O profissional assistente social como diferencial no enfrentamento ao assedio social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (270 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]
universidade Anhanguera uniderp






O Profissional assistente social como diferencial no Enfrentamento ao assédio socialAluna: Kamille Pereira de Rezende
RA: 3920785186Palestrante: Irene Crivelaria Silva









Campo grande
2012

O usodeliberado de força e poder contra uma pessoa, grupo ou comunidade que causa danos físicos, mentais e morais através de poder ou força psicológica gerando uma atitude discriminatória e humilhante. Em suamaioria, impera em um ambiente de excessiva competitividade, sustentados por relações hierárquicas assimétricas e desiguais, que gera rivalidade entre funcionários, O assedio ocorre independente do sexo,idade, cor e cargo, Qualquer pessoa pode ser vitimizada.

O assédio moral é caracterizado pelo comportamento abusivo no local de trabalho, ocorre de maneira freqüente e intencionalpor meio de atitudes, gestos ou palavras que possam de alguma formar ferir.

Agressões são sutis e difíceis de caracterizar. Em todo assedio moral há sempre humilhação, háintencionalidade de prejudicar ataques com repetição sistematizado. Todo assédio é discriminatório, atua no psicológico e no emocional, é feito de norma oculta, dúbia e maliciosa dando margens a diversasinterpretações

Tipos de assédio moral
Vertical
Descendente ( chefe x funcionário)
Ascendente ( Funcionário x Chefe)

Horizontal
Novos x Velhos
Grupos x Chefias

Geralmente o assédiomoral é praticado por chefes ou encarregado de setor, as vezes,
cumprindo ‘determinação superior’ com entendimento equivocado dos objetivos a serem cumpridos, ou, agindo por conta própria....
tracking img