O uso da borracha de pneus na pavimentação como uma alternativa ecologicamente viável

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5299 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O USO DA BORRACHA DE PNEUS NA PAVIMENTAÇÃO COMO UMA ALTERNATIVA ECOLOGICAMENTE VIÁVEL

1. INTRODUÇÃO
O pavimento é uma estrutura oriunda de múltiplas camadas, tais como revestimento, base, sub-base, subleito e reforço do subleito, que tem a função de suportar o tráfego e prover um meio seguro e econômico para o transporte de pessoas e mercadorias (SAMPAIO, 2005). O desempenho de um pavimento écondicionado por um complexo conjunto de fatores, dentre eles a propriedade física, mecânica e química que o constitui.
As camadas de revestimento incluem componentes de alto custo e que merecem atenção, onde deve ser realizada uma análise do custo/ beneficio. Os derivados de petróleo e a redução da disponibilidade de materiais naturais, ligados às exigências da construção, estabelecem uma buscapor elementos que possam apresentar bom desempenho e custo baixo.
Nos últimos tempos aumentaram-se os estudos sobre a incorporação de fragmentos de borracha proveniente de pneus inutilizáveis a cerca da reutilização e reciclagem deste material como ligantes asfálticos.
Os resíduos sólidos são resultantes das atividades humanas e da natureza, os quais podem ser utilizados, gerando proteção aomeio ambiente, à comunidade e economia de recursos naturais. O gerenciamento de resíduos sólidos é uma questão de grande importância quando se fala no acúmulo de pneus inutilizados.
Apesar da utilização da borracha reciclada de pneumáticos inservíveis em pavimento ser uma solução para diminuir o problema e a deposição desse resíduo, cabe salientar que a inclusão desse material na construção civil éuma melhoria na propriedade dos materiais de pavimentação.
“A construção civil se caracteriza pela modificação da paisagem, consumo de recursos naturais renováveis e não renováveis, levando à geração de resíduos sólidos e emissões de gases a atmosférica com impactos sobre o meio ambiente, à qualidade de vida da população e à infra-estrutura existente” (Secretaria de Meio Ambiente/São Paulo,2008).

Com os mesmos propósitos este artigo pretende contribuir para uma melhor compreensão do uso da borracha de pneus inutilizáveis como insumo de pavimentação dentro da engenharia civil contribuindo para um melhor desempenho do asfalto convencional, além de dar uma destinação ambientalmente adequada aos pneus velhos.
A importância deste artigo justifica-se por acreditar que a utilização daborracha de pneu inservível contribui na maior durabilidade do pavimento e colabora na preservação do meio ambiente. O estudo dos ligantes asfálticos apresenta necessidade de desenvolvimento e viabilização na utilização de novos produtos capazes de tornar o pavimento mais econômico e seguro a população. Assim sendo, compreendendo que a borracha de pneu pode contribuir na diminuição de custos para asempresas de engenharia, a partir do gerenciamento de resíduos sólidos. Desta forma, pode-se minimizar os efeitos traumáticos dos resíduos sólidos para o meio ambiente.
Trata-se de um estudo de revisão bibliográfica, visando-se obter uma descrição do tema em estudo. Fez-se um levantamento documental e bibliográfico das informações disponíveis através de artigos, dissertações, teses e internet.2. SURGIMENTO DO ASFALTO BORRACHA

Numerosas pesquisas têm verificados os benefícios da incorporação de fragmentos de borracha provenientes da reciclagem de pneus em ligantes asfálticos.
Em 1963, Charles McDonald, iniciou a pesquisa quando percebeu que os pneus triturados poderiam proporcionar um material altamente elástico para ser aplicado na pavimentação asfáltico. Com isso, vários estudose testes foram realizados até obter o asfalto-borracha. Os estados da Califórnia, Flórida e Arizona já possuem, atualmente, um grande conhecimento a respeito da utilização de resíduos de borracha em pavimentação.
Segundo WAY (2003), somente no estado do Arizona, mais de 3.300 km de rodovias foram construídas ou restauradas utilizando ligantes modificados com borracha (LIMA, C.S. et al, 2005)....
tracking img