O trabalho nas diferentes sociedades

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1523 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O TRABALHO NAS DIFERENTES SOCIEDADES 

“O termo trabalho pode ter nascido do vocabulário latino tripallium, que significa ‘instrumento de tortura”, e por muito tempo esteve associado à idéia de atividade penosa e torturante.

Trabalho e sociedade

O trabalho é um assunto sobre o qual sempre há muitas perguntas a fazer. Afinal, para que ele existe? Quem o inventou?Seu significado ésemelhante nas diferentes sociedades?
Poderíamos dizer que o trabalho existe para satisfazer as necessidades humanas, desde as mais simples, como as de lazer, crença e fantasia. E, se o trabalho existe para satisfazer nossas necessidades. Fomos nós que o inventamos. No entanto, essa atividade humana nem sempre teve o mesmo significado, a mesma organização e o mesmo valor.

A Produção nas sociedadestribais
As sociedades tribais diferenciam-se umas das outras em muitos aspectos, mas pode-se dizer, em termos gerais, que não são estruturadas pela atividade que em nossa sociedade denominamos trabalho. Nelas todos fazem quase tudo, e as atividades relacionadas à obtenção do que as pessoas necessitam para se manter - caça coleta, agricultura e criação - estão associadas aos ritos e mitos, ao sistemade parentesco, às festas e às artes, integrando-se, portanto, a todas as esferas da vida social. 
A organização dessas atividades caracteriza-se pela divisão das tarefas por sexo e por idade. Os equipamentos e instrumentos utilizados, comumente vistos pelo olhar estrangeiro como muito simples e rudimentares, são eficazes para realizar tais tarefas. Guiados por esse olhar, vários analistas,durante muito tempo, classificaram as sociedades tribais como de economia de subsistência e de técnica rudimentar, passando a idéia de que elas viveriam em estado de pobreza, o que é um preconceito. Se hoje muitas delas dispõem de áreas restritas, enfrentando difíceis condições de vida, em geral, antes do contrato com o chamado "mundo civilizado", a maioria vivia em áreas abundantes em caça, pesca ealimentos de vários tipos. 
Marshall Sahlins, antropólogo estadunidense, chama essas sociedades de "sociedades de abundância" ou "sociedade do lazer", destacando que seus membros não só tinha todas as suas necessidades materiais e sociais plenamente satisfeitas, como dedicavam um mínimo de horas diárias ao que nós chamamos de trabalho. Os ianomâmis, da Amazônia, dedicavam pouco mais de três horasdiárias às tarefas relacionadas à produção; os guayakis, do Paraguai, cerca de cinco horas, mas não todos os dias; e os kungs, do deserto de Kalahari, no sul da África, em média quatro horas por dia. 
O fato de dedicar menos tempo a essas tarefas não significava, no entanto, ter uma vida de privações. Ao contrário, as sociedades tribais viviam muito bem alimentadas, e isso fica comprovado emrelatos que sempre demonstram a vitalidade de todos os seus membros. É claro que tais relatos referem-se à experiência de povos que viviam antes do contato com o “mundo civilizado”.
A explicação para o fato de os povos tribais trabalharem muito menos do que nós está no modo como se relacionam com a natureza, também diferentes do nosso. Por um lado, para eles, a terra é o espaço em que vivem e temvalor cultural, pois dá aos humanos seus frutos: a floresta presenteia os caçadores com os animais de que necessitam para a sobrevivência e os rios oferecem os peixes que ajudam na alimentação. Tudo isso é um presente da “mãe natureza”. Por outro lado, os povos tribais têm uma profunda intimidade com o meio em que vivem.Conhecem os animais e as plantas, a forma como crescem e se reproduzem, o que ébom e o que é ruim para comer e quando podem utilizar certas plantas e determinados animais para alimentação, para cura de seus males ou para seus ritos.

Labor, poiesis e práxis

Os gregos distinguiam claramente a atividade braçal de quem cultiva a terra, a atividade manual do artesão e a atividade do cidadão que discute e procura soluções para os problemas da cidade.
De acordo com a...
tracking img