focando colocar em uso os princípios dos programas de ecoeficiência adotam mudanças na sua cultura empresarial, ou seja, a adoção de uma visão empresarial ecoeficiente por parte dos seus colaboradores de nível médio e gerentes de alto escalão, promovendo desde medidas mais simples até a implantação de sistemas de gestão ambiental e certificações...

    3365  Palavras | 14  Páginas

  • Museu dos Quilombos e Favelas Urbanos

    preservação da Memória Negra, assim como de outras memórias, também nasce do desejo de poder. Quem define se algo ou alguma memória é digna ou não de preservação manifesta seu poder ou acena para o desejo de auto preservação da própria espécie, cultura, modo de vida etc. Chegar à consciência da necessidade de preservação da própria memória é algo louvavel e que, no meu entender, demonstra a superação de processos epistemológicos muito superiores e consolidados. Afinal, quem define o que deve ou...

    3722  Palavras | 15  Páginas

  • Logística de uma empresa de café

    da Agricultura (CNA) feito em parceria com o Cepea/Esalq. Segundo a entidade, a agricultura registrou uma retração de 2,18%, enquanto a pecuária cresceu 2,76%. O estudo explica que a queda foi influenciada pela redução da produtividade de diversas culturas e pela seca que atrapalhou o desenvolvimento das lavouras. Entretanto, a alta das cotações de importantes produtos agrícolas, como soja, milho, trigo e café, ajudo o PIB a não amargar uma retração ainda maior. O estudo também mostrou que o faturamento...

    1452  Palavras | 6  Páginas

  • História de Chocolate

    Quetzalcoatl, cuja vinda à terra os oráculos tinham previsto para esse momento, não sabia Moctezuma que o pseudo-Deus levaria ao fim da cultura azteca. Mas também não sabia Cortez que as favas de cacaueiro que serviam de moeda entre os aztecas, bem como de bebida dos deuses, elites e povo, e que trouxe consigo no regresso a Espanha, iam ter um tal impacto cultura na Europa. Comendo chocolate com a colher.Europeizado, ou seja, adocicado com cana de açúcar e perfumado com baunilha, logo no século...

    587  Palavras | 3  Páginas

  • Referencial

    fitofarmacêuticos 50 7584 12 Processos e métodos de rega e de drenagem  25 4158 13 Agrimensura 25 7585 14 Obtenção de plantas, instalação de culturas e manutenção 50 7586 15 Culturas arvenses para consumo humano e industrial 25 7587 16 Culturas frutícolas perenes 50 7588 17 Culturas hortícolas e florícolas  50 7589 18 Cullturas forrageiras e conservação  25 7590 19 Espécies de interesse pecuário – caraterísticas, exploração e proteção animal ...

    3512  Palavras | 15  Páginas

  • Educação 3.0

    EDUCAÇÃO3.0 Como ensinar estudantes com culturas Carlini e Caniato Educacao 2 edicao - 3 0 MIOLO.indd 1 tão diferentes 13/09/2012 11:44:08 Carlini e Caniato Educacao 2 edicao - 3 0 MIOLO.indd 2 13/09/2012 11:46:40 Rui Fava EDUCAÇÃO 3.0 Como ensinar estudantes com culturas Carlini e Caniato Educacao 2 edicao - 3 0 MIOLO.indd 3 tão diferentes 13/09/2012 11:49:46 © Rui Fava, 2012 Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução de partes ou do todo desta obra...

    2845  Palavras | 12  Páginas

  • 5X favela

    Canudos a fava, favela-branca ou faveleiro, plantas leguminosas muito comuns em certas regiões do nordeste.” O segundo episódio, "Arroz e Feijão", conta a história de um pai que não tem condição em comprar uma comida variada e faz de sua refeição diária arroz e feijão junto com seu filho Wesley (Juan Paiva). No aniversário do pai, ele se junta com o amigo Orelha (Pablo Vinícius) para comprar um frango como presente. Por conta da questão social, das favelas (Já não há mais favas) que recencia...

    1082  Palavras | 5  Páginas

  • Cadeia produtiva do chocolate

    Ver artigo principal: História do chocolate [editar] Origem Trecho do Códice Zouche-Nuttall no qual há uma representação de reis da cultura mixteca compartilhando uma bebida de chocolate. O cacaueiro, de nome científico Theobroma cacao, é uma planta nativa de uma região que vai do México, passando pela América Central, até à região tropical da América do Sul, que vem sendo cultivada desde há pelo menos três mil anos na região.[3] Os primeiros registros de seu uso datam do período olmeca...

