O processo de cuidar em oncologia - o cuidado de enfermagem em sistemas de rede

Universidade Federal de Santa Catarina
Centro de Ciências da Saúde
Departamento de Enfermagem
Curso de Especialização em Enfermagem Oncológica

Maria Gilvani Kinel Bolomini

Módulo IV – Oprocesso de cuidar em oncologia - o cuidado de enfermagem em sistemas de rede
Atividade 5 - Síntese reflexiva sobre os aspectos culturais, psicossociais e éticos e sua relação com os sobreviventes porcâncer.

A medicina caminha a passos largos para o tratamento de muitos dos problemas de saúde que afligem a população.
Novas técnicas, medicamentos de última geração, muita pesquisa. Tudo comobjetivo de prolongar e melhorar a qualidade de vida das pessoas.
Apesar dos avanços da medicina no tratamento do câncer e do aumento de informações veiculadas pela mídia, o câncer ainda equivale,muitas vezes, a uma"sentença de morte", comumente associado a dor, sofrimento e degradação. O significado que um diagnóstico de câncer tem para um individuo em particular é altamente pessoal dependem decaracterísticas individuais, tais como: história de vida, contexto cultural e social, espiritualidade e opção sexual.
Os resultados no tratamento do câncer não dependem apenas de fatores ligados adoença. Além do estadiamento clinico, tipo histológico do tumor, condições gerais do individuo, planejamento e protocolo terapêutico, são fundamentais na sobrevida a reintegração familiar, social e aqualidade de vida.
De modo geral, a formação cultural influencia na vida das pessoas em diversos aspectos: suas crenças, comportamentos, percepções, emoções, linguagem, religião, rituais, estruturafamiliar, dieta, modo de vestir, imagem corporal, conceitos de tempo e espaço, atitudes frente à doença e outras desventuras, podendo todos, apresentar implicações para a saúde e para a sua assistência.A partir do diagnostico e para uma avaliação da qualidade de vida, um individuo com câncer é considerado um sobrevivente. Durante a experiência, o individuo primeiro luta para vencer a doença e...