O s e g u n d o sexo slmone de beauvoir

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 852 (212794 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O S E G U N D O SEXO
SlMONE DE BEAUVOIR

As mulheres de nossos dias estão prestes
a destruir o mito do "eterno feminino": a
donzela ingênua, a virgem profissional, a mulher que valoriza o preço do coquetismo, a
caçadora de maridos, a mãe absorvente, a
fragilidade erguida como escudo contra a
agressão masculina. Elas começam a afirmar sua independência ante o homem; não
sem dificuldadese angústias porque, educadas por mulheres num gineceu socialmente
admitido, seu destino normal seria o casamento que as transformaria em objeto da supremacia masculina.
Neste volume complementar de O SEGUNDO SEXO, Simone de Beauvoir, constatando
a realidade ainda imediata do prestígio viril,
estuda cuidadosamente o destino tradicional
da mulher, as circunstâncias do aprendizado
de suacondição feminina, o estreito universo
em que está encerrada e as evasões que, dentro dele, lhe são permitidas. Somente depois
de feito o balanço dessa pesada herança do
passado, poderá a mulher forjar um outro futuro, uma outra sociedade em que o ganha-pão, a segurança econômica, o prestígio ou
desprestígio social nada tenham a ver com o
comércio sexual. É a proposta de uma libertação necessária nãosó para a mulher como para o homem. Porque este, por uma
verdadeira dialética de senhor e servo, é corroído pela preocupação de se mostrar macho,
importante, superior, desperdiça tempo e forcas para temer e seduzir as mulheres, obstinando-se nas mistificações destinadas a manter a mulher acorrentada.
Os dois sexos são vítimas ao mesmo tempo do outro e de si. Perpetuar-se-á o inglório duelo emque se empenham enquanto homens e mulheres não se reconhecerem como
semelhantes, enquanto persistir o mito do
"eterno feminino". Libertada a mulher, libertar-se-á também o homem da opressão que
para ela forjou; e entre dois adversários enfrentando-se em sua pura liberdade, fácil será encontrar um acordo.
O SEGUNDO SEXO, de Simone de Beauvoir, é obra indispensável a todo o ser humano que,dentro da condição feminina ou
masculina, queira afirmar-se autêntico nesta
época de transição de costumes e sentimentos.

O BRAS D O M E S M O A U T O R
Da

Librairie

Gallimard

R OMANCES

L 'invitée
Le sang des autres
Tous les hommes sont mortels
Les mandarins
T EATRO

Les

bouches

inutiles
ENSAIOS

Pyrrhus et Cinéas
Pour une morale de l'ambiguité.
L'Amérique au jourle jour
Privilèges
La longue marche, essai sur la Chine
Le deuxième sexe:
I. Les faits et les mythes
I I . L 'expérience vécue
M emórias
Mémoires d'une jeune
La force de l'age
La force des choses

fille

rangée

j a traduzidas
p ela D I F U S Ã O EUROPÉIA DO LIVRO

A Convidada
Todos os Homens são Mortais
Memórias de uma Moça bem Comportada
O Segundo Sexo:
I. Os Fatos e osMitos
I I . A Experiência Vivida
Na Força da Idade, 2 vols.
Sob o Signo da História, 2 vols.
Os Mandarins, 2 vols.

2.a

EDIÇÃO

TRADUÇÃO
CAPA

DE
DE

S ÉRGIO
FERNANDO

MILLIET
LEMOS

T ítulo do original:

L'EXPÉRIENCE VÉCUE

Que desgraça ser mulher! Entretanto, a pior desgraça quando se é
m ulher é, no fundo, não compreender que sê-lo é uma desgraça. . .
K lERKEGAARDM etade vítimas, metade cúmplices,
como todo mundo.
J.-P.

SARTRE

As

S MULHERES de hoje estão destronando o mito da feminilidade; começam a afirmar concretamente sua independência;
mas não é sem dificuldade que conseguem viver integralmente sua
condição de ser humano. Educadas por mulheres, no seio de um
mundo feminino, seu destino normal é o casamento que ainda as
subordinapraticamente ao homem; o prestígio viril está longe de
se ter apagado: assenta ainda em sólidas bases econômicas e sociais. É pois necessário estudar com cuidado o destino tradicional
da mulher.
Como a mulher faz o aprendizado de sua condição,
como a sente, em que universo se acha encerrada, que evasões lhe
são permitidas, eis o que procurarei descrever. Só então poderemos compreender que...
tracking img