    506  Palavras | 3  Páginas

  • Caminhos Da Cana Primeira Edicao

    Marcos Fava Neves 1 2 Caminhos da Cana Marcos Fava Neves 2014 Editora Edição I Volume I Marcos Fava Neves 3 Gerente Editorial: Carla Rossini - MTb: 39.788 Projeto Gráfico e Diagramação: Rafael Mermejo Revisão: Departamento de Comunicação Canaoeste e Lueli Vedovato Impressão: São Francisco Gráfica e Editora Editora: Canaoeste Copyright © 2014 Marcos Fava Neves Todos os direitos desta edição são reservados à Editora Canaoeste. Rua Dr. Pio Dufles, 532 Sertãozinho, SP - CEP 14170-680 Telefone...

    61741  Palavras | 247  Páginas

  • Chocolate

    1 INTRODUÇÃO 1.1 Justificativa O chocolate é consumido no mundo inteiro e tem larga escala de consumo no Brasil, grande produtor da matéria prima do chocolate – o cacau. Das favas do cacau se extraem a massa do cacau e a manteiga, que da origem ao produto chocolate puro. Quando adicionado outros ingredientes como açúcar, leite, baunilha e outros elementos, temos outros tipos de chocolate, os quais mencionamos neste projeto. Do chocolate se originam vários subprodutos, que também são utilizados...

    2959  Palavras | 12  Páginas

  • Centro de origem- Livro de Melhoramento genetico

    Américas. Sempre teve importância a movimentação de plantas cultivadas de região, país ou continente para outro, no desenvolvimento da agricultura mundial. A descoberta da América foi muito significativa na história da introdução de plantas. Diversas culturas foram levadas para o Velho Mundo, como o milho, a mandioca, o tomate, a batata, o fumo, o feijão e a abóbora. Por outro lado, de lá vieram o trigo, o arroz, a cevada, o centeio, a aveia, a cana-de-açúcar, diversas fruteiras, hortaliças e forrageiras...

    1917  Palavras | 8  Páginas

  • RelaçãoDeEPI's-ErickNogueiraMartins

    pais, somente o Faraó, dispunha da fartura, enquanto o povo simples sofria efeitos da fome. Slide 6 – A base da alimentação desta civilização, constituía-se exclusivamente do TRIGO , CEVADA (cerveja)e principalmente o PAO.,acrescidos de cebola, favas, lentilhas, leite queijo, peixes. A bebida mais consumida era a cerveja, aonde as mulheres eram que preparavam. Tres refeições diárias – a primeira a base de frutas – a segunda geralmente fora do lar, com pão, vinho, cerveja e frutas, terceira – final...

    1001  Palavras | 5  Páginas

  • Gastronomia arabe

    animal consumido. Sua carne é assada ou guisada, normalmente recheada e ricamente temperada. A carne de cabrito, a galinha e o peru também são apreciados. Grãos Entre os grãos destacam-se o trigo, a lentilha, a ervilha, o grão-de-bico e o arroz. Favas são típicas do Egito, presentes no fool midammis, sopa bem grossa à base de feijão, servida normalmente durante o café da manhã. Verduras e Legumes São preparados recheados e em conserva, Na Síria e no Líbano, eles recebem o nome de mehchi; na Turquia...

    1929  Palavras | 8  Páginas

  • Açucar extraido da beterraba

    O açúcar consumido pelos brasileiros é, em geral, um derivado da cana-de-açúcar. Mas, na Europa, o açúcar fabricado é extraído de outra planta: a beterraba. Na França, a cultura do produto ocupa 380 mil hectares. A beterraba açucareira é cultivada principalmente nas planícies do entorno de Paris e nas regiões mais ao norte – perto do Canal da Mancha e de países como Bélgica, Luxemburgo e Alemanha. A beterraba açucareira não é avermelhada, como no Brasil. Michel Cariolle, agrônomo do Instituto...

    960  Palavras | 4  Páginas

  • bibliografia

    Bibliografia GCOM 1.- SUPOSIÇÕES FUNDAMENTAIS MOREIRA, Julio Cesar T. Administração de Vendas. Ed. Saraiva. NEVES, Marcos Fava & CASTRO, Luciano Thomé e. Administração de Vendas. Ed. Atlas. LAS CASAS, Alexandre Luzzi. Administração de Vendas. Ed. Atlas. STANTON, William & SPIRO, Rosann. Administração de Vendas. Ed. LTC. COBRA, Marcos. Administração de Vendas. Ed. Atlas. TEIXEIRA, Elson et. al. Gestão de Vendas. Ed. FGV. COBRA, Marcos & TEJON, José Luiz. Gestão de Vendas: os 21 segredos...

