O uraguai

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2610 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Faculdade de Ciências e Letras de Paraíso do Tocantins – TO

ELCIONE SOUSA COELHO

LITERATURA PORTUGUESA



CLAUDIO MANOEL DA COSTA
OBRAS PÓETICAS
SONETO LXXII

Paraíso/2012

SUMARIO
| INTRODUÇÃO | 04 |
| TEMA | 05 |
| SONETO LXXII | 05 |
| TRECHO POEMA VILA RICA, CANTO VII | 05 |
| O MODO DE ORGANIZAÇÃO | 06 |
| GENÊRO TEXTUAL | 6 |
| O EU LIRICO | 6 || ESTROFES E VERSOS | 6 |
| CARACTERISTICAS NEOCLASSISMO E OS MOTIVOS NACIONALISTAS. | 7 |
| Características típicas, bem demarcadas | 7 |
| 1. Reação contra os exageros barrocos | 8 |
| 2 Fingimento árcade | 8 |
| 3. O bucolismo e o pastoralismo | 8 |
| 4. Descritivismo | 8 |
| 5. Arte como imitação da natureza | 8 |
| 6. Modelos clássicos | 9 |
| Uso da mitologia | 9|
| FIGURAS DE LINGUAGEM | 9 |
| FOCO NARRATIVO | 9 |
| DA ORGANIZAÇÃO | 10 |
| CONCLUSÃO | 10 |
| REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS | 11 |

,000000000000000000000000000000000000000000000000 BNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNN
,000000000000000000000000000000000000000000000000BNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNN
RESUMO

Cláudio Manuel da Costa é considerado um dos maiores poetas brasileiros do período colonial. Advogado, era filho do lavrador e minerador João Gonçalves da Costa e de Teresa Ribeiro de Alvarenga. Depois de iniciar os seus estudos em Vila Rica (Ouro Preto) e cursar filosofia no Rio de Janeiro, seguiu em1749 para Lisboa e, posteriormente, para Coimbra, onde se formou em Cânones, em 1753
A literatura, sua grande paixão, não foi esquecida, e Cláudio Manuel da Costa criou uma academia, a Colônia Ultramarina. Depois, trabalhou como juiz medidor de terras da Câmara de Vila Rica, que era a capital da província mineira. Em 1773, adotou o nome árcade de Glauceste Satúrnio.
Nas décadas de 1770 e 1780,escreveu várias poesias em que mostra preocupação com problemas políticos e sociais, publicadas na maior parte por Ramiz Galvão em 1895. Cláudio Manuel da Costa estava rico (possuía três fazendas, além de outros bens) quando se envolveu com a Inconfidência Mineira. Preso, foi interrogado pelos juízes no dia 2 de julho de 1789.
A partir de 1782 ligou-se de estreita amizade com Tomás AntonioGonzaga, e por certo exerceu influência literária sobre ele, ao menos como estímulo. Nas Cartas chilenas, cuja autoria chegou a ser atribuída por alguns críticos a Cláudio Manuel da Costa, possivelmente auxiliou o amigo. A exegese magistralmente conduzida por Afonso Arinos de Melo Franco, em sua edição das Cartas chilenas (1940), apura que a Cláudio Manuel da Costa deve ser atribuída apenas a Epístolaque as precede, e ao seu companheiro de letras Tomás Antonio Gonzaga a autoria das Cartas.

INTRODUÇÃO

Patrono da cadeira número 8 da ABL (Academia Brasileira de Letras), Cláudio Manuel da Costa é considerado um dos maiores poetas brasileiros do período colonial.
Toda a sua criação literária de Cláudio Manuel da Costa está em Obras Poéticas, obra que reúne a produção lírica do poeta,sonetos, éclogas, epicédios, cantatas e outras modalidades, e que dá início ao Arcadismo Brasileiro. Essa publicação marcou a fundação da Arcádia Ultramarina, uma instituição cultural onde os poetas se reuniam para escrever e declamar seus poemas.
O poeta admite a contradição que existe entre o ideal poético e a realidade de sua obra. Com efeito, se os poemas estão cheios de pastores - comprovando oprojeto de literatura árcade - o seu gosto pela antítese e a preferência pelo soneto indicam a herança de uma tradição que remonta ao Camões lírico e à poesia portuguesa do século XVII.
A todo instante, o autor de Obras Poéticas vale-se de antíteses - típico procedimento barroco - para registrar os seus conflitos pessoais. No soneto LXXXIV, temos um belo exemplo de contraste entre a dureza da...
tracking img