O setor de economia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1265 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Do ponto de vista econômico, o mundo se apresenta crescentemente interligado, seja por fluxos comerciais, seja por fluxos financeiros. A partir dessa constatação, o estudo da chamada “Economia Internacional”, como um ramo especifico da teoria econômica, ganhou destaque.
É preciso compreender melhor os meios de atuação da politica econômica. É interessante conhecer quais os fatores que maisinfluenciam as exportações e as importações.
Estudaremos também a estrutura do balanço de pagamentos e a balança de pagamentos do Brasil.


















3. FATORES DETERMINANTES DO COMPORTAMENTO DAS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES

Para haja uma melhor compreensão dos meios de atuação da politica econômica, é preciso entender os fatores que influenciam suas exportações e importações.Exportações
São influenciadas pelas seguintes variáveis;
Preços externos em dólares: se o preço dos produtos brasileiros se elevarem no exterior, as exportações nacionais deverão se elevar;
Preços internos em reais: uma elevação dos preços internos de produtos exportáveis pode desestimular as exportações e incentivar a venda no mercado interno;
Taxa de câmbio (reais por dólares): umaumento da taxa de câmbio (isto é, uma desvalorização cambial) deve estimular as exportações, seja porque os exportadores brasileiros receberão mais reais pelos mesmos dólares anteriores, seja porque os compradores externos, com os mesmos dólares anteriores, poderão comprar mais produtos no Brasil;
Renda mundial: um aumento da renda mundial certamente estimulara o comercio internacional e, emconsequência, as exportações brasileiras;
Subsídios e incentivos às exportações: sejam de ordem fiscal (isenções de impostos), seja de ordem financeira (taxa de juros subsidiadas, disponibilidade de financiamentos), sempre representam um fator de estimulo às exportações.
Importações
Os principais fatores das importações agregadas são os seguintes:
Preços externos em dólares: se os preços dosprodutos importados se elevarem no exterior em dólares, haverá uma retratação das importações brasileiras;
Preços internos em reais: um aumento dos preços dos produtos produzidos internamente incentivara a compra dos similares no mercado externo, elevando as importações;
Taxa de câmbio (reais por dólares): uma elevação da taxa de cambio (desvalorização cambial) acarretará maior despesa aosimportadores, pois pagarão mais reais pelos mesmos produtos antes importados, os quais, embora mantenham seus preços em dólares, exigirão mais moeda nacional (real) por dólar;
Renda e produto nacional: enquanto as exportações são mais afetadas pelo que ocorre com a renda mundial, as importações estão mais relacionas com a renda nacional. Um aumento da produção e da renda nacional significa que opaís está crescendo e que demandara mais produtos importados, sejam na forma de matérias-primas, bens de capital, sejam bens de consumo;
Tarifas e barreiras às importações: a imposição de barreiras quantitativas (elevação das tarifas sobre importação) ou qualitativa (proibição da importação de certo produto, estabelecimento de cotas ou entraves burocráticos) ocasiona uma inibição nas comprasde produtos importados.






























4. A ESTRUTURA DO BALANÇO DE PAGAMENTOS

O balanço de pagamentos é o registro contábil de todas as transações econômicas financeira de um país com outros do mundo. Compreende duas contas principais: a conta corrente (movimento de mercadorias e serviços) e o movimento de capitais (deslocamento de moeda, créditos etítulos representativos de investimentos). É feita pelo Banco Central, uma vez que este é o órgão responsável por gerir as reservas do país, sendo apresentada anualmente.
O balanço de pagamento apresenta as seguintes subdivisões:
Balança comercial: essa conta compreende basicamente o comercio de mercadorias. Se as exportações FOB (free on board, isto é, isentas de fretes e seguros) excedem...
tracking img