O projeto caminho de volta e o suporte psicossocial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (671 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O projeto Caminho de Volta e o Suporte Psicossocial | | . |

 Como o projeto utiliza-se do Suporte Psicossocial?    O eixo psicossocial é tão fundamental quanto o banco de DNA. O suporte envolveuma entrevista inicial com um dos psicólogos do PVC e aplicação de um questionário com perguntas sobre o desaparecido, sobre a história familiar e as circunstâncias do desaparecimento. Depois destaentrevista inicial, a família é convidada a retornar mais três vezes, em intervalos de 15 a 20 dias. Se a criança retornar neste período, é pedido que a família também a traga nas entrevistas, pois lheserá aplicado um outro questionário e assim teremos duas versões sobre o mesmo fenômeno. 

Precisamos investigar as causas do desaparecimento uma vez que a reincidência das fugas, principal tipo dedesaparecimento infanto-juvenil, é muito alta. As fugas podem ocorrer devido a problemas de relacionamento familiar, que vão desde conflitos do cotidiano até casos de violência doméstica, incluindomaus tratos e abuso sexual infantil. muitas crianças e adolescentes fogem devido a uma dinâmica familiar frágil, com familiares envolvidos com alcoolismo, drogas e marginalidade. 

O problema é que,uma vez nas ruas, as crianças e jovens ficam mais vulneráveis para entrarem no tráfico de drogas, no consumo e na exploração sexual infantil. As fugas também ocorrem por desejo de conhecer outroslugares, aventura e até perdas, isto é, a criança se perde e não consegue voltar para casa.

No que este suporte ajuda exatamente?    As entrevistas nos possibilitam identificar o que está acontecendono Núcleo familiar para podermos encaminhar a família e a criança/adolescente para os serviços da rede psicossocial da cidade de São Paulo.Como está organizado este suporte?  Como ele acontece?   Diariamente, um psicólogo do PCV fica de plantão das 09:00 às 17h na 2ª delegacia de pessoas desaparecidas do departamento de homicídios e de proteção à pessoa – DHPP, localizado na rua Brigadeiro...
tracking img