    2114  Palavras | 9  Páginas

  • aditivo correto de carro

    Bibliografia GCOM 1.- SUPOSIÇÕES FUNDAMENTAIS MOREIRA, Julio Cesar T. Administração de Vendas. Ed. Saraiva. NEVES, Marcos Fava & CASTRO, Luciano Thomé e. Administração de Vendas. Ed. Atlas. LAS CASAS, Alexandre Luzzi. Administração de Vendas. Ed. Atlas. STANTON, William & SPIRO, Rosann. Administração de Vendas. Ed. LTC. COBRA, Marcos. Administração de Vendas. Ed. Atlas. TEIXEIRA, Elson et. al. Gestão de Vendas. Ed. FGV. COBRA, Marcos & TEJON, José Luiz. Gestão de Vendas: os 21 segredos...

    2114  Palavras | 9  Páginas

  • 001056128

    Chambel e a engenheira Ana Carvalho dizem-lhe tudo o que deve fazer para escolher o local, preparar o terreno e iniciar as sementeiras e as plantações. Existem pormenores e opções que podem fazer toda a diferença e até comprometer algumas das suas culturas, pelo que uma informação sustentada e rigorosa é fundamental durante todo o processo. 1. Escolha do local A maior parte das hortícolas gostam de bastantes horas de exposição solar (5 a 6 horas por dia), embora existam algumas menos exigentes....

    1254  Palavras | 6  Páginas

  • Análise institucional

    Referência de Assistência Social-CRAS II Faveira O CRAS II Faveira, localiza-se no Distrito de Monte Carmelo pertencente ao município de Cranaubal-Ceará, (Região da Ibiapaba), porém, é popularmente conhecido como Faveira, em razão da cultura de plantação de fava¹ dos seus habitantes e por isso a referida palavra compõe o nome da instituição. Incluído também está o algarismo II por ser o segundo Centro de Referência de Assistência social instalado no município, que atualmente conta com quatro. ...

    1866  Palavras | 8  Páginas

  • Brownie Australiano

    de chá por dia . Também ajuda no cálculo renal. Afecções da garganta Receita 01: 10 litros água, 30 favas de Sucupira branca, 20 folhas de Tanchagem, 30 folhas de Amora, 4 Kg de açúcar cristal, 1/2 Litro de mel, 1 tubo de Ungüento, 0,5 % de própulis. Tomar via oral. (Dirceu Abdalla) Receita 02: Para uso em gargarejo: Modo de fazer: Pegar as favas de Sucupira quebrando-se as hastes laterais para ficar as sementes. Em seguida enrolar uma a uma em camada fina...

    1423  Palavras | 6  Páginas

  • trabalho sobre a historia da gastronimia

    própria culinária que era totalmente diferente do que os portugueses conheciam, era uma culinária baseada em frutos da terra como o milho, o feijão, a fava , a mandioca, a goiaba e é da mandioca eles retiravam seu principal alimento que era a farinha, há relatos de que a farinha era totalmente indispensável na culinária indígena, o feijão e a fava não eram muito apreciados na alimentação e se consumia muito amendoim, de todas as formas tanto cru, como assado,como cozido, o índio no Brasil de 1500...

    1796  Palavras | 8  Páginas

  • 1455544301-16

    ferro, cálcio, potássio, sódio fósforo, magnésio além de vitaminas e do complexo B e vitamina C, a sacarose corresponde a 70% a 91%total dos sólidos solúveis, a cana de açúcar contém ainda glicose (2%a 4%) proteína (0,5%a 6%) proteína. (I B G E,1999;FAVA,2004). Os microorganismo de importância a serem considerados em estudos envolvendo o caldo de cana são, essencialmente, aqueles oriundos, do solo de vegetais dentre os quais se destacam os bolores, as leveduras as bactérias lácteas e esporuladas (GALLO...

    1606  Palavras | 7  Páginas

  • A Historia Da Gastronomia No Mundo E No Brasil

    própria culinária que era totalmente diferente do que os portugueses conheciam, era uma culinária baseada em frutos da terra como o milho, o feijão, a fava , a mandioca, a goiaba e é da mandioca eles retiravam seu principal alimento que era a farinha, há relatos de que a farinha era totalmente indispensável na culinária indígena, o feijão e a fava não eram muito apreciados na alimentação e se consumia muito amendoim, de todas as formas tanto cru, como assado,como cozido, o índio no Brasil de 1500...

