O problema da pobreza

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (754 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Escola Portuguesa de Luanda
Disciplina de Filosofia

O Problema
Da Pobreza

Kâmia Espírito Santo Craveiro
10º A
Nº8

Será que temos a obrigação moral de ajudar aqueles que se encontram emsituação
de pobreza absoluta?

Há quem defenda que sim, que temos a obrigação de ajudar aqueles que se encontram
numa pobreza absoluta. A pobreza absoluta foi definida como “ausência de rendimentosuficiente em dinheiro ou em espécie para satisfazer as necessidades biológicas mais
básicas de alimentação, vestuário e habitação”. Peter Singer é um dos filósofos que
defende que devemos ajudaros pobres. Afirma que se podermos impedir que um mal
aconteça sem sacrificarmos nada de importância moral comparável, devemos fazê-lo,
visto que a pobreza absoluta é um mal e que há alguma pobrezaabsoluta que podemos
impedir que aconteça, sem sacrificar nada de importância moral comparável.
Singer defende também que a diferença entre actos e omissões não é moralmente
relevante, ou seja,defende que quem não faz nada ou quase nada para salvar a vida dos
pobres, encontra-se ao mesmo nível daquele que mata directamente.
Mas há quem defenda que há uma diferença moralmente relevante entreactos e
omissões. Quem defende isto são os deontologistas, ou seja, aqueles que rejeitam o
utilitarismo.
Os deontologistas defendem que há diferença entre não ajudar os pobres e enviar uma
tarteenvenenada a alguém, mesmo tendo o mesmo resultado. Porque quem envia uma
tarte envenenada pretende matar alguém, ou seja, age de maneira intencional e quebra
um direito, o direito à vida, e quem nadafaz para diminuir a pobreza absoluta não
quebra nenhum direito.
Os deontologistas afirmam também que não somos responsáveis pela morte de pessoas
devido à pobreza absoluta, porque não podemos serresponsáveis por algo que não
causámos.
Defendem ainda que é muito injusto que sejamos condenados por querer usufruir do
rendimento que recebemos justamente pelo nosso árduo trabalho.
Estou de...
tracking img