    1118  Palavras | 5  Páginas

  • tipos de aprendizagem

    FIC/FAVA APRENDIZAGEM INPLÍCITA E EXPLÍCITA tipos de aprendizaDO Metas terapêuticas para crianças com distúrbios de aprendizagem Trabalho apresentado à Faculdade FIC/FAVA ao curso de Pós-Graduação em psicopedagogia institucional e clínica para a disciplina de noções de fisiologia do desenvolvimento e suas interferências mais frequentes na aprendizagem ...

    942  Palavras | 4  Páginas

  • Mitos e ritos

    seu lugar. E a parteira já deposita uma certa confiança em um símbolo, que é o xamã. O mito segue com vários objetos significativos, como favas de cacau, imagens sagradas ou nuchu. Essas imagens sagradas são nomeados assistentes do xamã, e que junto com ele iram travar uma batalha contra o espírito mal, que se chama Muu. Muu, para o xamã e para aquela cultura indígena, é o espírito da procriação e é essencial para eles. Entretanto, nesse caso esse espírito tomou certas liberdades aquém de suas funções...

    1167  Palavras | 5  Páginas

  • resumo do filme a massai branca

    fascinação pelos contrários, nós dos terceiros e quartos e quintos mundos babando por conhecer a civilização, eles ricos babando por conhecer a falta dela. Aí, de repente, ela conhece um jovem guerreiro massai, fica interessada nele e manda o namorado às favas. Vai viver com o massai em sua aldeia perdida no interior do país – quase num piscar de olho, faz a transição literal da Suíça ao Quênia, como quem pega um táxi para a estação lunar e vai parar em Júpiter, ou muito além. O filme vai descrevendo em...

    566  Palavras | 3  Páginas

  • Farmacia

    Analisando a eficácia, segurança e as condições higiênico-sanitárias, considerando que a eficácia e a segurança terapêutica de espécies vegetais dependem da qualidade, vem sofrendo diversos fatores, por isso deve-se exigir as condições ideais de cultura, colheita secagem, estabilização, manufatura, conservação e armazenamento, para o produto ser eficaz sem prejudicar a saúde das pessoas que utilizam desses recursos. Foi feito uma pesquisa no período de fevereiro a maio de 2001, para avaliar a...

    1385  Palavras | 6  Páginas

  • Introdução a Ciencia Socias

    cultivada por pelo menos três mil anos na região.Por suas reconhecidas propriedades e sua difusão regional, o cacau ganhou grande importância econômica na Mesoamérica na era pré-colombiana. Os Maias usavam os grãos como moeda. Dez favas valiam um coelho e por 100 favas de primeira qualidade adquiria-se um escravo. Durante o Império asteca (1325 a 1521 dC) sementes de cacau eram uma forma importante de divisas e meio de pagamento de tributos . Um dos principais objetivos da expansão imperial dos Astecas...

    1285  Palavras | 6  Páginas

  • importancia economica dos seres vivos

    desenvolvimento da agricultura familiar deve começar com o conhecimento das necessidades dos produtores e da forma como eles as percebem. No Piauí, o sistema de produção agrícola familiar em uso consiste, basicamente, num consórcio de três ou mais culturas em roça não-destocada, cujo preparo da área se resume na derrubada da vegetação e queima. Trata-se de um sistema de agricultura itinerante, no qual após um ciclo de cultivo, a área é mantida sob repouso por 6 a 10 anos, para regeneração da vegetação...

    1870  Palavras | 8  Páginas

  • imagem

    ambientais e econômicas Cadeias produtivas sustentáveis Profª. Márcia Mazzeo Grande Comportamento de Compra do Produtor Rural (Considerando diversos aspectos do comportamento de compra, diversos cultivos (culturas agrícolas) e diversos tipos de bens adquiridos) Prof. Roberto Fava Scare Internacionalização/Inovação/Sustentabilidade - Setor Sucroenergético Profª Lara Bartocci Liboni Amui Balanço Social: estudo do modelo GRI Finanças Comportamentais: aplicação da teoria do prospecto ...

    593  Palavras | 3  Páginas

  • Breve resumo sobre a cultura judaica

    imaginam o que os judeus passaram. Desde os tempos antigos foram vítimas de perseguição e durante muitos anos tiveram que viver em terras estrangeiras, espalhados pelo mundo. Mesmo assim se mantêm puros e guardam suas tradições com zelo. Uma rica cultura que à medida que estudada traz um pouco de entendimento para nós gentios que, por não pertencer a este grupo fechado, ás vezes somos negligentes no estudo da história apaixonante da nação que foi separada por Deus para ser Sua. Não importa que não...

    6977  Palavras | 28  Páginas

  • tendências da confeitaria

    próprio negócio. Quantidades imensas de receitas surgiram, e na Itália apareceu o sorvete de massa. A partir do século XIX com a adição do açúcar da beterraba, surgiu “cultura da fornalha” em toda Europa: não somente a aparência artística contava, como a qualidade e o sabor das receitas. Foram descobertas as massas de “biscuit”, as folhadas, os “petit fours”, massas amanteigadas, massas...

    2474  Palavras | 10  Páginas

  • Aculdade vale do aporé

    FACULDADE VALE DO APORÉ - FAVA FACULDADES INTEGRADAS DE CASSILÂNDIA – FIC MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC): SEGUNDO AS NORMAS DA ABNT ELABORAÇÃO: Profa. Dra. CRISTIANE SANTOS DA SILVA SOUZA COLABORADORES: Profa. Especialista ELIENE RODRIGUES DIAS ARAÚJO Biblioteconomista JOÃO PAULO CAMPANERI Discente CINTHIA CANUTO CASSILÂNDIA – MS 2009 2 APRESENTAÇÃO Com o objetivo de auxiliar na normatização de todos os trabalhos de Conclusão de Curso (TCC), produzidos na Faculdade...

    5041  Palavras | 21  Páginas

  • Prova Digitacao

    do meio físico, pois de suas pesquisas e análises depende a compreensão da harmonia entre o homem e o ambiente. AME – Fundação Mundial de Ecologia, fundada em 1976, lançou a doutrina sócio-ecológica fraternalismo, 1995, registrada no Ministério da Cultura (Fundação Biblioteca Nacional/EDA), sob nº 144921, Livro 2 Fl.482, em 28 de janeiro de 1998. É a única doutrina com registro legal, no Brasil, e também a única que defende os mesmos princípios da Agenda 21 local. AGENDA 21 LOCAL Sabemos que o governo...

    689  Palavras | 3  Páginas

  • Mix de Frutas Secas

    medianamente compactados, com baga medias, ovóides, pretas, com polpa fudente e sabor neutro e é utilizada na elaboração de vinhos tintos frutados”.9 Abaixo há uma tabela do perfil da produção frutícola no Pólo de Petrolina e Juazeiro.10 CULTURA PERMANENTE CULTURA PRODUÇÃO PERMANENTE (toneladas) Manga 224.000 Banana 186.060 Uva 51.560 Coco-da-Baía 129.597 Goiaba 77.660 Mamão 10.459 Limão 793 Maracujá 3.859 Abacate 96 Laranja 60 Fonte: Valexport (2007) e IBGE (2008) 7 ...

    3456  Palavras | 14  Páginas

  • 2002 AMARELA

    dinamicidade do cenário. Nativas do Brasil, as várias espécies das plantas conhecidas como fava-d’anta têm lugar garantido no mercado mundial de produtos cosméticos e farmacêuticos. Elas praticamente não têm concorrentes, pois apenas uma outra planta chinesa produz os elementos cobiçados pela indústria mundial. As plantas acham-se dispersas no cerrado e a sua exploração é feita pela coleta manual das favas ou, ainda, com instrumentos rústicos (garfos e forquilhas) que retiram os frutos das pontas...

    11801  Palavras | 48  Páginas

  • Canind S

    marcada desde tempos remotos por uma série de deslocamentos forçados. Entretanto, conseguiram os canindés manter laços de parentesco entre as duas comunidades que compõem o grupo entre o sertão central e a serra de Baturité. Os canindés possuem forte cultura de caça herdada de seus antepassados. Têm conhecimento de utilização de diversas armadilhas como o quixó de geringonça, que utilizam para capturar mocós, tejos, cassacos, pebas, veados, nambus, seriemas e juritis, tendo sempre o cuidado de não violar...

    529  Palavras | 3  Páginas

  • Relação individuo e sociedade

    tripos da antiguidade mesmo com a diferença natural entre os indivíduos não havia hipótese de pensar em alguém desvinculado de seu grupo. A ideia de indivíduo começou a ganhar força no século XVI, com a Reforma Protestante (movimento religioso que fava que os homens tinham a imagem e semelhando de Deus, isso significava que o indivíduo sozinho podia ter ''poder'') Mais tarde, no século XVIII, com o desenvolvimento do capitalismo e do pensamento liberal, o individualismo firmou-se por completo pois...

    825  Palavras | 4  Páginas

tracking img